,

Bricadeiras no playground

19-06-16 7 ★ 5.00

Oi meu nome é Roberto tenho 23 anos o que vou lhes contar aconteceu no fim do ano passado. Minha família comprou um apt novo aqui em Fortaleza desses que tem um monte de coisa brinquedoteca salão de festas piscina e tudo mais. Nos mudamos no meio do ano. Estava adorando pois o conforto de morar num lugar bonito é sempre bom. No fim do ano estava chegando da faculdade e me deparei com uma situação que quase todo mundo já passou entrei no elevador por volta das 22:00 e quando fui apertar o botão vi que todos os andares já estavam acessos. Tentei sair mas já era tarde e ai pensei puts vai parar em cada andar ate chegar no meu que é 17 pelo menos não era o 20. A cada andar eu olhava p ver se encontrava os moleques que haviam feito aquela sacanagem pois tinha certeza que foram os meninos do prédio brincando. Quando chegou no 14 e a porta abriu escutei um barulho estranho no corredor e segurei a porta do elevador. Escutei alguns gemidos e uma voz de criança dizendo: Já enfiou ? Uma outra voz disse: Poe pra ela chupar. Aquilo ne deixou intrigado e resolvi verificar. Sai do elevador e quando virei no corredor dei de cara com 2 moleques e 1 garotinha todos deveriam ter seus 9 pra 10 anos. A visão era excitante. Um menino estava sentado no degrau da escada sendo chupado pela menina que estava de quatro com a saia levantada enquanto o outro garoto tentava cravar o pirulito na menina. Ao surpreendê-los o susto foi tamanho que o menino se levantou e subiu as escadas correndo já o outro quis correr mas como a menina estava de quatro não deu pra passar. Então comecei a perguntar o que estavam fazendo ali, mas não pude deixar de notar que coisa linda era a pepequinha lisinha da menina enquanto ela levantava a calcinha. Então o menino resmungou : Pô tio não estávamos fazendo nada e a menina quis sair mas tomei a frente e comecei a indagar em que andar moravam. Foi então que o garoto rapidamente disse: Corre! Clarinha e subiu as escadas. Mas a menina não entendeu e eu a segurei pelo ombro e disse que iria chamar o porteiro ai ela começou a implorar e dizer que eles a obrigaram. Então eu disse se eles não tinham medo de alguém aparecer e ela respondeu que aquele andar estava vazio tanto o de cima como o de baixo pois ainda não tinham moradores. Nesse momento senti um tesao vendo aquela safadinha já fazendo sacanagem naquela idade. E comecei a notar melhor aquela putinha os seios começando a sair e um corpinho muito bonito. Então eu falei: Clara vc mora em que andar pois preciso te levar em casa pra aqueles meninos não voltarem a lhe pegar ai ela retrucou: Tio não precisa não eu eles não vão voltar e se voltar eu grito. Ai eu falei que iria na portaria e virei para apertar o botão do elevador. Foi então que ela disse: Tio por favor não fale nada eu faço qualquer coisa mas se minha mãe e meu pai souber vou tomar uma surra. Foi ai que o desejo e a tentação falou mais alto e eu retruquei: Qualquer coisa? Ela disse: Sim. Então eu olhei para os lados e falei vc deixa eu ver sua bucetinha? Ela com q cara de safadinha disse: Ta mas não pode meter pois ainda sou virgem. E eu nem tinha pensado em meter so em ver. Ai ela abaixou a calcinha e puxou os lábios da periquita mostrando o grelinho ai eu me abaixei e disse posso chupar ela so balançou com a cabeça então eu enfiei a língua e a boca. Hum que delicia tinha um cheiro de xixi e um gosto azedinho enquanto chupava ouvi ela dizer: Tio o senhor não quer por a pica no meu cu não? Eu nem acreditei no que ouvia e me levantando disse : Chupa aqui primeiro e tirei a rola já dura. Ela disse: Nossa tio é grande não vai entrar no meu furico não e eu disse: Então chupa gatinha ate sair leite então. Então ela sentou na escada e começou a mamar embora sem muita experiência mas sugava gostoso e eu pedia pra ela mostrar a xotinha comecei a tocar punhenta enquanto ela lambia a cabeça da rola e abria a bucetinha pra eu ver. Não demorou muito pq estava muito excitado com a situação então eu gozei …ja no primeiro jato de porra ela começou se limpar e vestir a calcinha ai ela disse: Tio vc prometeu hein ai eu disse: Mas vc ficou de me dar o cuzinho. Ai ela disse: Podemos fazer outro dia? Eu: Sim, mas vc não pode mas dar para aqueles moleques Ok? Ela riu entramos no elevador. Detalhe ela mora no 20. Continua….

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 5 votos)

,

7 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Anônimo

    Add 82991635107

  2. Silvio

    Começou bem, agora vamos ver a continuação.

  3. Porteiro safado

    Nossa meu pau ate babou lendo esse conto

  4. Porteiro safado

    Nossa meu pau ate babou lendo esse conto

  5. Filhinha do Cnn-Vitorya

    ottiimoo conto

    • Luckas

      me chama no watts
      063-9921-4570

  6. Anônimo

    me manda meia duzia de fotos para bater punheta: [email protected]