# # #

Minha primeira vez

2352 palavras | 4 |4.50

Olá me chamo Gabriela, tenho 18 anos, 1,67.
Sou morena, peitos e bunda médios.
Moro em Friburgo, no Rio mas sempre vou passar as férias de fim de ano em Cabo Frio na casa da minha tia preferida, e foi lá onde tudo aconteceu.
Sempre fui muito curiosa com meu corpo e bem “safada” mas nunca deixei isso transparecer. Comecei a me masturbar quando tinha 12 anos e aquilo no início me deixava envergonhada comigo mesma, mas não conseguia parar se tornou um vício, um maravilhoso vício.
Quando eu tinha 15 anos, assim que as férias começaram eu fui para Cabo Frio ficar na casa dessa minha tia e passar cerca de um mês lá.
Essa tia, a Alice é casada com o Cláudio que é viúvo. Do casamento deles ela engravidou e teve a Anã que na época estava com 2 anos, porém ele já tinha dois filhos do outro casamento o Marcos na epoca com 17 e o Matheus na época com 20. Os dois eram lindos. Morenos, altos e mega simpáticos porém eu sempre fui muito mais ligada ao Matheus, o mais velho. Ele era mais brincalhão, uma verdadeira criançona enquanto o marcos era simpático porém muitoooo sério. Enfim.
Fui para lá e o Marcos tinha viajado com a Namorada para Campos então fiquei bastante tempo com o Matheus, ele surfava e e estava praticando para um torneio proximo, chegava em casa jogávamos vídeo game e assistiamos filmes até tarde. Eu estava lá a uns dois dias quando em uma das noites estávamos jantando e o meu tio recebeu um telefonema de um irmão dele de Espírito santo que disse que a mãe deles foi enternada. No mesmo dia minha tia e ele arrumaram as coisas no carro pois partiriam para lá no outro dia de manhã e marcaram de ficar lá no mínimo uma semana…
Isso queria dizer que eu ficaria uma semana sozinha lá com o Matheus já que ele decidiu não ir, devido aos treinos . Sempre tive uma relacao otima com o matheus, jogavamos, brincavamos, nos xingavamos e eu ficava muito a vontade com isso. “Opa”, logo pensei, o Matheus sempre me deu condição, sempre jogou piadinhas e eu era total a favor de ficar com ele. Então, na hora pensei: “Minha meta para o fim desse ano será ficar com ele”
No outro dia acordei e fui tomar café, ele ainda estava dormindo então decidi fazer uma coisa que eu fazia muito, ir acordar ele com um susto, abri a porta do quarto, e me joguei em cima dele na cama, ele acordou, riu e levantou. Estava só de cueca e aquilo me deixou a maravilhada. Ele estava bronzeado e aquele corpo maravilhosoooooooooo. Não pude deixar de notar que ele estava de pau duro, o normal “tesao de mijo”( kkk) EE, meu Deus, olhei disfarçadamente para a cueca e vi um pau ENOOORME pedindo passagem. Eu era amiga de uma das ex dele e ela sempre me falou que ele tinha um pau enorme, mas nunca tinha pensado naquilo. Até aquela hora.
Conversamos um pouco pela manha e ele disse que teria que sair com uns amigos mas que voltaria cedo e marcamos de alugar uns filmes e comer pizza. E assim foi feito.
Como eu estava querendo ficar com ele armei de alugar uns filmes meio comédia, uma coisa tipo comédia picante e quando chegamos em casa tomei banho, coloquei meu pijama, coloquei o filme e o esperei, quando ele voltou estava com um daqueles shorts de dormir. Colocamos um colchão de casal no chão, e ligamos o ar. O primeiro filme serviu para conversamos, era o show de vizinha, uma comédia romântica meio safada. Conversamos sobre as ex dele, minha virgindade, camisinha entre outras coisas, ele me deu leve cantarinhas e eu as retribui levemente. Alguns filmes depois, cerca de 3:30 da manhã percebi que ele estava dormindo, desliguei a TV e o ar, já estava bem gelado, liguei o ventilador para não ficar abafado e quando estava indo para o meu quarto decidi dormir ali mesmo.
Quando acordei ele ainda estava dormindo, peguei meu celular e comecei a conversar por SMS com uma amiga e ele acordou, olhou para mim e perguntou
– Dormiu aqui é?
Eu só gesticulei dizendo que sim.
E ele perguntou
-Vai dormir comigo e deixar passar só por isso?
Assim que eu o olhei ele pegou em minha nuca e me beijou, correspondia na hora. Que beijo maravilhoso, ele começou suave e depois faminto eu arranhava as costas dele e o puxava pelo cabelo e ele me trazia para perto, aquele beijo me arrepiou e me deixou completamente hipnotizada. Fomos nos afastando aos poucos .
