Perdendo a amante para o fazendeiro americano

Bom como já disse nos contos anteriores meu nome é rodrigo tenho 20 anos, tenho 1,85 de altura, 72 kg, sou moreno claro e tenho os olhos castanhos escuro, por eu malhar sempre e praticar esportes com freqüência meu corpo e bem definido, não com muitos músculos, pois pra mim acho que não fica legal. tenho uma amante a um bom tempo seu nome é “tati” ela é morena clara olhos castanhos claros ela deve ter + ou -1,75 de altura pesa uns 50 kg ela é muito bonita e muito simpática e seu bumbum e bem durinho devido às aulas na academia, eu como trabalho 120 km longe de casa, mais exatamente na cidade de ribeirão preto tenho mais tempo pra ela do que pra minha namorada, pois também fica bem ocupada com sua loja. trabalho em uma empresa especializada em tratores e produtos para o campo e como haveria a famosa “agrishow” resolvemos participar já que seria uma boa oportunidade para o lançamento de um novo produto que trabalhamos o ano todo para poder fechar grandes negócios, eu como sou o designer da maquina teria que comparecer no evento de qualquer jeito, pois bem resolvi convidar “tati” para ir comigo, pois ficaríamos lá apenas dois dias da feira, ela topou numa boa, quando chegamos ela ficou muito surpresa, pois nunca tinha visto de perto, apenas pela tv, então fui apresentando ela a todos meus companheiros de trabalho como uma garota que ficaria de apresentação em nosso standard e todos elogiaram ela dizendo que seria um sucesso nosso lançamento, então pedi a ela que colocasse uma roupa um pouco mais atraente e que deixasse suas curvas bem atraentes para receber nossos clientes com muita simpatia, ela saiu e já foi chegando alguns amigos para fazer entrevistas sobre a nova gata, perguntas do tipo: ela tem namorado, qual o numero do telefone, se eu tinha um caso com ela e outras perguntas que foram ignoradas, e para afastá-los disse que a garota só estava lá por motivos profissionais e que não iria gostar de saber que estavam levando para outro lado, então todos entenderam e passaram a respeitá-la, não como deveria mais faze o que ninguém é bobo de não admirar uma gata como ela é.
quando tati chegou todos gritaram em tom de alegria, pois ela realmente estava linda, com um vestido vermelho ate os joelhos com um racho que dava para ver suas coxas deliciosas e um super decote que fazia seus seios pularem para fora do vestido, então ela deu uma rodadinha e muitos assobios e palmas novamente, então expliquei a ela o que teria que fazer e prontamente a deixei perto da maquina, pois os clientes estavam chegando e eu teria que me arrumar para a palestra que teria que dar aos agricultores no fim da tarde, e assim foi a tarde toda ela sempre recebendo cantadas diretas e indiretas e eu cada vez mais excitado vendo todos babarem pela minha gata, alguns caras ela parecia gostar das cantadas e sempre sorrindo e sendo muito simpática, à noite resolvemos ir ate a cidade curtir a noite e para disfarçar disse aos meus amigos que levaria ela ate um shoping para fazer algumas compras e relaxar um pouco, então fui ate um motel chamado “savana” que por sinal gostei muito ai sim eu pude comer gostoso minha ninfeta, fomos tomar um banho e quando vi aquele corpo nu não agüentei e comecei a beijá-la e encoxar ela por traz tocando seus seios e ela toda arrepiadinha dizia no meu ouvido que estava com muita vontade de trepar que já estava molhadinha das coisas que ouvia dos fazendeiros essa tarde então eu disse a ela mama gostoso na minha rola só pra eu ver se você esta mesmo com tesão, nossa!!!! ela chupava demais parecia um sonho minha ninfeta estava mais tesuda que antes eu só com os olhos fechados a água do chuveiro bem quentinha batia nas minhas costas e eu já estava ficando doido, ela chupava minhas bolas e lambia minha virilha e falava vai me come, come sua gatinha porque ela ta louca por um cacete, nossa eu confesso nunca achei que ela poderia chegar nesse ponto, sabia que seu cargo na feira estava mexendo com sua cabeça, sabia que também que os fazendeiros estavam mexendo com minha gatinha, então num movimento rápido virei ela de costas com seus seios encostados na parede e enfiei metade do meu cacete dentro da sua xaninha, cara eu quase gozei só de enfiar meu pau ela estava muito quente por dentro, e ela me provocava rebolando no meu pau e dizendo coisas obscenas que me faziam deliram então fui metendo com mais força e violência e ela gritava, me chamava de cavalo, de puto e outras coisas e eu só cutucando aquela xaninha que e realmente muito gostosa, derrepente ela me pede para bater na sua bunda eu já dou um tapa nem forte nem fraco, mais o bastante para fazer ela dar um gritinho e dizer vai me come e eu metia como um doido, então segurei seus peitinhos por traz e fui metendo ate que ela começou a tremer suas pernas e anunciou o orgasmo, e a peguei no colo e levei ate a cama coloquei ela do meu lado e continuei a meter com força e ela já não falava mais nada devido seu orgasmo ter sido intenso só dava uns gritinhos de prazer, enquanto eu me acabava segurando seu quadril e puxando com força de encontro ao meu cacete eu delirava de prazer, fui metendo assim ate que não agüentei mais e gozei gostoso inundando sua xaninha com minha porra e ela soltou mais um gritinho e desfaleceu do meu lado, então eu me deitei também do seu lado e acabei adormecendo, após mais ou menos uns 40 minutos tati me acorda com um beijo molhado dizendo que havia adorado e que queria falar comigo, então nos dois deitados ela começou a me dizer o que tinha achado da feira, disse que ficou com muito tesão com todos aqueles fazendeiros lhe fazendo propostas indecentes, uns perguntavam se tinha preço, outros colocavam as mãos em sua cintura e falavam o quanto era gostosa em seu ouvido e que muitas vezes ficava arrepiada, me disse também que ficou molhadinha com um americano que chegou a dizer que comeria ela em cima da maquina no meio da plantação, disse também que esse americano apertou seu bumbum e disse rindo que se ela deixasse ele comer gostoso seu rabinho ele compraria 7 maquinas de seu patrão e que ela também ficaria muito feliz, me confessou que pensou em dar tudo pra ele naquele instante e que só não fez por consideração a mim, eu ouvindo tudo isso e como não sou santo estava já me excitando e só disse a ela que ela poderia fazer o que achasse melhor pra ela e que poderia ficar tranqüila, pois como eu tenho namorada ela também poderia ter um dia que não mudaria nada para mim, ela ficou um pouco confusa mais eu a fiz parar de pensar nesse caso e comecei de novo a chupar seu corpo e por fim acabamos transando mais uma vez.
no outro dia de manha ela por sinal estava mais linda que no dia anterior e como eu não tinha compromisso naquela manha pude ficar observando as catadas que recebia e também pude ver o tal americano que havia me dito, tenho que confessar o cara era boa pinta, tinha mais ou menos meu tamanho era forte, tinha os cabelos grisalhos e tinha um jeitão de fazendeiro bruto, vi também ele apertando seu bumbum novamente e na hora tive vontade de bater nele mais me contive e fiquei observando e me excitando cada vez mais, o cara não brincava em serviço e abraçava ela por traz dizia coisas em seu ouvido e tentava lhe arrancar um beijo que com muito esforço acabou conseguindo, ela quando se virou e me viu ficou super assustada e o cara percebeu que ela havia se assustado com minha presença, e para evitar que ela fosse mandada embora veio ate mim segurando tati pelas mãos e me disse, amigo estou interessado nessa sua maquina, na verdade eu queria umas 7 se for possível mais eu quero que esta moça que trabalha pra você saia comigo e que também não quero que isso atrapalhe seu cargo em sua empresa, então para quebrar o gelo eu disse, a respeito das maquinas você pode fechar negocio comigo mesmo, mas a respeito da moça ela mesma teria que negociar com você e isso não mudaria nada em seu cargo e que talvez poderia ate ser bem recompensada pelo fechamento de um negocio envolvendo quase dois milhões de reais, ou seja, dei sinal verde a ela, ela percebendo minha aprovação já sentou no colo do americano e disse você fique a vontade com ele para poder fechar o negocio enquanto isso vou ate meu carro descansar um pouco