# # #

Estuprado na cadeia (virei puta)

1151 palavras | 13 |3.56

Já fiz muita merda na vida, mas comer a filha menor de idade (17 anos tá, ela disse que tinha 18 aquele puta gostosa) do prefeito da minha cidade, foi a pior delas. Ela ficava se insinuando pra mim na escola, enquanto eu dava aula. Até que eu não aguentei e comi ela na sala mesmo, em cima da minha mesa, quando as aulas tinham acabado. Rompi a selinho dela que tirou sangue. Ele gozou duas vezes, e depois que o namorado dele foi comer e viu que já tinha violado o lacre ela veio me acusar de ser pedófilo e ter estuprado ela. Devia ter comido o cu dela, aquela puta gostosa.
Acabei sendo preso e indo pra cadeia na cidade vizinha. Eu não era bandido porra. Não sabia com funcionava aquilo. Não era um puta presídio, minha cidade era pequena e a vizinha era um pouco maior. Tinha umas poucas celas e muitas estavam vazias. Mas os guardas não gostavam de ajudar a vida dos bandidos e botavam muita gente amontoada nas celas fedendo a mijo. Na minha tinha mais dois. Um com cara de boliviano e um negro.
Logo que eu entrei fui pro meu canto e nem falei com ninguém. Sentei na cama e eles brigaram comigo. Só depois fui notar que tinha um beliche na cela e 3 pessoas. Eu dormi no chão aquela noite, e os caras mal abriram a boca. No dia seguinte é eu o guarda quis acabar comigo. Ele descobriu que eu estava preso por “pedofilia” e contou pra geral. E quem disse que adiantou eu dizer que ela tinha 17 anos e que foi ela quem quis. Depois que as luzes apagaram o boliviano começou a me interrogar e me ameaçar com uma faca improvisada. Me segurou por trás com ela no meu pescoço e disse que era melhor eu obedecer. O negão baixou minhas calças e deu risada do meu pau mole, que era pequeno mesmo, ainda mais com o medo que eu tava. O boliva me abaixou e me botou pra chupar o amigo. Segurava meu cabelo e conduzia minha cabeça na rola suja e enorme daquele negão. Eu não sabia chupar e toda vez que eu botava o dente ele tirava minha cabeça da rola dele e batia na minha cara. Depois eu chupei o pau do boliva, que não era lá muito maior do que o meu, era mais fácil, e na dele eu já não botava o dente. Lambia em baixo da cabeça da rola dele, porque comigo me fazia gozar rápido. Ele começou a me chamar de puta e dizia que eu mamava gostoso. Ai ele me colocou de joelho no chão, e com a cara na cama da beliche e cuspiu no pau dele. Eu implorei e ele começou a dar risada e começou a meter. Eu fechei o cu e ele me cortou nas costas com a faca, no susto eu gritei e acabei relaxando o cu e o pau dele foi forçado com toda a força pra dentre. Como doeu! Eu podia sentir minhas pregas rasgando e eu comecei a gritar muito alto. Até que as luzes se acenderam. O guarda tinha ouvido. Ele veio ver o que era. Os outros presos estavam gritando e os da cela na frente assistiam e se masturbavam comigo sendo enrabado e chupando a rola do negão ao mesmo tempo. Quando o guarda chegou eu implorei por ajuda, mas pra minha surpresa ele tinha uma câmera na mão e estava com o pau pra fora. Disse que pedófilo tinha mais é que se foder. O boliva liberou meu cu, e eu vi que o pau dele estava cheio do meu sangue. O negão me botou de frango assado e meteu no meu cu. Ele botava tudo até minha bunda bater na pélvis dele e tirava inteiro aqule pau de 20 e tantos cm. Eu gritava e sentia o ar frio entrar pelo entrar no meu cu arregaçado quando ele tirava pra fora. O guarda pediu pra eu mamar a rola dele também. Pôs o pau pela grade e eu chupei enquanto o negão batia com aqueles mãos enormes. Eu chorava e o sal das minhas lágrimas se misturou ao gosto da porra do guarda na minha garganta. O negão me pôs de pé, com a cara colada na grade e me enrabava no fundo com força e velocidade maior que antes. O guarda começou a me punhetar e meu pau começou a subir. Eu fiquei com muita raiva, eu não estava gostando!
_ Olha essa putinha, adora ser enrabada.
Todo mundo sorriu e eu me senti muito humilhado.
O boliva botou a faca no meu pescoço.
_Fala que você gosto viadinho.
_Eu gosto.
_Gosta de quê?
_ Eu gosto de ser enrabado.
O guarda começou a me punhetar mais forte e a força das estocadas do negão nã0 deixavam eu afastar da grade. O boliva me pôs de joelho de novo colado na grade mesmo, virou minha cara pro lado e começou a foder minha cara. Ele gozou litros na minha boca e ele tapou meu nariz até um engolir. O guarda não parava com a punheta e estava ficando difícil segurar. O negão me botou no chão tipo papai mamãe e estocava enquanto me punhetava. A verdade é que a essa altura já não doía mais muito e a punheta tava gostosa e tinha uma sensaçãozinha por dentro também. Com as estocadas mais lentas e fundas eu soltei. Gozei que a porra voou até minha boca. Gozei muito mesmo, melei minha barriga e meu peito todo. As contrações no pau se estenderam até o cu e apertaram o pau do negão que gritou e gozou com meu pau ainda leitando. Eu senti a porra dele me percorrer por dentro e escorrer pra fora. Eu não tinha mais forças e fiquei deitado no chão sobre uma poça de sêmen e sangue vendo os caras da cela do lado com os paus pingando porra. Logo depois o guarda disse que era hora do segundo banho pra todo mundo. O problema foi que ele liberou o pessoal das outras celas e deixou todo mundo comigo no chuveiro. Eles fizeram fila pra me fuder. Me puseram de 4 e um atrás do outro me fuderam e goram dentro de mim, como o guarda tinha mandado. No penúltimo, eu gozei sem tocar no pau, só das estocadas. O último foi o cozinheiro que preferiu deu leitinho na boca. Eles me deixaram largado no chão com o chuveiro ligado.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,56 de 32 votos)

