# #

Consolando a amiga traida

693 palavras | 1 |3.50

Meu nome e Sandro esse e meu primeiro conto isso aconteceu nos tempos de colégio
Nunca me achei bonito, mas sempre andava acompanhado e sempre tive muitas colegas mulheres qual já aconteceu da gente ficar “dar uns pegar “e continuar a amizade”. Mas vamos voltar ao conto tinha uma amiga q se chama Debora ela era casa a dois anos e a gente sempre conversava sobre tudo apesar de nunca ter tido nada com ela kkk, ela trabalhava numa empresa das onze as seis da manha e seu marido das oito as cinco .
Um belo dia eu chego no colégio um pouco mais cedo e entro na sala e quem veio a Debora linda loira com aqueles belos olhos azuis rosto de boneca em planto chorando fiquei assustado pois sempre a vejo com um sorriso estampado no rosto fui ver o que tinha acontecido ai ela começou a desabafar.
Ela estava super chateada pois ela estava subindo pro colégio e se senti-o mau e resolveu voltar pra casa quando chegou lá ficou furiosa por pegar seu marido traindo ela mas além disso ela ficou mais chateada quando ela viu q ele não traia ela com uma mulher mas sim com um homem ele estava atolado em outro marmanjo alam ficou sem força pra discutir e saiu vendo seu estado de nervo chamei ela pra sair do colégio pra ela se acalmar ela andando pela rua contando pra mim que no relacionamento ela fazia de tudo só nunca deu o cuzinho q ele nunca pediu e se ele pedisse ela dava de bom grado chegamos ate a casa da mãe dela q estava trabalhando e chegava as onze ela me chamou pra entrar eu aceitei sem segundas intenções ela de repente olhou pra mim e me disse que queria dar o troco na mesma moeda e me agarrou me beijando muito bom parei ela e perguntei se ela queria isso mesmo e se ela não se arrepender mais tarde ela respondeu q não então possui ela nos meus braços fui beijando ela pelo seu corpo sua pele branca e macia fui despindo ela bem devagar e admirando seu belo corpo . cheguei a seus seio e beijei chupei deixei o bico bem rígido mordisquei ele e ela com um leve gemido me disse oh que delicia escutando isso avancei mais desci ate sua calça abaixando sua calcinha minúscula e aquele bucetinha rosadinha e lisinha deitei ela no sofá e fui chupando ela estava molhadinha de começou a rebolar na minha língua bem gostoso ai ela resolver fazer um 69 bem gostoso ela gozou na ponta da minha língua levantei coloquei ela de quatro e fui deslizando meu membro q entrou em gostoso fazendo ele soltar um gemido bem gostoso fui movimentando bem devagar e fui aumentando o ritmo ate ela se arrepiar e e falar que estava muito bom q ela ia gozar de novo com ela ainda de quatro fui brincado com o cuzinho dela ele não reclamou fui introduzindo 1 dedo depois 2 e 3 ate que ela implorou pra mim comer o cuzinho dela que era apertadinho ela estava gostando ate q eu acelerei os movimento e ela estava gozando e me avisou eu também bombeei mais forte e também estava explodindo num orgasmo intenso q ela amoleceu a perna ajudei ela a ir no banheiro ajudei ela tomar banho enquanto ela ainda pagou um delicioso boquete deitei ela no sofá e e olhei no relógio e estava quase na hora da mãe dela chegar ei falei q era melhor eu ir pra não dar motivo pra mãe dela falar na cabeço dei um beijo nela e fui embora no dia seguinte ela disse q adorou o que aconteceu e q ela ia se separar do marido dela e iria mudar de cidade pra q o ex não enche se ela mas antes dela ir queria repetir o acontecido e sorriu uma semana depois nos despedimos e ela foi embora . espero q vcs gostem do conto obrigado.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,50 de 6 votos)

# #
Comente e avalie para incentivar o autor

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Marcos Mondadori ID:6suhf7lxij5

    Um belo conto, soubestes aproveitar, isso ai, bem redigido, uma trama sem nenhum mistério de ler. Apreciei como comestes o cuzinho dela sem que ela reclamasse. Mas vamos concordar que ela com tres dedos enfiados no cú não reclamou é pq ela já tinha dado também fora de casa e sabia que fora de casa como boa puta nunca poderia reclamar de dor no cú, como ela fez. Já tinha dado sim. Kkkkkkk