Foda com a minha tia bêbada

Tenho uma tia chamada “K”, ela é solteirona, dona de casa e mora com a minha vó, ela sempre foi muito extravagante, ficava barraqueira quando bebia e muito safada tbm, qnd estava sóbria era uma pessoa normal, mas qnd bebia não tinha papas na língua e sempre falava o que dava na telha, na verdade ela era muito safada.
Desde de minha adolescência sempre senti tesão por ela, ela é a irmã mais nova da minha mãe, hj ela está com perto dos 50 anos, essa história aconteceu há uns 3 anos atrás.
Era um dia de sexta a tarde, estava eu trabalhando qnd meu celular toca, era ela me chamando para ir para lá beber com ela, falando que tava só e minha vó tinha viajado e estava sem companhia e lembrou de mim, fiquei meio cabrero, pois como já falei qnd ela bebia era um porre…mas falei p ela q qnd saísse do trabalho ia para lá.
Chegando lá estava ela e uma amiga, as duas já meio altas e uma garrafa de whisky, começamos a beber e elas conversando muita putaria, falando que queriam a casa cheia de homens andando nú de pau duro, esse tipo de coisa, e na minha cabeça só imaginando eu pegando as duas, até que certa hora a amiga dela chapou legal e foi embora, ficamos só eu e minha tia, ela falou que ia se molhar e trocar de roupa, fique na sala tomando uma dose e esperando…qnd ela chega, tava só com uma blusa bem fininha que dava p ver td, ela sem sutiên e com a calcinha socada no rêgo, sempre que podia olhava para sua bunda, seus seios, para o meio da sus pernas sem ela perceber, pois certa vez fui dormir com ela e tentei comer, mas não deu certo, pois ela ficou muito puta, então voltando a história, ela ficava indo e voltando para cozinha e eu só de olho no rabo dela imaginando mil coisas.
Ela já tava muito chapada e disse que ia deitar, eu falei que ia embora, fui acompanhando ela até o quarto, qnd entramos ela simplesmente tirou a blusa e ficou só de calcinha na minha frente, meu pau já tava mais duro que uma pedra, eu fiquei olhando p ela gravando a imagem p bater uma depois, qnd falei que ia embora ela veio p cima de mim e disse:

_Porque já vai, não ta aguentando me ver assim né seu safado
eu falei:
_não, tenho que ir msm
ela:
_vc já ter me comido muitas vezes na “mão”, não foi?

Eu fiquei pensando nisso que ela falou, e falei pra mim msm, “já que ela está chapada,vou arriscar”
e falei:

_é tia já bati muitas punhetas msm pensando na senhora, já lhe homenagiei muito;
ela:
-eu sabia seu safado (falou um monte comigo)

E eu só de olho nas partes delas (ela é bem carnuda cochão, peitão, bundão, uma MILF msm). Até que ela muito puta falou:

_bata uma agora aqui na minha frente seu safado, tem coragem não é? (perguntou isso achando que eu não ia fazer nada), aí tirei meu cinto abaixei a calça e coloquei meu duro de 19 cm para fora, ela ficou olhando não acreditando e eu comecei a tocar uma, fui em andando p cima dela e ela ficou sem reação olhando para o meu pau, qnd cheguei perto dela abracei e empurrei ela na cama, e ela só em silêncio…ela deitou de bunda p cima, abaixei a calcinha dela e ela ficou de quatro, mirei e comecei a bombar, ela gemia muito, ai..ai…ai…ai…safado…gostoso, quando gozei, empurrei ela para o lado e ela apagou, vesti minha calça e fui embora, no outro dia ela ligou cedo para min, mas não atendi, até hj nunca conversou comigo sobre isso, foi como se nada tivesse acontecido.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,00 de 2 votos)
Loading...