e quero que me pegue aqui de frente umas 9 horas da noite e esteja descansado, e saiu em direção ao seu carro, eu me senti o maior chifrudo vendo e ouvindo tudo isso mais tinha que me acalmar, pois seria lucrativo esse meu chifre e poderia me dar super bem dentro da empresa, então na hora marcada aparece o tal americano para levar minha adorável tati para uma foda. alucinante, claro que fiquei super nervoso e com um mal estar por saber que estava sendo chifrado ou coisa assim, mas tentei me acalmar, passei a noite toda esperando ela voltar e quando foi 11 horas da manha escutei alguém batendo no vidro do meu carro e ao abrir os olhos vi tati com aquele sorriso estampado no rosto, já fui me despertando e ao abrir a porta ela já entrou dentro do carro e disse que estava doida para transar comigo, então resolvemos ir ate o mesmo motel do dia anterior, no caminho ela me disse que ele a levou para jantar em um restaurante muito conhecido em ribeirão e depois seguiram pra uma danceteria onde beberam e se divertiram ate altas horas disse também que deixou muito caras babando por ela, pois em um momento ela encostou o americano na parede e aproveitando a escuridão ele começou a roçar seu cacete nela com mais freqüência e foi erguendo sua saia que por fim já dava para ver suas nádegas deliciosas e uma calcinha enterradinha no bumbum maravilhoso dela, ele dizia que ela era a mais gostosa das amantes dele e que ela iria se dar muito bem dando a xaninha pra ele, ela ouvindo isso tirou seu cacete para fora e realmente era um cacete grande e branco e que a fazia sentir se muito molhadinha e num gesto obsceno colocou a calcinha de lado e foi se enroscando naquele cacete ate a cabeça ir sumindo dentro de sua xaninha faminta por sexo e ficou subindo e descendo nele ate que sentiu que seu americano havia gozado dentro dela com toda a força que lhe restava, então os dois se recompôs e depois de mais alguns drinks seguiram ate o motel mais próximo, dentro do motel ele foi para o banho e quando saiu foi a sua vez de tomar aquele banho e ao sair ele já esperava com seu cacete apontando para o teto e como uma boa amante ela foi chupando das bolas ate a cabeça do pênis com muita vontade e desejo e arrancava gemidos e urros de seu parceiro e antes que ele expressasse alguma iniciativa ela subiu em cima dele e foi descendo com sua boceta naquele cacete grande e grosso e ficou subindo e descendo por um bom tempo, e por final ele disse a ela agora eu vou querer minha recompensa, ela já entendendo o que ele queria já foi se levantando e ficando de quatro ele lubrificou bem seu cusinho e foi colocando com muito carinho em seu cusinho e quando sentiu suas bolas baterem em sua bundinha começou a foder com mais força ela gemia e gritava, pedia para ele foder com carinho mais ele só queria mesmo era deixar ela toda fudida e foi o que conseguiu fodeu ela ate gozar todo seu leite em seu rabinho e só tirou seu pau de dentro de seu cusinho quando sentiu que havia amolecido, tati disse baixinho eu adorei seu puto, corno desgraçado e acabaram adormecendo um pouco e esse era o motivo da demora e de manha antes de sair do motel ele comeu mais uma vez seu rabinho e depois disse a ela que deixasse o numero de sua conta bancaria, pois lhe daria um presente e tati fez como ele pediu, depois dessa historia toda detalhada que ela me contou eu não poderia deixar de estar excitado e comi ela com toda força neste dia e ela mesmo um pouco esfoladinha me fez me sentir muito feliz foram dias de muito prazer e nos divertimos muito com a grana que o tal americano depositava na conta de tati e mal posso esperar pela próxima feira do ano que vem quem sabe desta vez eu possa participar e assim realizar sua vontade de fazer aquela orgia somente com pessoas bonitas de seu gosto.
casais que queiram marcar alguma festa particular ou mulheres que queiram realizar alguma fantasia somos jovens de eu 20 anos ela 18 anos e adoramos fazer novas amizades e quem sabe algo mais, entre em contato comigo. as gatinhas que quiserem me conhecer me mandem um e-mail e eu responderei com muito prazer beijos… rodrigao6969@yahoo.com.br