# #

Carnaval 2014 (Contos de Ricardo 001)

1420 palavras | 0 |0.00

Sou casado, meu nome é Ricardo, tenho 30 anos (em 2016), moro em SJC.
Em 2014 teria que trabalhar o carnaval todo e minha família toda foi para uma chácara á 600 km de nossa cidade, no sábado de carnaval, puto para caralho eu fui trampar, entrei ás 8h da manhã e chegando percebi que tinham mais três pessoas também, Marcelinha, Claudia e Murilo.
Onde eu trabalho são várias mesas, umas 200 e existem muitas áreas trabalhando junto, eu olhava para o prédio e pensava, peão só se fode mesmo, poderia estar bebendo, comendo carne, zuando no carnaval, mas to aqui ralando.
Era umas 10h levantei e fui buscar água e passei primeiro perto de Marcelinha, uma verdadeira Princesa, branquinha, parecia que foi criada no leite, cabelo longo com uma cor meio amarelada, tipo mel, magrinha, rosto lindo, peitinho tamanho “M”, que delicia, cheirosa.
Depois perto de Murilo um cara gente boa, mas o típico nerd, rsss, muito inocente para idade que já tinha, caminhando mais umas três mesas passei pela Claudia, que tesão, baixinha +/- 1,65 m, com um rabo empinado, umas coxas lisinhas, tipo de mina que fica na academia por horas, cinturinha fininha , peitinho tamanho “P”, não era linda, mas também não era feia, seu sorriso era lindo, que a deixava com uma cara de safada, com seus 33 anos.
Cheguei no bebedouro para pegar a minha água já tava de pau duro, duas gatas ali, qualquer uma eu topava na horas, rsss.
Quando voltei não aguentei, pensei comigo vou mexer com essa galera, falei assim:
– Pô o pau tá quebrando lá fora, feriadão de carnaval, neguinho esta até correndo pelado e nós aqui trabalhando, vamos para com isso agora, vamos sair daqui e achar um barzinho, rsss
Eles deram risadas e eu fui caminhando para a minha mesa, nesta empresa temos um tipo de sala de bate papo que funciona internamente quando seu e-mail esta ativado, essa próxima conversa abaixo eu só fiquei sabendo depois*
Passou uns 5 minutos a Claudia mandou uma mensagem para a Marcelinha:
C – Eai vamos?
M – Onde? Vc Tá doida ele é casado.
C – Quem tá doido é ele, foi ele quem convidou, rsss
C – Eai vamos?
M – Ah, se sairmos todos, mesmo que não role nada, se descobrem, vai espalhar que cada um deles ficou com outra de nós.
C – Eu não vou chamar o nerd, kkkkk
M – Será que o Ricardo sabe guardar segredo?
C – Só vamos saber se irmos, rsssss
Depois* de uns 15 minutos para mim, eu lá sem perspectiva nenhuma para sábado, puto no trampo, recebo uma mensagem de grupo ( C – Oi), com três integrantes, kkkk as duas e eu. Fiquei aqueles dois segundos pensando, não é possível.
R – Oi mocinhas!
M – Vc tem 5 min para desligar o PC e ir à portaria F-42
C – Vc tem 1 min, rssss
R – Já to desligando, kkk
Mano, pensei comigo fudeu, agora não dá para voltar para trás, kkk capaz de eu querer voltar p trás agora, kkkk.
Fui saindo e vi que Murilo estava no PC ainda, passei e falei você esta marcando mesmo em, kkkk, nem imaginava que ele não foi chamado.
Chegando à portaria lá estavam as duas, me esperando, hoje vai ter alguma coisa.
R – Eai posso escolher o barzinho?
C – Pensei em algo melhor, o sítio da família esta vazio, poderíamos passar à tarde lá.
M – rssss
“Pensei comigo (PQP vai ter sorte assim…… essa mina tá querendo pau de qualquer jeito )”
R – Só à tarde, kkkk eu posso passar a noite também.
M -Ai me você me surpreendeu, rssss
C – E a dona Maria?
R – Ta viajando com a família,rsss
M – Então Vamos.
Fui para o meu carro, e comecei a pensar, hoje amigão, você ai embaixo, não pode me abandonar em, dei farol alto para elas e pararam o carro.
R – Preciso passar em casa, dar água para a cadela, me passa o endereço, eu já chego lá, meia hora só eu preciso, rsss
C – Tá bom.
M – Você vai NE?
R – Claro, eu não sou LOKO de perder esse sol.
