# #

Minha namorada Amante

550 palavras | 0 |0.00

Depois que li esse conto ¨Sempre tive muitos amigos homens, até dava abertura para ser paquerada mais jamais tive coragem de trair, E sem contar que por mais que meu marido seja maravilhoso na cama, ele me trata sempre de forma muito romântica, e eu estou precisando de alguém que me desperte novas emoções, pois não quero mais ser tratada como uma princesa, depois de tantos anos, de ouvir minhas amigas contarem sobre o que os cafajestes faziam com elas, depois de ver filmes eróticos e ver como aqueles atores pegavam as meninas, eu decidi que quero me entregar para ser a puta de algum macho…Isso mesmo, eu quero ser a puta de um macho, um macho que me coma com força, que me domine na cama, que me trate como uma verdadeira puta, que goze na minha cara, na minha buceta, que me pegue com força sem dó e explore todo meu corpo¨, Na verdade muitas mulheres, maduras e sábias, anseiam por uma vida assim. Sou um nobre fora da cama e um ogro tarado, maluco na cama com meu doce amor.
Vivo mais ou menos isso. Somos colegas de trabalho e tudo começou muito sutilmente, com um telefonema despretensioso foi evoluindo para troca de confidências, um sentimento aflorando. Recebi já na primeira vez a nítida sensação que minha ligação era esperada e que poderia ser mais que um amigo, mesmo causando a ela espanto, foi uma ligação de horas até nossos cônjuges chegarem do trabalho e sermos obrigados a desligar e somente retornar a chamada em outros dia, quando não nos encontravam no trabalho. o abraço de bom dia, os elogios eram a atitude mais esperada do dia.
Do beijo ensaiado ao toque mais íntimos se foram meses, mas algo explosivo já faziam parte de nosso dia a dia. Houve uma vez, duas vezes, agora muitas vezes. Cada dia melhor, mais intenso. seja num motel ou drive In, ou até mesmo nas ruas sobre chuva, numa sombra de árvore ou an penumbra da noite. Constantemente dou lhe carona, o que é sempre sinônimo de um pit stop bem erótico. Já fizemos muitas estripulias em estrada, em acostamento ou na ruas da cidade. é gostoso vir embora com o cheiro de sua buceta no cio impregnado na boca e dedos. Com ela me solto muito, gozamos intensamente. Nos trepamos, fazemos amor, como ela e ela dá para mim. me pede para rasga-la toda, esfrega sua melada buceta em mim, me cavalga, fica por baixo, por cima, de lado ou de 4, mas sempre gemendo e gritando de puro prazer. Nos descobrimos tardiamente para essa vida, mas cedo para uma eternidade
Eu a amo e ela a mim.
Nas lindas paisagens marinhas, de beleza exuberante é possivel reviver amor. viver alegria sempre com vc. num calmo remanso, ensaiando tranquilidade numa enseada, deixo meu coração navegar nos seus encantos. assim como um marinheiro, navego com as naus pelos mares afora, dentro do oceano da paixão, causando turbilhão de emoção. é sangue que corre como correnteza, nos acorrentando. mesmo nas calmarias fazemos ondas surgirem para aninhar- nos ao colo da vida. é travessia, de rumo certo, sabendo onde é o destino, onde é o porto seguro.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(0 Votos)

# #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos