Não acreditava nestes contos acabei recebendo um castigo

Gente e inacreditável o que aconteceu comigo, sempre leio os contos na net, mais achava tudo isso um mentira, historias construídas, nada de real, como um homem casado deixaria sua esposa dar para outro, ate homem transando com homem tudo bem, isto eu ate já fiz, tive relacionamento com outro homem passivo e ativo, mais o marido deixar outro foder na mulher dele para mim era tudo imaginação, pois é ate o dia que fui numa festa de uma amiga da minha mulher, pessoal bacana, mais veja o que aconteceu.
Uma churrascada que começou por volta de umas 15 horas, muita comida bebida, era patrocinada por um politico da Cidade, ate umas 22 horas foi legal, muita gente foi embora e nos ali bebendo, dançando, se divertindo, comecei prestar a atenção que a coisa estava virando putaria, era um esfrega, esfrega, chamei minha mulher e comentei com ela, como nos também já estávamos para lá de bagu ida, já bem alcoolizados minha esposa me respondeu deixa quieto vamos nos divertir, jamais pensei que ele fosse concordar em ficar na festa, nisso o marido da amiga dela tirou ela para dançar, e comecei perceber que ele estava se esfregando nela, e ela correspondia, assim que parou de dançar eu toquei no assunto com ela, ela me responde pó amor vai se divertir também, eu pensei e assim, tirei a amiga dela para dançar pagar com a mesma moeda, dançando com ela, ela e que começou a se esfregar em mim, eu notava minha mulher se esfregando com todos que dançava, o pior que eu comecei a ficar exitado, tanto pelo esfrega, esfrega e por estar vendo minha mulher se esfregando com outro.
Já próximo de 2 horas da manha a coisa estava a milhão, tinha um rapaz, Fernando, tinha uns 17 anos, mais bem apanhado, não aparentava ter só 17 anos, mais lindo, muito bonito mesmo, minha mulher e uma Loira bonita, pernas grossas, uma bunda carnuda, saliente, muito gostosa e bonita, estava vestida com uma saia curta, uma blusinha, bem leve de seda quasse transparente e uma calcinha fio dental, nossa uma loucura, notei que o Fernando alisava a bunda dela, já meio escuro deligaram algumas lampadas fiquei observado, e ela deixando logo vi que ele deu um beijo na boca dela, nossa me bateu um ciumes, a musica terminou, quando ela veio eu quis falar mais ela me interrompeu, dizendo amor, você sabe que eu te amo, mais se eu te pedir para fazer uma coisa você deixa, só hoje, eu então perguntei o que, ela disse posso pedir mesmo você não vai brigar comigo, eu disse como vou saber se você não pediu ainda, deixa eu foder com o Fernandinho, era assim que chamavam ele, eu fiquei sem resposta, fiquei mudo, e ainda ela me disse e você pode foder com quem quiser, nossa aquilo bateu fundo, pensei caralho será que vai acontecer mesmo o que eu leio no contos.
Só que eu fiquei super exitado e também ajudado pelo excesso de álcool disse a ela só se você deixar eu ver, e assim combinamos.
Não demorou muito não ela me deu um toque que estava indo para um dos quartos, eu dei um tempinho e fui ver, nossa ela estava chupando a rola do Fernandinho e que rola, o garoto era bem dotado , grossa, eu fiquei de longe só observado, quando ele começou a introduzir aquilo dentro dela nossa, ela e apertadinha ela começou a gemer pedir devagar, devagar, e ele socava sem dó, fodeu ela para caralho, uma rola dura que nem pedra, ela começou a cavalgar na rola dele eu por trás só via o saco bater na bunda dela, ela estava alucinada eu acabei gozando na punheta, ele gozou e saiu do quarto, eu fui ate o banheiro me lavar, quando voltei não acreditei quando ia chegando perto comecei ouvir os gemidos dela, pensei caralho o Fernandinho foi meter de novo, mais que nada quem estava metendo com ela era o pai dele, que também não ficava longe não tem uma rola grossa também, nisso numa outra cama estava o marido da amiga dela, metendo com uma outra mulher, só sei que depois eles trocaram, o marido da amiga veio meter com a minha mulher também, só que acabou metendo no cu dela, ela gosta, e a rola dele não era muito grossa conseguiu , mais depois aparece de novo o Fernandinho e acaba também comendo o cu dela, nossa nunca tinha visto tanta putaria, nesta hora eu entrei no quarto minha mulher disse vem amor vem aqui para eu chupar sua rola vem, comecei brincando junto, já bêbado, o Fernandinho bem safado, malandro, começou vem aqui corno vem chupa a minha rola nossa aquilo começou me dar um tesão danado, que não quis nem saber cai de boca chupei a rola dele a boceta dela melada de porra e gozei na boca dela coisa de louco.
Acabamos se arrumando e indo embora já era de manha, no caminho de casa não trocamos um palavra, também porque ela dormiu no carro, em casa também não fomos falar do assunto no final de semana quando a amiga dela convidou para irmos ate a casa dela, e claro que a gente já sabia o que iria acontecer, mais depois eu conto para vocês. espero que tenham gostado

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...