# #

Retorno alucinante

536 palavras | 0 |3.00

Depois de 10 dias de viagem estava no aeroporto de guarulhos, no caminho no táxi ficava lembrando do sexo por telefone que fizemos eu e minha mulher , deliciosa com um corpo roliço com seus seios que enchiam minha mão uma belíssima mulher de 40 anos, entro em casa e ela estava toda escura, caminho pelo corredor e paro na porta do nosso quarto acendo a luz do corredor e vejo ela dormindo (eu achava) com uma calcinha enfiada na bunda deliciosa dela , e uma camiseta regata larga que era minha, sinto meu pinto crescer de tesão e ver ela assim , ela então acorda e senta na cama, e fala se era um assalto , percebo que ela fantasiava e entro nela , falo que sim , ela pede que eu não a machuque pois seu marido estava viajando, seus seios saltam pelo decota e lateral da camiseta, fala que não tinha nada de valor para dar , então falo que ela seria meu premio , começo a tirar a roupa e ela falava que não queria ser abusada pois era honesta com o marido, a puxo pelo pés e a trago perto de mim rasgo a camiseta e beijo seus seios deliciosos seus bicos duros denunciavam seu tesão , ela gritava que não podia ser estuprada , arranco sua calcinha e invado sua buceta toda depilada estava toda molhada ela gemia e dizia que o marido não ia querer mais ela mas que não não tinha o que fazer e goza na minha boca seu gozo doce era delicioso, mas mal tinha acabado de gozar a invado tirando dela um grito , entro de uma só vez ela se debatia me xingava e falava que estava sendo estuprada por um bandido , mas pedia que eu desse tapas na cara dela pois era safada por estar gozando no pau de um bandido e quanto eu batia ela queria mais , pedia que eu a comesse com mais força , realmente esta fudendo aquela mulher,ela goza de uma forma que nunca vi ou senti, foi quando eu a viro de quatro e ela fala que a bundinha só o marido a comia , sem demora lambuzo seus cuzinho com o mel da buceta e encaixo e penetro seu cuzinho que se abria com dificuldade , ela gemia e gritava, mas quando a cabeça entrou ela joga o corpo para traz e enfio tudo nela que grita e se entrega entro e saio dela varias vezes e ela goza novamente e eu tambem, apagamos.
Acordei com ela pegando meu pinto que ja estava duro e ela fala que queria fazer amor com o marido dela, perguntei o que tinha acontecido na noite anterior e ela falou que era um meliantina que se apoderou dela e não se lembrava de nada , salta sobre mim e encaixa meu pinto na sua buceta que estava inchada ainda mas como estava muito melecada escorregou dentro dela com alguma dificuldade , mas mesmo ela sentindo um pouco de dor fez amor comigo e gozamos juntos de uma forma deliciosa , e no banho nos amamos novamente, mas foi o limite pois sua bucetinha não aguentava mais se comida.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,00 de 2 votos)

# #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos