Brincando com meninas! Arrombando rabinho de Amanda – parte I

Arrombando o RABINHO DE AMANDA!!!
Tive uma briga em casa, e resolvi sair um pouco para esfriar a cabeça. peguei o carro e fui para casa de minha tia que fica a 130 KM de Goiânia. Era fim de semana, cheguei já a noite, tomei banho,jantamos e conversamos um pouco e logo fui dormir. No dia seguinte levantei, tomei cafe e logo chega meu primo com sua esposa e seus dois filhos, um menino e uma menina, que vou chama-la de AMANDA, que por sinal é muito bonitinha,alta,falsa magra,bundinha durinha e já apontando seus pequenos seios.
Conversamos bastante, e decidi ir ate o rio me refrescar, logo ouvi a foz da menina “tio! posso ir com você! respondi! se seu pai deixar, pode sim. Os filhos de meu primo sempre me chamava de tio. Então sairmos eu e ela, ficamos conversando, ela era muito esperta conversadeira,brincalhona e muito sapeca. e nos divertimos bastante no rio e ja era hora de irmos almoçar, almoçamos e ficamos conversando um pouco mais.
Logo resolvi sair pra dar uma volta pela cidade, imediatamente ela disse, eu tambem vou, entramos no carro e fomos, perguntei a ela se já tinha namoradinho, se ja havia beijado na boca, coisa desse tipo, todos as perguntas era um sim como resposta. foi nesse momento que ela me falou!- eu sei que você não é meu tio e sim meu primo, não é, respondi que sim.
Parei o carro em uma sorveteria e comprei 2 potes de sorvete, e sairmos novamente, de repente ela se abaixou e falou! Nossa! é meu irmão, ele não pode me ver aqui. e era pra nos sairmos dali rapido para ele não nos ver. sai o mais rapido, e perguntei pra onde nos vamos, e ela, para um lugar tranquilo que eu conheço, fica perto daqui. então segui pra este lugar, durante o percurso, olhando pra ela,que estava com uma bermuda de tecido de malha bem fina e leve.
Comecei a passar a mão em suas pernas e cabelos, quando novamente passei a mão em sua coxa, ela abril as pernas de forma que dava pra ver sua calcinha e deixando eu pagar em sua xaninha. Changando no local, ela me pediu para entrar em uma estrada proximo a pista e logo chegamos, era um lugar isolado onde é muito dificil passar alguem. havia uma arvore grande e um tronco caido no chão, Descemos do carro e fomos para este tronco e sentamos.
Comecei a pegar no seu corpo inteiro, logo ela pega no meu pau e fala: eu sempre tive vontade de tocar em seu pinto. Ela chupando sorvete, peguei e passei no pau e coloquei ele na sua boca, sem pestanejar ela caiu boca . Ha! que boquinha quente, e como ela chupava gostoso. Falei pra ela mamar na cabecinha da rola e eu passando a mão na sua bocetinha.
Logo tirei sua bermuda e sua calcinha, e notei que ela tinha uma xaninha branquinha e rosada, deitei-a no tronco e comecei a chupar sua xoxotinha e senti que ela ja estava molhadinha e suculenta. Posicionei o dedo na sua grutinha e entrou um poco, pois ela era virgem, e pro isso não entrava. foi ai que ela me falou que não iria dar a bocetinha, pois tinha medo da mãe discubrir, e se eu quisesse ela iria me dar só o cuzinho, mas que era pra eu fazer com carinho, porque ela nunca tinha feito sexo.
Eu ja estava de pica dura e ela segurando, pedi pra ela ficar de quatro no tronco, e comecei a chupar seu cuzinho, depois enfiei um dedo, depois outro, massagiei bem seu rabinho e percebi que já estava na hora de enraba-la, pois ela gemia muito, posicionei o pau no seu burraquinho, segurei na sua cintura e fiu enterando o cacete devagarinho, ela gemendo e dizendo que estava doendo e me pedui pra enterar tudo, pois ela queria sentir todo meu pau no seu rabo.
Segurei-a com mais força e soquei de uma vez, ela começou a gritar e chorar e eu bombando,bombando mais rapido, e ouvindo seu gritos fui ficando com mais tesão e bombando cada vez mais rapido, foi quando ela se ergueu e eu senti que ela tinha gozado, passei a mão na sua xaninha que estava toda molhadinha. fiquei socando, socando no seu cuzinho e percebi que eu iria gozar, dei umas estocadas e segurei meu pau todo dentro de seu rabinho, enchendo ele de porra.
Tirei o pau de seu rabinho e coloquei na sua boca e ela limpou o cacete todinho, engolindo o resto de porra que havia no cacete e olhando para mim com aqueles olhinhos de menina safadinha. Ficamos mais um pouco, nos vestimos e fomos embora. No caminho de volta ela me dizia que estava feliz por ter feito sexo anal comigo e que fariamos outras vezes, pedi a ela que não comentasse com ninguem e ela me respondeu! ta ficando maluco já mais conto o que aconteceu.
Perguntei a ela se da proxima vez ela me daria sua bocetinha pra eu saborriar, e ela me disse que sim! de que maneira nos iriamos fazer?, eu disse que iria pensar num jeito para que isso acontecesse. terminou o fim de semana eu teve que vir embora, me despedi de todos, quando ia saindo ela veio e me disse baixo: estou te esperando para terminarmos nossa brincadeira ok.
tempos depois veio acontecer o que eu e ela estavamos esperando!!! mas isso eu conto em uma outra hora.
MENINAS, EU ADORO VER CONTOS OU FATOS VERIDICOS DE INCESTO OU TRANSA COM GAROTINHAS, VOU A LOUCURA COM ESTAS FANTASIAS: FILHA DANDO PARA O PAI,TIO COMENDO SOBRINHAS, ETC. ENTAO GOSTARIA QUE VOCÊ QUE É NOVINHA E JÁ TIVERAM OU NÃO, UM RELACIONAMENTO OU QUEIRA CONHECER, VAMOS BATER UM PAPO SAFADO, EU ADORARIA CONTAR OS MEUS E SABER O DE VOCÊ.
GOSTARIA DE UM PAPO SAFADINHO, MAS QUE SERA UM SEGREDO ENTRE NOS, VOCÊ PODE CHAMAR SUA IRMÃ,PRIMA,VIZINHA, QUEM QUISER MAS TEM QUE SER MENINAS E NOVINHAS, EU GOSTO MUITO NINFETINHAS SAFADINHAS E SAPECAS.
MEU APELIDO É “DINHO” ADORO MENININHAS COM BUCETINHAS PEQUENA E APERTADINHAS, QUE GOSTE DE COROA COMO EU, EU NÃO SO GOSTO DE PEITINHOS COMO ADORO UMA MENINA SAFADINHA SE EXPONDO PARA MIM, ENTRE EM CONTATO COMIGO:
Edinho45goiania@hotmail.com