# # #

Prima virgem safada prefere anal

1008 palavras | 6 |3.25

Oi me chamo Fernando o que irei relatar aconteceu essa semana.
Fui visitar minha tia que fazia muito tempo que não visitava ela. Assim que cheguei tive uma pequena decepção, pois ela não estava. Estava somente minha prima. Perguntei por ela e ela disse que minha tia não demorava. Sentei na sala e fiquei assistindo tv.
Minha prima se senta ao meu lado ( branquinha, seios perfeitos e um bumbum de dar inveja as meninas da idade dela) olha para mim e me pergunta se pode fazer uma pergunta. Respondo que sim. Ela então pergunta se posso mostrar meu pau para ela. Levo um susto ai então ela diz que só viu em fotos e que as amigas dela ficam zoando ela por ainda ser virgem. Eu no espanto fico sem ação e ela então abaixa o rosto e começa a chorar. Pedindo desculpas, eu abraço ela e digo que não tem problema.
Me levanto e digo que ninguém poderia saber e que devia ser rápido. Pois, a mãe dela estava preste a chegar. Ela então disse que para eu não me preocupar que ela havia viajado. Fiquei feliz na hora kkkkkkk. Tirei meu pau para fora da bermuda e ela fica olhando e pergunta se pode pegar. Eu coloco bem perto do rosto dela. E pego a mão dela e coloco no meu pau. E deixo ele na direção da boca dela. Ela fica passando a mão nele e com cuidado vou puxando a cabeça dela e colocando meu pau na boca dela. E ela deixando sem dizer nada. Quando meu pau entra todo ela me olha. E que visão linda uma mulher olhando para a gente com nosso pau na bocakkkkkkk
Ela chupa gostoso mesmo sem experiência tava por demais gotoso. Eu mando ela passar a língua das bolas até a cabeça e ela faz tudinho sem reclamar. Ela volta a língua e quando chega nas bolas ela mete tudo na boca. Que sensação incrível. Ai ela tirou meu pau da boca e saiu um fio de baba da cabecinha até a boca dela. Ela então passa a língua e bate com meu pau no rosto dela.
Eu não aguentando mais gozo tudo no rostinho dela.
Nos levantamos e fomos tomar um banho ei vou agarrado nela por trás dando beijos no pescoço dela e ela passando a mão no meu pau.
Abrir a porta do banheiro e joguei ela para debaixo do chuveiro e nos beijamos de perder o fôlego.
Fui descendo mamando nos seios dela, passando pela barriguinha, até chegar na bucetinha dela. Coloco uma perna dela no meu ombro e por um segundo fico admirando a sua bucetinha. Dou uns selinhos e passo a língua bem devagar na entradinha e vou subindo sem pressa ate chegar no grelhinho dela. Nessa hora ela solta um gemido bem gostoso e goza na minha língua. Ai então eu volto com a língua forçando a entrada da bucetinha dela e chegando no cuzinho. Ela balança e então deito ela no chão do banheiro e começo a judiar com a língua na buceta dela.
Saímos do banho e carrego ela nos braços até seu quarto, vamos nos beijando pelo caminho. Chegando na cama dela eu a deito e começo a beijar todo seu corpo. E quando abro as pernas dela para enfiar meu pau ela diz que não.
Fico triste na hora. Mas ela se vira e fica de quatro e abre o bumbum com as duas mãos. E pede para eu comer o cuzinho dela. Amei aquilo mas antes ela disse que tinha gostado que eu passei a língua no cuzinho dela. E isso tinha deixado ela com vontade de dar ele. E pediu para eu fazer novamente. Com ela de quatro eu dei um beijo no cuzinho dela e passei a língua do grelhinho ate o cuzinho dela. Ela tremia de tesão. E quando deixei bem meladinho com o líquido que saia da bucetinha dela e meti meu pau ela deu um grito e segurou firme nos lençóis. Eu comecei colocando bem devagar pouco a pouco para ela se acostumar. E fui empurrando lentamente. Ao mesmo tempo em que brincava com o grelhinho dela nos meus dedos. Quando já tinha enfiado tudo eu segurei ela pelos cabelos e falando no ouvido dela eu comecei a bombar primeiro devagar e falava que cuzinho gostoso e aumentava o ritmo, como ela ainda não estava acostumada eu passei a dar leves mordidas na orelhinha dela. Fazendo ela arrepiar-se todinha e empinava bem o bumbum fazendo meu pau entrar ainda mais.
Eu me apoiei melhor na cama e e com uma mão esquerda segurava a cintura dela e com a direita puxava o cabelo dela para trás. E ela gemia feito uma puta de rua. Xingando pedindo para eu comer com mais força e mais rápido. Foi ai que eu comecei a tirar meu pau por completo e meter de uma só vez. Enquanto puxava e dava tapas no bumbum dela e ela gemia e mandava eu rasgar ela. Até que não aguentei e avisei que ia gozar. Ela pedia para eu gozar bem fundo. Mas não fiz isso. Eu puxei ela pelos cabelos e mandei ela chupar. Ela disse que não. Mas eu peguei meu pau e comecei a bater no rosto dela e puxando o cabelo para trás enfiei meu pau na boca dela e gozei.
Ela se engasgou com o leitinho mas mesmo assim engoliu tudo. E limpou meu pau todinho.
Deitamos um pouco e dormimos. Passei dois dias antes de minha tia chegar. Do dois dias de muito sexo. E gozada na boca.

Depois eu conto como arranquei o cabaço da bucetinha dela.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,25 de 12 votos)

# # #
Comente e avalie para incentivar o autor

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Luca ID:xlpx4t0b

    Discordo da Mirella em relação ao tempo necessário. Minha primeira namorada era Virgem e nabnossa primeira vez ela não conseguiu dar a bucetinha pq doía muito quando eu tentava meter, então coloquei as pernas dela uma sobre a outra deitada de lado e comecei a colocar no cuzinho dela (já tinha lambido bem). Ela disse: amor, vc tá colocando atrás, eu disse pra ela relaxar quebrava tudo bem. 10 segundos depois ela disse: “amor, vc tá dentro de mim”. Perguntei se tava machucando e ela disse que não. Naquele dia fizemos um anal leve, mas do dia seguinte em diante era só bombada, o cu dela virou buceta pra mim. Se passássemos 1h transando era uma hora de cu (claro que quando demorava nesse ritmo começava a doer). Passamos cerca de 1 ano assim até ela conseguir superar a dor do cabaço. Depois disso eu já tinha me acostumado a comer o cu dela, então eu continuei comendo o cu dela como buceta e comia um pouco a buceta dela. Com a gente era o contrário do que normalmente é. O cu dela pra mim era buceta e a buceta era cu. Portanto, acho que cada caso é um caso.

  • Responder natan ID:hecya6w8l

    Queria comer uma novinha virgem quem quiser mim da sou do ceara?

  • Responder Mirella esposa feliz . ID:8p6h53h8rc

    oi querido seu conto me pareceu um pouco morninho se for veridico tu precisava dar mais detalhe , tirar a virgindade de um cuzinho tem que ser com amor e carinho e aos pouco no minimo deve levar uns dez dias se não menina vai sentir dor e fica com medo ai ela não vai querer transar mais atrás , muitas mulheres perde o tesão porque são mal comida a não ser que você tem uma pica fina e pequena , … eu demorei quase quatro meses pra mim suportar quase 23cm de extensão e grosso hoje estou super regaçada na frente e o cuzinho todo dilatado amo fazer anal com meu marido tenho seis anos de casada na minha foda sou eu sempre que mando ele por no meu cuzinho sou uma mulher ativa na hora de meter eu que traço o meu macho . Mirella esposa Feliz vl das mêrces sp … Feliz 2016 bjs com uma boa mamada numa Xana ou numa rola bem grande .

    • natan ID:hecya6w8l

      EU acho o mesmo

    • Observador ID:5unpwbbbd1

      Pow realmente tem que ser com carinho, pq muitas mulheres não dão o cuzinho, devido o animal do cara que não sabe fazer pensa que cú é só meter.
      Penso que mulher é feita com carinho e principalmente o cuzinho delicia adoro.

    • El comedor ID:19p2y9ld1

      Oi linda que delícia passa seu zap