Tio explica sobre baba

Olla queridos leitores vou hoje expressa pra vcs sobre algo inusitado q aconteu cmg, moro no Ceará.
Sou Camily tenho 24 anos hj sou bem morena de traços indígenas cabelos longos e negros.
Vamos ao conto.
Quando eu nasci meus avôs ja n moravam mas no mato pra quem ja vio falar das tribos patachos sou desta tribo, sim ai eu estava pequena com meus quatro aninhos morava com meu pai e mamãe Minha querida nae depois q me teve foi currada por bandidose adquirio uma depressão hj sei q foi isso q a levou a morte nos dias de hoje pq papai a rejeitou depois desse estupro, dai mamãe se aposentoue papai cuidou de mim uns meses ate q comecou a trabalhar e eu tive q ficar com meu tio edi ate ai tudo bem quando fiz 5 anos meu tio tinha 28 anos lenbro q ele era muito bonito eu chupava chupeta na época quando minha tia de longe nos visitou e me viu chupando a tal chupeta ai eu babava muito por causa da chupeta ai minha tia disse:
Vem cá meu anjo para eu limpar essa babinha eu fui toda sorridente ela limpou e disse q ja tava na hora de para de chupar a chupeta pq existia outras chupetas pra experimentar não entendi. Quando ela foi embora perguntei ameu tio pq eu babava tanto ele falou q era pq eu sentia prazer em chupar a chupeta perguntei se era so por isso ele disse vou te da um exemplo: vamos pro banheiro pra te dar banho fiquei perdida não entendi nada ele e minha tia me deixaram confusa. Dai ele tirou Minha roupa e Me colocou debaixo do chuveiro depois q me deu banho meenxugou e me deitou na cama e passou pomada de assadura em minha buceta e focou no meu grelinho e dizia q eu ia ficar greluda pq meu pai tinha o pintao fiquei sentindo cócegas e continuei a espera o tal exemplo e ele continua va esfregando meu grelo e dizendo q tava ficando grande passou uns 10 minutos assin ate q ele me limpou o grelo tirou toda pomada e ficou em pé na minha frente e disse olha so sobrinha linda eu levantei ele baixou o short e disse olha querida e eu olhei a pica dele ta brilhante na cabeça ele pegou com a mão e puxou a pele e apareceu a cabeça rosinha toda ai pingou uma babinha no chão e eu seria olhando ai ele falou ta vendo Minha pica ta babando sabe pq eu falei q não sabia aí el disse ta assim de prazer de ver uma buceta greluda tão linda ai eu disse tio linpa seu Pinto ele disse n querida vc n chupa a chupeta pois ele so para de baba quando eu esfrega no lugar q deu prazer me mandou deitar nova mente falou q era pra abrir as pernas eu abri ainda sem intender oq ia acontecer e ja foi esfregando no meu grelo q ficou duro na horae ele acabou lambuzando minha buceta greluda todinha me deitou de ladinho e ficou esfregando a cabeça rosinha toda melada no meu grelo e dizia no meu ouvido:isso minha sobrinha linda fik quetinha q tio ta só ensinando seu grelao a gostar da babinha da pica do titio vou fazer seu grelo viciar na babinha de pica d tio pedi meu amor pra dicar com essa buceta greluda viciadinha na babinha de pica dura de tio pedi. Eu sabia q n era brincadeira sabe mas n ficava ainda melada de prazer ai eu respodia:ai tio dexa minha piriquita fica viciada ele dizia n querida e buceta greluda viciadinha na babinha de pica dura detio:eu fiquei com vergonha ele ameaçou n fazer mais ai eu disse certo:aaiii titio faz minha buceta greluda fik viciadinha na babinha de pica dura de tio ai ele jorrou um líquido branco e grosso na minha buceta e disse ta vendo querida como ela gostou de minha gala ta toda babadinha de minha gala olha passou o dedo no meu grelo e disse olha quanta baba de minha pica abre a boca eu abri ele esfregouna minha lingua e prometeu me ensina mais sobre aquela babinha de pica primeteu deixar minha buceta greluda viciadinha na babinha de pica dura dele .tem continuação so vou postar se vc pedirem .bjos espero q gostem.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 2 votos)
Loading...