Desafio da Rola – Continuação

Depois que meti rola na linda Giovana, minha irmã queria que eu continuasse com o desafio, e foi o que fiz, pois não sou de negar fogo.

Agora, estavam só três garotas na linha: minha irma, Rafaela e Mariana

Zeramos e começamos.

Primeira Pergunta e a Rafaela ganhou. Veio toda contente e assim que chegou, ficou de joelho, esperando eu colocar a rola na boca dela. Cara, como essa menina chupa bem, também tive que me esforçar pra não gozar na boca dela, e também era outra faminta, pois tive que pedir pra ela parar.

Segunda pergunta, e novamente, a Rafaela ganhou. Parecia que ela tinha ganhado na megasena, pois pulava de alegria, pois seria a próxima a ser fudida. Percebi também que minha irmã estava brava porque não ganhou, e aquilo me deixou excitado, porque não sei se ela estava brava porque estava perdendo o jogo ou perdendo a trepada comigo.

PEguei a Rafaela pelo colo, e a menina me deu trabalho, pois foi me beijando até o quarto. Chegando la, praticamente joguei ela na cama, e cai de boca naqueles peitões dela, enquanto acariciava a buceta dela. Não demorou muito, e a safada cochichou no meu ouvido: “fode minha buceta, fode…”. Sem perder tempo, montei em cima dela e enfiei o rola com tudo na buceta dela. A safada se agarrou em mim, e gemia alto feito uma putinha, e eu esculachava a buceta dela. Virei ela de bruços e comecei a apontar no cuzinho dela, e a pequena pedia pra meter com cuidado. Que cuidado, que nada, enfiei de uma so vez, numa só estocada. Tadinha, soltou um grito forte de cara no travesseiro e se retorcia toda, mas eu não tirei e continuei metendo com toda a força.

Quando perguntei aonde queria que eu gozasse, ela pediu pra gozar nos peitos, e assim fiz, virei ela e gozei naqueles belos seios. Enquanto fui me levar, as meninas foram novamente para a piscina.

Novamente zerei a contagem

Primeira pergunta, e Mariana ganhou. Ela veio toda tímida pra eu dar umas chupadas nos peitos dela, e parecia ser a mais fogoza de todas. Apesar de ser feinha, tentei dar um belo trato nela. Senti a menina gozando na minha mão enquanto acariciava a bucetinha dela. Quando eu terminei ela se levantou com uma cara de satisfação, e foi rebolando igual a minha irma.

Segunda pergunta, e Mariana ganhou novamente. Olhei pra minha irmã, e percebi que ela estava perdendo de proposito, e eu não falei nada. Mariana veio, se deitou e cai de boca na bucetinha daquela menina. Novamente a menina gozou, desta vez na minha boca, e ela já levantou toda confiante de si.

Terceira pergunta, e Mariana ganha. Minha irma estava entregando o jogo, mas eu continuei fazendo de conta que Mariana estava realmente ganhando pela inteligência. Mariana de joelhos chupava meu pinto meio desajeitada, varias vezes passou forte os dentes no meu pinto, que me deixou um certo desconforto. Nessa, não tive vontade nenhuma de gozar na boca.

Quarta pergunta, e não é que Mariana ganhou? Olhei pra minha irma com cara de safada, e sinalizei que não estava nem ai.

Levei a Mariana para o quarto, e já fui metendo na buceta da menina. Ela parecia ser meio frigida na hora, apesar de ter se mostrado bem fogosa na piscina, mesmo assim a menina estava curtindo. Quando virei ela de costas, ela pediu pra não meter, ela não queria, mas disse que as regras diziam que rolaria buceta e cu, e que teria que meter no cu dela. Ela então se virou novamente, enfiou a cara no travessei e ficou esperando. Diferente das outras, eu enfiei de uma so vez, mas bem devagar, e depois que a menina se contorceu toda e minha rola entrou toda dentro dela, comecei a meter forte e rápido.

Quando perguntei aonde gozar, ela pediu pra eu gozar na buceta dela, mas beijando ela na boca. E assim fiz, virei a menina, dei umas belas bombadas na buceta dela, beijando a boca da menina, gozando bem gostoso na buceta dela.

Assim que terminei, minha irma disse:

– Bom Já temos as ganhadoras, e eu fui a perdedora
– Nada disso, você ficou em quarto lugar, então vai ter que chupar minha rola e vai levar metidas na buceta e no cu

Ela logico queria que o desafio acabasse ali, mas tanto eu e as outras meninas, disseram que todas elas variam a mesma coisa. Fui rapidamente me levar, e voltei com minha irma com cara de cu. Insisti que ela se ajoelhasse e chupasse meu pinto, antes de ir pra cama. Muito sem vontade, ela começou a me chupar. Um tesão enorme cresceu dentro de mim, pois a minha irmãzinha, sim, aquela que eu sempre defendi, estava de joelhos na minha frente, fazendo a maior gulosa em mim,e em breve, eu iria pra cama com ela.
Ela com certeza, tive que me segurar pra não gozar na boca dela.

Quando pedi pra terminar e deitar, ela foi meio emburrada, mas obedeceu. Quando eu estava subindo em cima dela, as meninas em coro pediam para que a gente se beijasse na boca, e numa troca de olhares, comecei a beijar ela. A gente começou a se beijar pra valer, como se fossemos dois namorados. Antes de meter na buceta, eu perguntei:

– Você é virgem
– Sou

e depois de nos olharmos por alguns segundos, ela disse

– Vou adorar perder a virgindade com você.

Comecei a meter na buceta da minha irmãzinha, e eu estava adorando fazer aquilo. Eu nunca tinha visto minha irma como mulher, só como irma mesmo, e percebi que ela estava curtindo também tudo aquilo, e antes que eu pedisse, ela me empurrou, virou de bruços e pediu pra eu fuder o cuzinho dela.

Estava curtindo cada segundo com a minha irma, e quando estava pra gozar, perguntei aonde ela queria que eu gozasse, e ela respondeu

– agora, eu quero na buceta, hoje a noite, vou querer na bunda, as outras vezes eu escolho depois.

Virei ela, comecei a meter na buceta, e mais uma vez, estava eu beijando calorosamente a boquinha da minha irma, até que praticamente juntos, gozamos. Ficamos nos beijando e nos acariciando por segundos, e esquecemos que estávamos com 3 meninas nos olhando, que gritavam de felicidade. Giovana estava até chorando.

Assim terminamos o desafio da rola. Eu me diverti transando com quatro garotas, uma delas inclusive era minha irma, que agora, fazia todas as fazes quase todos os dias.-

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 2 votos)
Loading...