Comi a buceta da minha cachorra

Naquela epoca eu morava no campo, estava na adolescencia com uma tesao louca, meu pau e muito grande e isto me atrapalhava de comer os animais, tentava comer a galinha mas no maximo eu podia colocar a cabecinha, nao tinhamos vacas so ovelhas e porcos, as ovelhas eram muito arisca e as porcas eram bravas.
Certa vez apareceu uma cachorra em casa era uma cachorra grande, viralata, era bem mansinha e foi ficando la pela fazenda, estava correndo com a cachorra pelo mato quando pensei, vou tentar comer esta cachorra, segurei ela de bundinha pra mim, tirei o pau e tentei meter na bucetinha dela, mas a bucetinha dela era muito pequena nao teve a minima chance de entrar, coloquei guspe e nada, levantei o rabo dela e vi o cuzao dela, vou comer este cu mesmo, teitei enfiar tambem nao entrou, cansado de tentar bati uma punheta e fui embora, cade vez que passeava no mato eu tentava comer a buceta dela ou o cuzinho dela e nao conseguia, no cuzinho ate que quase entrava mas ela gritava e eu parava, certa noite estava no celeiro com a cadela e antes de bater uma punheta, resolvi esfregar meu pau na buceta e no cuzinho dela, tentei colocar na buceta e nada, tentei colocar no cuzinho e nada, derrepente coloquei a mao nas costa da cachorra e apertei pra baixo, como se ela podesse baixar mais a parte da cabeça e pra minha surpresa ela deu um gritinho e a cabeça do meu pau entrou no cu dela, eu nem acreditei meu pau tava dentro do cuzinho da cachorra, devagarinho fui colocando ele todo dentro do cu da cachorra e eu comecei a socar meu pau dentro da cachorra, demorei a gozar pois meu pau estava sendo machucado devia ser a merda do cu da cachorra. comecei a comer todo dia o cu da cachorra e a cachorra gostava pois eu nao segurava ela ficava so fazendo o vai e vem e ela nao saia dali, eu sempre tentava colocar na buceta dela, como eu nao conseguia eu comia o cu da cachorra, certa vez vi uma correria no mato fui ver a cachorra tava prenha e um cachorrao tava pegando ela, depois que desgrudaram ja peguei a cachorra e levei ela pro celeiro, ja tava morrendo de tesao, virei a cachorra de costa pra mim ajeitei meu pau na buceta dela e forcei um pouquinho quando vi ele começou a entrar e eu soquei todo meu pau dentro da buceta da cachorra ja comecei a meter com força duas ou tres estocadas ja gozei dentro dela que delicia, quando tirei meu pau levantei o rabo dela e a buceta dela tava arrombada, acho que cabia minha mao ali dentro. no outro dia nao via a hora de chegar de noite para mim comer a buceta da cadela, quando escureceu ja levei a cadelinha para o celeiro e tentei comer a buceta dela, nao consegui a buceta dela simplesmente tinha fachado, tive que comer o cuzinho dela aquela noite, se eu quissese comer a buceta da cachorra eu teria que achar um cachorro pra comer ela antes, levei a chachorra perto do rancho do vizinho o cachorro ja sentiu o cheiro da cadela e ja foi ate la, como ele tava amarrado nao pode vir muito, levei a cadela la e cachorro comeu ela, quando desgrudaram voltei correndo para o rancho, mal entrie no celeiro ja tava tentando colocar meu pau na buceta dela a buceta dela tava pegando fogo e o pau entrou que foi uma maravilha, comecei a socar la no fundo, com aqs estocadas fortes a cachorra sentiu um pouco de dor, ela deu uma gemida entao tirei da buceta dela e coloquei no cuzinho, dei umas estocadas e voltei a socar na buceta dela, ate encher a buceta da cachorra de porra fiquei um pouquinho assim mexendo meu pau la dentro, tirei meu pau e fiquei olhando a cachorra lamber sua buceta, apesar de ser um animal mas foi uma das transas mais gostosas que ja tive.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,50 de 2 votos)
Loading...