Puta desde criança procura corno

Quando eu era bem pequena meu padrasto ne colocava no colo e brincava de cavalinho… Eu adorava! Não entendia pq ele brincava s só um pouco e depois chamava a moça que trabalhava lá em casa pra ajudar ele na oficina. Ele pedia pra eu vestir um vestido e tirar a calcinha pra não estragar na brincadeira. Eu cresci e não queria mais brincar de cavalinho embora ainda gostasse do colinho dele principalmente de dormir com ele apertando minha xaninha. Passamos então a brincar de procurar a chave no bolso dele. Eu colocava a mão e ia apertando ate achar a chave presa na cueca. Se eu perdia tinha que chupar o pau dele quando ganhava ele chupava minha xaninha. Eu adorava quando saía leitinho. A primeira vez que ele meteu o dedinho no meu buraquinho foi o dia mais feliz da minha vida! Um dia cheguei mais cedo da aula e vi que ele dava leitinho pra nossa empregada tb. Assim que tive alguma consciência, comecei a observar os barulhos que vinham do quarto da minha mãe. Pulava a janela do meu quarto pra assistir meu padrasto enrabar minha mãe. Ela chorava e dizia que doía mas ele não parava. Ela pedia pra ele meter na buceta mas ele dizia que gostava de onde era mais apertado. Um dia ele me viu olhando, viu tb que eu apertava meu grelinho e aí não teve pena. Me buscou no colégio no dia seguinte e me levou pra um motel. La ele colocou um filme porno e me mostrou. Perguntou se eu achava que estava gostoso a moça sendo fudida por dois. Eu disse que sim. Ele me contou que me viu nas noite anterior e perguntou se eu queria ser putinha dele igual a mamãe. Eu disse que sim. Ele veio e me beijou de leve. Pegou na minha buceta e disse que irá me ensinar tudinho. Tirou minha roupa e mandou deitar com a perninhas abertas. Chupou meus peitinhos ainda inffantis enquanto massageava meu grelinho. Desceu e chupou minhas buceta. Não de leve como das outras vezes mas forte e enfiandoa lingua no buraquinho. Levantou e ficou olhando minha cama babada. Enfiou um dedo, depois dois, depois três. Eu reclamei que doía mas ele disse que era para ir alargando. Eu olhavameu titio e tb o filme onde a puta estava fudendo com um cachorro. Nunca tinha pensado nisso mas fiquei ainda mais excitada. Titio colocou então o pai dele na buceta e apertava contra meu grelo. Colocou então na porta do meu buraquinhoe forçou. Viu que estava difícil, cuspiu nele e pos de novo. Destes vez senti a cabeça entrar e ai ele meteu tudo, até as bolas. Eu gritei mas ele me apertou e disse pra eu aguentar. P fudeu muito! Eu tinha só 9 anos mas já sabia como era gostoso ser puta. Aí procurava tudo sobre sexo. Via revistas e meu padrasto me mostrava vídeos pornôs. Eu sonhava chupar uma buceta e comecei a testar outros homens. Mostrava minha buceta “sem querer”, sentava no colo e roçava neles sempre que podia.Qualquer um. Quanto mais velho e gordo melhor pra me lembra meu padrasto. Fiquei fissurada por coroas tb. Acho que foi a vontade que sempre senti de chupar a buceta da minha mãe. Agora tenho 26 anos e procuro um homem que queira ser corno, de preferência que goste de chupar rola e lamber minha buceta esporrada. Me escrevam lauralimabisc@gmail.com