# # #
Comente e avalie para incentivar o autor

13 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Portugativo ID:2ql03vzr9i

    Conto fantástico

  • Responder Estanislau ID:h480vgc424

    Vc gostou e gozou,agora mesmo que sair vai querer pica e leite na bunda

  • Responder Jacinto Leite Aquino Rego ID:yb04fy8kn

    Você é um viadinho e não sabia!

  • Responder Suelem, ID:830wyumt0bk

    Gostaria de um dia ser violentado na cadeia por vários caras
    Pra saber como e a sensação
    Qualquer coisa meu imail e esse
    [email protected]
    Quem quiser me satisfazer me diga

  • Responder Hahaha ID:46kq0orsk0k8

    Fodo passivo

    • passivo discreto de Recife ID:7r03u2g20i6

      Hahaha se você for de Recife, entre em contato. ptocuro machos ativos em Recife para mamar suas picas, adoraria estar no lugar do autor do conto, pois nunca particioei de suruba, tenho desejo de experimentar, ser o passivo para vários machos. [email protected]

  • Responder joaquim ID:hd34b7140q

    Gente sexo é bom nao tem nada a ver com laço familiar

  • Responder paulo cesar ID:8d5kxrq20jl

    tenho umcassete grande e grosso para todas.
    [email protected]

  • Responder harris oliveira ID:gsv51cqrji

    eu mesma fui enrabada sempre em saunas gays devido meu corpo ter traços muitos femininos sem pelos no corpo de nascimento adoro deixar eles loucos de tesao ao chegar viro de costas p/onde estao os comedores de plantao demoro muito p/guardar as roupas tiro a calcinha por ultimo p/eles verem a marquinhas da calcinha ao adentrar as salas de tv ja começam enconstar os paus ja duros da p/escolher qual vai ser o primeiro outros ja esperam so sair um e adentrar outros eu em sp..na sauna bras [email protected]

  • Responder fabiano24 ID:e9q2i8d9dl

    voçe tem arola grande e grossa

  • Responder Anonimo ID:8ds77kjoid7

    Pesado, mas gostoso.

    • Osvado ID:83101xtbm37

      Paulo Cesar, vem comer meu cuzinho

    • Kum ID:fuoopwwm0p

      Kum