Mano eu só pensava em ir para casa e pegar o meu remedinho, quando minha mulher quer a noite toda, eu não o super homem, mas com ele eu arrebento rsss. Sou um cara branco, 1,71m, corpo malhado, peso, 78 kg, cabelo curto, dizem que me pareço com o VAVá do KARAMETADE, rsss e um pau de 17,5 cm.
Fiz toda a correria e cheguei ao sitio 45 minutos depois delas, chegando elas estavam na piscina a Claudia de biquíni e a Marcelinha, danadinha de calcinha e sutiã, bem alegrinhas, algumas latinhas vazias, eu levei umas brejas, mais três garrafas de vodka, pensando que teria que embebedar elas para rolar algo, a Claudia que me buscou na frente da casa, quando fui para trás, na piscina, estava Marcelinha paradinha, com bunda branquinha, aquela calcinha branca, enterrada no rabo branquinho dela, ela ao me ver levanta e vem até a mim e me beija na boca, e diz:
M – Vamos ter que pular algumas etapas, você demorou, rss
Claudia vem por trás de mim e já abaixa a minha bermuda junto com a cueca e tudo, a minha tora já fica ali roçando na barriga da Marcelinha, ela abaixa e abocanha até o talo, mano 17,5 não é tão pequeno assim, pqp, Claudia começa a ficar peladinha e tira o sutiã da Marcelinha, porra Claudia era um tesão, com aquela cinturinha fina e seu rabo grande para valorizar ainda mais, marcelinha com seu peitnho “M” branquinha, parecendo uma adolescente caraça.
Marcelinha levanta deixa Cláudia mamar e tira sua calcinha de costas para mim, mostrando seu rabinho, fica de quatro na cadeira, abre sua bunda, olha para trás com a cara da mais putinha que você pode imaginar e diz:
M – Se você for bom hoje, amanhã ganha esse premio.
C – Que putinha, rssss
Eu levantei Claudia virei ela de costa para mim, inclinei ela um pouco e fui colocando meu pau na buceta dela, quando entrou fiquei segurando só na cintura dela, e socando bem gostoso, ela começou a gemer, e falar bem baixinho, eu não entendia direito, só sei que depois de algum tempinho a Marcelinha, veio tirou ela de mim, me fez sentar na cadeira, ficou de costa, segurou no meu pau e foi colocando na buceta, Cladia, ficou me beijando no começo, depois foi nos peitinhos de Marcelinha, chupava, mordia, puxava o cabelo dela, e Marcelinha começou a gozar, gemia, pedia mais, pedia para Claudia dar tapas nelas, Claudia, dava devagarzinho, Marcelinha rebolando, ficou com as pernas moles, saiu de cima de mim, pegou Claudia colocou de quatro em outra cadeira me chamou, deu uma chupada no meu pau e falou para a Claudia.
– Ele tem muitas chances de ganhar o meu premio, mas o seu, eu que vou decidir, rsss
Ela foi colocando meu pau no rabo da Claudia, forçava um pouquinho, só para o anus dela começar a abrir e depois tirava, fez isso uma sete vezes, depois chupou de novo, e colocou na buceta dela, eu LOKO já comecei a socar sem dó, segurando a cinturinha dela, que delicia.
Marcelinha, segurava os peitinhos de Claudia, puxava o seu cabelo e a beijava na boca, eu já estava quase explodindo, com a cena, meu tesão tava fora de controle, a Claudia pede para socar com tudo que ela ia gozar, soquei sem dó ela começou a gritar e chamar a Marcelinha de Putinha, ela gozou e eu encharquei a sua buceta de porra, devo ter dado umas oito jatos de porra nela, depois que tirei o pau para fora a Marcelinha perguntou se Claudia queria porra, ela fez com a cabeça que sim, Marcelinha ceio chupou a porra que estava escorrendo da buceta dela e foi beija-la para dividir a porra, pensei (pqp cara, nessa noite vou fuder elas demais…)
C – Você mandou bem, rsss
R – Vou fazer de tudo para ganhar o presente das duas,kkkk
M – O da Claudia eu vou decidir ainda,rssss se você vai merecer,rssss.

(Continua………………)
Quem quiser pode mandar e-mail para críticas construtivas, elogios, etc
NOTA: Não adianta insistir, sou 100% hetero e só saio com mulheres acima de 18 anos ou casais que o homem gosta de assistir.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(0 Votos)

# #
Comente e avalie para incentivar o autor

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos