# # #

A esposa de meu amigo Paulo e o sobrinho de 11 anos

872 palavras | 5 |3.67

Vcs ja sabem de alguns contos de meu amigo Paulo do RJ e sua esposa, desde a lua de mel ele tinha tesão de ver a mulher fode com outro e depois de anos de casamento, sabe das saidas da puta de sua mulher com outros homens, ela por varias vezes voltou pra casa depois de uma foda com o amante, sem tomar banho, e pede para o corno do Paulo mamar a xana ainda melada da porra do amante. Hoje vou contar, como aconteceu ela e o sobrinho de 11 anos. Mulher do Paulo, tem uma bela bunda, mas seus seios são demais, apesar da idade são GG e ainda firmes, uma delicia de se vê e tocar, e ela safada como sempre , sai na rua com uma blusinha ao qual ele quase saem pra fora, tudo amostra pra provocar, e mexe tanto com os homens q até o sobrinhos dele de apenas onze anos, q darei aqui o nome de Kauã fica excitado com olhares discretos mais maliciosos para a bunda e os seios dela. Aproveitando isso e sabendo q Kauã queria aprender a dançar, Paulo teve uma ideia pra ver o q ia acontecer, pediu a sua esposa q desse algumas aulas de dança para o sobrinho, ela meia desconfiada relutou de momento mas depois acabou aceitando e marcou primeira aula para o dia seguinte, na hora marcada Kauã chegou na casa dos tios, a aula logo começou, ela deu inicio mostrando a ele os primeiro passos, depois pediu q ele colocar uma mão na cintura dela e a outra na mão dela, ele mais baixo q ela encostou a cabeça nos seios e ali começou seus primeiros passos, no inicio ele um pouco timido, mas com o passar das aulas foi se soltando e toda vez q dava uma parada Paulo percebi q ele apesar da pouca idade, estava de pauzinho duro, as vezes ele aproveitava qdo a musica era mais lentas para dar uma encochadas na tia q safada como era fingia q tudo fazia parte da musica, numa das aulas, Paulo disse q precisava dar uma saida e demoraria a voltar, isso tinha sido combinado com a esposa, Paulo fingiria sair e ficaria escondido para ver atitude do moleque, percebeu q Kauã ficou todo assanhado e apertou um pouco mais a tia nos braços, a aula continuo e a tia começou a sentir o pauzinho do menino endurecer, apertou mais ele de encontro a ela, em cada passo q davam ela se esfregava nele e ele aproveitava para esfregar a cabeça nos seios dela, q com isso estava ficando cada vez com mais tesão, em dado momento ela pediu pra ele enfiar a ´perna entre as pernas dela e começou a a dançar esfregando a xana no joelho dele, isso deixou a safada doidinha de tesão, logo depois começou a beijar o rosto dele, seus labios q nunca tinham sentido outros labios neles, passando a lingua na boca semi aberta, foi beijando e descendo com a lingua em seu pescoço, depois acariciando o pau dele por cima da calça, foi desabotoando o ziper e tirou o pau dele pra fora, mandou ele sentar no sofa em frente, ajoelhou e começou a mamar aquele pequeno cacete, ele estava atônito sentindo coisas novas, apesar da idade o prazer foi tomando conta de todo seu corpo, depois ela deitou no chão da sala e pediu pra ele chupar os seios dela, foi ensinando como fazer, pedindo pra ele ir descendo em sua barriga, seu umbigo, abriua as pernas e mandou ele chupar sua buceta, meio sem jeito ele obedeceu, ela ensinando e ele obedecendo como um bom garoto, ela mandou enfiar a lingua dentro brincar com seu grelo, estava por demais melada sua buceta ele adorando aquele liquido pastoso, chupava como um bezerrinho, ela gozou uma duas vezes em sua boca e perguntou se ele queria fode sua buceta disse q sim, deitou abriu bem as pernas mandou vir por cima, como pau dele era pequeno foi conduzindo até a porta da buceta esfregando a cabeça nela, pouco penetrou mas a tesão era tanto q q ela começou a gozar loucamente e ele sentindo prazer mesmo sem gozar estava tremendo de tesão, desejo e sentindo aquela buceta engolindo seu pequeno pau começou a gritar de prazer, a tia vendo ele daquele maneira gozava mais e mais, depois para terminar, ja extenuada pediu pra ele volta a chupar sua buceta ela fechava as pernas e apertava a cara dele na buceta melada, gozando mais uma vez, um gozo forte e muito molhado, deicando o rosto dele todo melado, depois caiu extenuada para o lado, Paulo q tudo assistia, gozou muito batendo punheta, depois ela trouxe ele até seus braços e dando um longo e delicioso bj, pediu segredo a ele e q teriamos muito mais, e ela ensinaria muitas coisas a ele, depois os dois foram para um banho delicioso, essa foi a primeira vez de Kauã, muitas outras teve com a puta de sua tia. contarei em uma proxima ocasião.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,67 de 12 votos)

# # #
Comente e avalie para incentivar o autor

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder juliano ID:gqbgukv9k6

    [email protected] add skyp

  • Responder pirocudo ID:vwx96n5q7

    corno bosta deve te dado o cu pr o moleque também. ne

  • Responder lo ID:8ds77kjqrcr

    skype pauputo.puto

  • Responder Anônimo ID:2xbuy5nnv9bn

    4898499483
    add

  • Responder Anão ID:hecya6w8jo

    PDU?