Vi meu marido comendo sua Irmã

Sou a Julia,casada com Fernando,moreno,alto e bem safado,as mulheres caem em cima querendo pega-lo.
O que irei contar é sobre a transa do meu marido e sua irmã,que aconteceu por acaso no ano de 2014
Nossa relação conjugal é muito boa,já realizamos varias fantasias,swuing,ménage, mais o que mais rolou foi eu e outra mulher com ele, sempre gostei de participar,se não fosse comigo poderia ser outra,pois ele adorava este tipo de transa,diz que fica excitadíssimo com duas mulheres se pegando.
Fomos nos quatro para Saquarema em um final de semana prolongado, eu,Fernando,Tatiana e seu namorado. Ela é uma morena bonita,cabelos negros,até a cintura,umas pernas grossas,bunda perfeita,redondinha e corpo perfeito,onde passa todo mundo da uma sacada,até as mulheres dão umas olhadinha.Ela é bem extrovertida,mas o namorado,ciumento pra caralho,sempre viviam brigando,motivo da briga,ela colocou um biquíni branco,bem pequeno,atolado na sua bunda,sua buceta ficou inchadinha,quando ela saiu do mar,ficou tudo transparente,seios,na frente ficou marcando sua buceta raspadinha,reparei que Fernando ficou olhando também e percebi seu pau endurecer, fiquei na minha,até eu desejei aquela bucetinha,mas deixei correr,mas o namorado ficou implicando e resolvemos ir para casa,em casa mais briga,ele queria que ela comprasse outro biquíni para continuar ir na praia e ela não aceitou e acabou que ele resolveu ir embora,era sábado,tentamos convence-lo a ficar mais nada adiantou. Ficamos nos três,resolvemos fazer um churrasquinho e beber,ela quando bebe fica bem alegrinha, e toda hora íamos ao chuveiro para refrescar,ela ficava toda transparente,percebi o Fernando olhando, cheguei perto dele e perguntei,ta gostando de ver a irmãzinha gostosinha? Ele diz,que isso ta maluca? Disse que ela estava apetitosa,que estava com desejo de chupa-la,ele respondeu ,você é doida,pode dar merda,respondi,ou não. Vamos esperar para ver. Passados um tempo ela bem louquinha,senta na cadeira e abre as pernas na nossa frente,ficou aparecendo aquela bucetinha linda e ela dizendo,aquele babaca foi embora,com ciúme a toa,se ele ficasse saberia que isto é só dele,mas me deixou nesta situação, agora que estou com uma vontade de dar uma trepada, se não tivesse doidona,sairia e pegava um gostosão tipo meu irmão e ia dar muito. Rimos bastante e ela continuava a beber, olhei para Fernando e sorri e ele quieto,chamei ela para ir no chuveiro,tive que ir apoiando,deixei ela se molhando e dava umas encoxada,pegava nos peitinhos de leve e falei em seu ouvido baixinho,percebeu o pau do seu irmão como está? Durão! Vou ter que amassar aquela cobra,senão pode sair mordendo alguém,ela riu e disse ,se ele quisesse eu deixava me morder,to louca por uma pica. Saímos e voltamos para mesa,Fernando levantou e foi pegar mais cerveja, estava de pau duro e ela ficou olhando,fui atrás dele e me perguntou o que estava falando no chuveiro,disse que ela do jeito que estava chupava até seu pau,ele respondeu,ta maluca, vamos deixar isso de lado,ela ta doidona,quando melhorar pode dar merda,falei,fica quietinho deixa acontecer, você também não quer?Ele quieto,se não quisesse não ficaria de pau duro. Sentamos perto dela e me ajoelhei do lado de Fernando e peguei o seu pau e fui chupando,ela viu e disse,isso é corvadia,to precisando muito disso e você me deixando de água na boca,falei então vem me ajudar,ela então disse,não precisa chamar duas vezes,se ajoelhou e caiu de boca na pica do irmão,ele tirou a sunga ficando pelado,ela tomou posse da piroca ,segurei pelo cabelos e dei um beijo em sua boca,que me foi correspondida,voltou a chupar a piroca e comecei a tirar sua roupa,falei em seu ouvido,ele está louco para comer você todinha,ela me olhou e perguntou,você deixa ele me comer? Respondi,só se você deixar eu te chupar toda, ela respondeu,safadinha,gosta de buceta,né! Então me chupa toda,quero senti a língua de mulher me chupando,deitei ela no chão e comecei a chupa-la todinha,ela gemia e meu marido dando a pica para a irmã chupar,chupei,lambi,beijei,suguei seu grelinho delicioso. Depois a levamos para o quarto,disse que iria ficar só olhando os dois metendo,me beijou dizendo que eu era maravilhosa em dividir meu com ela,disse para dar gostoso,ela apenas sorriu. Eu sentada,pelada me masturbando devagar e olhando os dois se beijando,ele chupa seus peitinhos,barriguinha,chupa sua boceta bem devagar,ela se contorcendo,beija suas pernas e volta para buceta que chupa bastante e ela começa a gozar,a gemer,dar gritinho e ele então se posiciona e enfia a pica na sua boceta apertadinha,ela geme e diz,que delicia,que pica,ta me rasgando,ele vai empurrando e puxa para seu colo,ele em pé e ela com as pernas cruzadas nas suas costas e ele socando,ele gritava,gemia,urrava,pedia para socar e se beijavam,os corpos suados,então ele dar uma parada e dar um urro que já conheço e goza na buceta da irmã,ela fica toda mole e ele a deita na cama e ela que delicia,nunca gozei tanto, ele a virou de bruço e começou a lamber seu cuzinho,sabia que ele iria comer seu cuzinho,Tatiana perguntou tem mais? Ele vai me abrir ao meio com essa piroca deliciosa. Começou a chupa-la eu já tinha gozado horrores vendo eles transando. Quando ele estava chupando e aregaçando sua bunda e ela gemendo,me posicionei em sua frente e disse para ela me chupar a boceta,ela chupava com força,pedi para ir mais devagar,ela foi fazendo como eu gostava e vi Fernando apontando a piroca em seu cuzinho,deu duas cuspidinha e foi enfiando devagar,ela tentando sair e ele conseguir enfiar a cabeça, ela deu um grito,pedindo para tirar,ele ficou imóvel e foi forçando devagar,ela foi se acostumando e ele atolou tudo, ele estava em êxtase e eu com um pouco de ciúme,sei como ele adora um cu, ainda mais da sua irmã, falei para ela rebola um pouquinho,ela rebola,gemia,sugava com força meu grelo,e dizia,que foda maravilhosa,vocês dois são muitos gostosos,meu marido,socava e percebi que iria gozar,disse para ela arregaçarr a bunda que ele iria encher ela de porra,abriu bem e ele gozou dentro do cuzinho. Acabamos e ficamos nos beijando,ele chega perto e os dois se beijam, ela o abraça e diz,se eu soubesse que você fodia bem gostoso,teria te dado a muito mais tempo,quantas vezes ficamos em casa sozinhos. Se Julia deixar,vou querer dar para você mais vezes,respondi desde o momento que estivesse junto poderia ser quantas vezes quisesse,mas sem o namoradinho,somente nos três . Ela concordou e ficamos até a tarde de domingo,transando,eu e ela,eles dois,nos três . As vezes acontece de vez em quando esta festinha.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,83 de 6 votos)
Loading...