Descobri que meu marido dava a bunda para um senhor comerciante da Cidade

Bem o que vou relatar para vocês aconteceu a um bom tempo atrás mais só descobri a pouco tempo. Me chamo Célia sou casada, meu marido um homem muito bom, em sexo também bem ativo, eu sou uma mulher bonita, Morena, bunda carnuda, saliente, pernas grossas, me sinto muito gostosa, e desejada, a algum tempo atrás acabei descobrindo que meu marido tinha uma amizade com um comerciante da cidade, um senhor cabelos grisalhos, boa pinta, aproximadamente uns 60 anos, como a gente estava passando por uma dificuldade financeiras, meu marido ficou desempregado e quasse todas as tardes antes da loja fechar ele ia lá, as poucos fui observado, eles ficavam trancado na loja um bom tempo, comecei a pensar que o coroa era veado, não aguentei e perguntei ao meu marido.

Ele muito nervoso, ficou desconsertado sem saber o que responder, eu então perguntei você esta comendo o coroa, ele e veado, ele mais do que depressa respondeu claro que não, então o que esta acontecendo, ele disse eu já conheço ele a muito tempo, ficamos um tempo sem se falar, ele já me ajudou muito, passando pela loja ele me chamou e acabamos refazendo a nossa amizade, como estou sem emprego ele me ajuda, eu disse tudo bem só quero saber o que esta acontecendo sem enrolação, ele muito nervoso me disse esta bem você quer saber, eu vou contar seja o que deus quiser, quem da para ele sou, ele me ajuda com uma grana, agora você pensa o que quer fazer.

Eu na verdade fiquei sem saber o que responder, ficamos conversando ele me contou que ele e casado, mais sua esposa não curte muito sexo, principalmente sexo anal, o que ele adora, já a muitos anos ele tinha relação com o coroa, mesmo antes de me casar, eu ao invés de ficar com raiva estava ficando exitada, e comecei a fazer perguntas sobre o coroa, ele me contou que ele tinha uma rola grossa, cabeçuda, e razoavelmente grande, acabei aceitando o relacionamento deles, mais e claro com segundas intenções .
Nesta noite transamos gostoso, o coroa já me conhecia, pois eu já havia ido a sua loja por varias vezes, ele sabia de quem eu era mulher, dava ate uns descontos bons para mim, eu então perguntei, e ele sabe que eu sou sua mulher o que ele fala sobre isso, meu marido respondeu na verdade já comentou varias vezes sobre você, chegou ate perguntar um dia se eu deixaria ele meter na sua bunda, eu perguntei e o que você falou, ele respondeu eu disse que em primeiro que você não aguentaria a rola dele, e que jamais você aceitaria uma situação desta, eu respondi em questão de aguentar ou não só tentando, e sobre aceitar, aceitar você dando para ele seria uma troca justa, o que você acha, ele perguntou, o que estou entendo você quer dar para ele também, eu respondi ate gostaria de poder participar deste relacionamento, assim ficou nossa conversa.

Quando foi no Sábado meu marido me disse que iria tomar umas cervejas na loja, eu então perguntei posso ir junto, ele me respondeu se quiser pode, e disse ele fecha as 18 horas, chega lá umas 17 horas para conversar e vê o que rola, me produzi toda coloquei um vestidinho soltinho curtinho, uma calcinha fio dental, bem sex, um tamanquinho salto alto, nossa estava linda mesmo, no caminho recebi varias elogios, dos homens, como nossa que gostosa, delicia,, em fim, fiquei mais exitada ainda doida para foder, e sabendo que o coroa tem uma rola grande e grossa.

Chequei na loja eles já estava bebendo, estava meu marido o coroa, e um outro rapaz, mulato bem aparentado, entrei meu marido me apresentou aos dois, o coroa me serviu um wisqui com gelo, bem caprichado, uma doze boa, tomei duas já comecei a ficar mais a vontade já com um calor, o meu marido e o outro rapaz foram buscar cerveja, fiquei sozinha com o coroa, ele então não perdeu tempo, foi logo me cantando, e me fez um convite, se quando eles chegasse eu gostaria de conhecer os fundos da loja, eu aceitei e claro, ele retirou algumas coisas da porta da loja e foi abaixando a porta, deixando meia porta, logo meu marido chegou com as cervejas, eles conversaram alguma coisa, o coroa veio pegou-me pelas mão e me arrastou para os fundos, na hora nem pensei no outro cara que estava ali.

Já lá dentro ele me levou para um quarto bem arrumado com cama e começou a me dar uns a maços, nossa logo ele tirou meu vestido me deixou peladinha, quando eu peguei na rola dele não acreditei realmente era grossa cabeçuda, chupei um pouco mais ele queria mesmo era meter, acabou colocando na minha boceta, nossa coisa de louco doeu um pouco, minha boceta não estava acostumado com rola daquele porte, a do meu marido e pequena 14 cm e não muito grossa, ele meteu ela todinha lá dentro, só que não demorou muito para gozar acabou gozando, ele saiu foi se lavar, meu marido caiu de boca e chupou minha boceta melada de porra, e no meu ouvido me disse o Paulo quer foder também, esta a fim, como eu já estava na chuva e o coroa gozou muito rápido eu queria mais rola, acabei deixando, nossa o cara era mais novo, e uma rola enorme também nossa como fodeu, judiou na minha boceta, quando eu olho o coroa esta comendo o cu do meu marido nossa me deu mais tesão ainda, o Paulo gozou, meu marido ali do lado com a rola do coroa no cu, caiu de boca e chupo minha boceta todinha de novo, nossa que delicia, eu já exausta levantei fui tomar um banho, quando saiu do banho os três pelados bebendo, eu me juntei a eles pelada também, tomei mais um wisqui o coroa me puxou e levou para o quarto de novo, e queria comer o meu cu, foi uma briga mais depois de muitas tentativas acabou entrando, ele fodeu ate gozar, assim que ele tirou de dentro o Paulo aproveitou a oportunidade do alargamento meteu dentro também, nossa o Paulo demora muito para gozar, ficou um bom tempo metendo tirava e colocava dentro, eu de quatro na cama meu marido veio por baixo, começou a me beijar e deitou em baixo lambendo a minha boceta e eu chupando seu pau, nossa ele gozou na minha boca eu nunca tinha gozado tanto na vida, fomos se arrumar pois o coroa tinha que ir embora ele é casado, bebemos mais algumas, e eles perguntaram se eu havia gostado, nossa eu respondi que adorei, então combinamos de todos os sábados a gente fazer nossa festinha, mais com o coroa as vezes ele me chamava mesmo no meio da semana, era um amigo e amante nos ajudou muito infelizmente veio a falecer numa cirurgia, nossa sinto muito a sua falta, metemos muitos anos.
Espero que tenham, gostado numa outra oportunidade eu conto umas outras passagem, já que depois destas não da para ficar só com o meu marido, me acostumei a meter muito, depois eu conto.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 4 votos)
Loading...