Minha cunhada

caros apreciadores de de contos eróticos,o que vou relatar agora aconteceu de verdade comigo…tenho um irmâo que nao foi criado por meus pais nem,nem tem nosso sobrenome moravamos em estados longe um do outro um dia ele apareceu na casa do meu pai casado.uma mulher muito bonita,mais no entanto seria minha cunhada.o tempo passou,ele alugou uma casa e foi morar com ela,eu comecei ir na casa dele.e com o tempo comecei perceber um comportamento estranho dela,queria sempre ficar perto de mim nos lugares,quando eu ia na casa deles ela sempre ia tomar banho e colocava sainha topinho,mais o que mais me chamou atençâo foi quando um dia estava na casa deles e ela foi no banheiro foi fazer xixi e fez questâo de deixar cair o xixi na água fasendo barulho de torneira aberta tanto eu como ele ouvimos mais eu dirfarcei que nâo tinha ouvido.um dia era feriado eu fui na casa deles e ele tinha ido trabalhar mais eu nâo sabia.cheguei perguntei por ele e ela respondeu que tinha ido trabalhar,entâo falei que ja estava indo depois eu voltava,ela disse:nâo espera quero te peguntar algo,respondie pode perguntar,entâo ela disse se eu fosse afim de alguem proibido pra mim o que eu faria.entâo respondie eu falaria pra pessoa e veria no que dava.entâo ele falou eu gosto muito de você.eu fiquei sem saber o que falar ate por medo.eu falei eu te acho super gata mais mais você é minha cunhada entâo ela me mediu segredo do que tinha me falado e eu concordei mais estava morrendo de tesâo por ela porque ela era muito gostosa mesmo,uma loira ,olho azul mais ou menos1.60m de altura,um espetáculo,eu nâo sou bonito,sou moreno claro,1.70m cabelos liso porque sou descendente de indio um pau medio acho até que ele e pequeno.bom mais deixa pra lá.ela falou vem aqui amanhâ que ele está.assim fiz mais ele nâo estava,quando ele falou que nâo estava ja comecei ficar com tesâo,conversamos entâo ela disse: você ,e muito mole estamos sozinhos aqui e você nao faz nada: entâo fui pro lado dela e beijeia e fu encostando ela na parede isso ja estava de pau duro ela estava de short,baxei o short,passei a mâo na bucetinha dela por cima da calcinha depois baixei a calcinha.entâo ela falou: aqui nâo pode chegar alguem.amanhâ você me espera na frente da escola que eu vou leva meu filho air a gente conversa.assim eu fiz ja nâo estava mais me importando com o fato de ser minha cunhada o tesâo era mais forte.fiquei esperando numa rua um pouco mais afastada,e pensando ende eu iria leva_la,entâo pensei vou no parque municipal pois no meio da semana so fica o pessoal que cuida do parque mais é aberto ao publico.chegamos la andamos um pouco e entâo entramos numa trilha,ao entra na trilha encostei ela numa arvore e dei us amassos nela e o pau ja ficou duro,ela era mais decidida do que eu e disse:deixa eu ver seu pau,logo tirei o pau duro pra fora e ela começou acariciar ele e eu doido pra ver a buceta porque so tinha visto de calcinha,entâo falei vamos entra mais um pouco na trilha e fomos como era um parque tinha varios bancos pras pessoas relaxar na sombra,paramos em um,sentamos e comessamos os amasso outra vez.ela mandou eu levantareu levantei entâo ela tirou meu pau pra fora e começou a chupar´chupando e batendo punheta nele ,entâo eu tirei o pau da boca delça fiquei de joelho abrir o ziper baixei a calça dela depois a calcinha e pude finalmente vir aquela bucetinha feito desenho nos pelinhos,toda meladinha encoste o pau no buraquinho e fui enfiando o pau até sumir tudo e comecei os movimentos de vai e vem vendo meu pau entra e sair daquela bucetinha deliciosae ela tambem estava com muito tesâo de ver o pau entra e sair porque cada ves mais meu pau ficava mais melado com liquido da bucetinha dela, entâo dei uma paradinha ela falou porque paroueu falei!porque estou quase gosando e nâo estamos nem de camisinha isso fez ela ficar com mais tesâo e disse entâo gosa dentro porque eu tomo remédio pra nâo engravidar.entâo na loura do tesâo enfiei o pau denovo e nâo demorou muito gosei tudo dentro daquela bucetinha deixei o pau la dentro uns 30s e tirei tire de dentro ja mole aquela porra escorrendo da buceta dela ela fez um carinho nele todo melado de porra mais ele nâo subiu mais entâo fomos em bora,mais ficamos transando por muito tempo ate ela ir pra outro estado com o marido mais temos muitas historia que qualquer dia eu conto pra vocês e isso aconteceu de verdade em 2011. até a próxima.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,00 de 1 votos)
Loading...