Ele olhou para mim e sorriu, sorri de volta e perguntei
– O que foi isso?
Ele respondeu
– Já estava querendo isso a tempos, você sabe disso…
Eu o olhei com cara de certeza, estava tarde, era mais de meio dia e ele teria que ir praticar surf com uns amigos. Fiquei a tarde toda pensando que queria ficar mais com ele e quando ele chegou a noite me deu um beijo, um selinho e falou que ia para o banho, eu to meio sem graça e ele foi.
Ele deixou a porta meio aberta e não sei o que me deu na hora, que enquanto ele estava no banho entrei no banheiro derrepente e falei
-Não ligue para mim, só vim buscar meu celular que deixei carregando aqui
Matheus: Kkkkkkkk, não faz mal, se quiser se juntar a mim melhor ainda
Nessa hora morri de vergonha, mas respondi
Eu: kkkkkkkk, já estou de saída.
Fui no banheiro do quarto da minha tia, tomei um mega banho, e um pijama de seda, mega curto, uma mini calcinha e nada de sutiã. Minha intenção não era transar, só provocar.
Quando cheguei no quarto, ele já tinha colocado um dos filmes que tínhamos alugado, me chamou para deitar, estava só de cueca. Eu fiquei gelada na hora.
O filme falava sobre masturbaçao e eu abertamente fui e falei
– Até parece que é fácil assim uma mulher gozar com masturbação. Bom, pelo menos para mim não.
Ele: -Você se masturba? -me olhou com uma cara safada e curiosa- que legal.
Eu: -Sim
Ele- Talvez não esteja fazendo certo
Nesse momento, estávamos deitados de costas olhando para a TV na parede, ele se virou e me beijou e começou a me acariciar… As mãos dele foram descendo e deslizando pelo meu bumbum até chegar na minha vizinha, ele acariciou durante um tempo e depois desceu passando a mão pela minha buceta por cima do short. Ele parou, olhou para minha face procurando alguma expressão, eu o retribui o olhar com um sorriso e o puxei para um beijo mais quente, mais ardente, então ele le começou a me beijar e me masturbar passando o dedo pelo meu grelo. Eu já estava toda molhada, não precisou de esforço algum, ele forçou o dedo pela entrada da minha vagina e o pressionou. Doeu, e eu “truquei” o corpo, ele parou, beijou minha testa e me disse:
-Não vou te forçar a nada, se você quiser pode acontecer de tudo, mas se não quiser não vai acontecer nada.
E naquela altura, ele mal tinha feito algo e eu já estava exitada, eu só o olhei e falei para ele fazer o que tivesse que ser feito, mas morria de vergonha por dentro.
Ele levantou minha blusa e começou a me mamar, e ele fazia aquilo de uma forma tão perfeita, começou a me acariciar, tirou a minha blusa e ficou por cima de mim, segurou minhas costas e me levantou, estava sentada no colchão e encostada na parede, fascinada com aqueles músculos. Me senti muito parada então comecei o acariciar, descendo as maos aos poucos até chegar ao seu pau, o apertei delicadamente e percebi que dentro daquela cueca ele já estava endurecendo.
Ele me olhou e riu, me deitou novamente e tirou meu short, passou a língua pela minha calcinha, acariciou e depois de um tempo a tirou. Eu estava explodindo de tesão, com aquele garoto maravilhoso trabalhando maravilhosamente na minha buceta, quando ele caiu de boca com tudo, me chupava com gosto, faminto como se nunca tivesse visto uma buceta antes e eu gemia de prazer, queria gemer baixo e não conseguia, quase gritava de tão bom que estava aquilo, depois de alguns minutos eu decidi que era minha vez, o empurrei e o deitei, tirei a cueca dele e MEU DEUS QUE PAU GRANDE, e era realmente grande, principalmente para eu que era virgem. Imaginei “se ele for me comer estou fodida”. Não perdi tempo com pensamentos, abocanhei. Era meu primeiro boquete e eu estava me sentindo muito a vontade, como se já tivesse feito aquilo milhares de vezes. Tomei bastante cuidado com os dentes e tentei o engolir mas era grande demais para minha boca, lambia, e sugava, brincava com os testiculos e ouvia ele sussurrando para não parar, que estava muito bom, e que eu fazia aquilo como uma experiente. Fiquei muito feliz em ouvir aquilo, claro. Ele me parou, me beijou e falou que queria me dar prazer também, então me direcionou para um 69 e lá fomos nós. Eu estava me sentindo nas nuvens, não conseguia chupar sentindo tanto prazer. Já havia visto muitos vídeos pornôs, de sexo oral, e o que fazer na hora de um boquete, então fui sugando, lambendo e ele falava para mim que se soubesse que isso seria tão bon teria feito a mais tempo, que sempre imaginou isso mas jamais achou que eu toparia. E eu dizia que eu já estava maluca para aquilo faz tempo. Estava me sentindo profissional quando ele me pegou e me virou, ficou por cima de mim, me beijou e me perguntou ” você quer passar desse ponto?”
Eu não tive dúvidas, e respondi na hora.
-Eu estou doida para isso.
Ele se posissionou por cima de mim, o pau dele estava extremamente duro. Eu estava pingando de molhada então ele disse
-Parece que a entrada não vai ser tão difícil
Eu: – com a chupada que você me deu também, ne?
Ele: e eu queria poder fazer isso a noite toda, toda vez que íamos a praia e eu te via só conseguia imaginar o quão gostosa você era, to amando ver e sentir isso acontecer.
Eu: não sei por que não disse isso antes. Faremos assim, hoje eu sou a sua aluna
Ele riu, e abriu minhas pernas e foi colocando o pau com calma, com calma, tirou e penetrou os dedos, um, dois e começou a socar os dedos doeu, admito mas eu estava com tanto tesão que na hora só sabia gemer virei para ele com a pior cara de puta que pude achar e falei “Dedo eu não quero”
Nessa hora ele encaixou a cabecinha na entrada, olhou para mim e falou ” não brinca comigo garota, agora vamos fazer de você uma safada completa, minha aluninha?”
E empurrou, ele empurrou de vagar mais senti minha buceta rasgando, dei uns gritinhos de dor mas uma dor gostosa que eu sentiria milhares de vezes se fosse necessário. Ele foi fazendo movimentos de entra e sai, mais rápido, e mais rápido e eu gemia e gritava enquanto ele apertava os meia peitos e me beijava. Me colocou de lado e foi fazendo o mesmo, só que com mais força e mesmo doendo eu pedia mais e mais o prazer ganhava a dor de uma forma anormal e ele transação como um anjo. Me colocou por cima dele e falou, “vamos cavalgar, Gabi? Não se preocupa, vou te ensinar tudinho” eu o via fazer uma cara de prazer enorme e aos poucos soltar gemidinhas, e eu adorando aquilo, a melhor posição, ele brincava com meu grelo e eu faltava pouco babar. Então por último ele me colocou de quarto, ajuelhou no colchão e começou a socar e eu maluca de prazer chamava ele de primo tarado e cavalo e ele dizia que eu era a prima putinha, que estava deixando ele doido, pedi para ele bater na minha bunda e nessa hora ele me deu um tapae puxou o meu cabelo. Me disse que eu era uma aluna que aprendia rápido, e eu meia desajeitada rebolava na pica dele em uma transa maravilhosa, ele parecia não gozar nunca e eu agradecia por isso, minhas pernas e braços já estavam bambos eu estava suada e podia sentir que ele um pouco também quando ele falou “vira para eu gozar nesses seus peitinhos, vira cachorra” e eu disse, que tinha uma ideia melhor e comecei a mamar ele e pouco tempo depois ele gozou muitooo na minha boca, não consegui engolir tudo pois era muita porra, ele deitou e eu deitei do lado, limpando meu rosto com uma blusa que estava próxima e antes dele perguntar eu virei e falei que tinha sido maravilhoso e ele concordou dizendo que tinha amado, e que eu era uma tesuda natural, que nem precisei transar antes para aprender a satisfazer. Falou que eu já havia começado por cima. E eu disse que tinha tudo um bom professor… Estava doida mas aquilo era o que menos importava.
Fomos para uma ducha quente, e com isso, mais uma transa maravilhosa e foi assim até meus tios chegarem de viagem. E agora todo feriado que vou lá ou ele vem aqui já tenho o que fazer, pois até hoje sou a putinha dele e ele meu cavalo.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,50 de 6 votos)

# # #
Comente e avalie para incentivar o autor

4 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Leonardo ID:gqbofte41

    Oi linda sou seu vizinho moro em Terê e adoraria trocar experiências com vc meu e-mail é [email protected]
    Me manda um contato seu

  • Responder Anônimo ID:2xbuy5nnoid

    Tenho quase mil videos de mulheres com animais, cachorro, cavalo etc. Gostaria de compartilhar com quem realmente gosta e quem sabe encontrar uma mulher que tope algo real. contato via skype: homem.solteiro.udi

    • Antonio_carlos8899 meu in ID:2qln3ezra

      Envia uns pra mim [email protected]

  • Responder Vanclecio Sena ID:2xbuy5nnoid

    Fiquei de pau duro Gabi com seu conto.. Me add no face pra gente trocar historias… Bjus