Aventura Com Minha Putinha Parte 2

No primeiro conto que enviei, AVENTURA COM MINHA PUTINHA, relatei como conheci pessoalmente minha putinha e a noite deliciosa que tivemos.
No dia seguinte, acordamos, tomamos café e Nel, me levou para conhecer a cidade, mostrar os lugares, fomos almoçar, ficamos praticamente o dia todo fora, no final da tarde, voltamos pro hotel, descansamos um pouco, transamos mais, e nos aprontamos para irmos novamente à festa que estava acontecendo.
No camarote, ela me apresentou outras pessoas, e ficamos batendo papo, curtindo o show, mas, eu queria mesmo era voltar pro hotel para ficarmos só nos dois e meter muito com minha putinha. Eu conversava com algumas pessoas, quando ela me chamou, para conhecer uma amiga que acabara de chegar. Fui em sua direção e pude perceber a amiga dela, muito gostosa, com uma saia curta, lindas coxas, um sorriso lindo, um pouco mais alta que Nel. Me aproximei, ela me apresentou.

– Essa é a Rose, uma amiga especial.
-Prazer Rose, coloquei a mão na cintura dela, beijei o rosto e pude sentir seu perfume delicioso.

-A Nel fala muito de vc,
-Espero que bem…rss
Ela sorriu, Nel me abraçou e disse:

– Claro que falo bem de vc….

Nel beijou meu pescoço, eu olhando Rose, e disse no meu ouvido:

-Lembra que disse pra vc que iria te dar um presente, então, “ela” é seu presente.

Olhei pra ela, ela sorriu e me beijou, abaixando a mão e apertando meu pau, que a essa altura já estava duro, olhou e disse:

-Tudo isso é vontade?…..rssss
Rose se aproximou, dizendo:

-Posso saber o que estão cochichando:

Nel olhou pra ela e disse:

Estou dizendo a ele que vc é o presente que prometi.

Rose olhou, sorriu, e falou:

-Gostou do presente:….rsssss

Discretamente abracei Rose, puxando seu corpo e falei:

-Adorei, não vejo a hora de abrir meu presente.

Rose discretamente colocou a mão no meu pau e disse:

-A hora que vc quiser…

Olhei para Nel, ela disse:

-Então vamos saindo para que ninguém perceba

Saímos eu e Nel na frente, e Rose veio logo em seguida. Entramos no carro, Nel dirigindo, Rose sentou na frente e eu no banco traseiro, mas já me colocando entre os bancos pra poder tocar minhas duas delicias. Coloquei a mão nas pernas de Nel, e Rose se virou e começou a alisar meu pau, muito duro, ela abriu a calça, tirou ele pra fora e começou a punhetar, dizendo pra Nel:

– Nossa é melhor do que vc havia me dito….rsssss

Eu alisando as coxas de Nel, subindo até sua bucetinha, já toda molhada. Percebi que não estávamos indo pro hotel, então quiz saber pra onde estávamos indo, Rose disse:

-Estamos indo pra minha casa, lá é bem mais sossegado, não tem ninguém.

Rose não aguentou, pulou para o banco de tras e caiu de boca no meu pau, chupando todo muito gostoso, engolindo, uma delicia de boca como eu imaginava, sugando gostoso, Nel começou a reclamar que não estava gostando pois estava sozinha na frente……..rsss
Logo chegamos à casa de Rose, entramos logo, e já fui tirando a roupa de Nel, não podeia deixá-la passar vontade, afinal ela é minha putinha safada, joguei ela na cama e cai de boca na buceta deliciosa dela, toda lambuzada, babando de tesão, seu grelão enorme, suguei com força, fazendo ela gemer, quando fui puxado por Rose, já toda nua, que beijou minha boca, mandou eu sentar na cadeira eu só ficar olhando. Protestei pois queria estar no meio das duas, Nel disse:

-Agora vc só vai olhar,e puxando Rose, segurou sua cabeça beijando sua boca, aquela cena me deixou louco de tesão, então Rode deitou Nel e começou a chupar sua buceta deliciosa, metendo a lingua nela toda, Nel gemia se contorcia, olhou pra minha cara e falou:

– Olha meu macho gostoso, olha como ela chupa gostoso minha buceta, olha sua putinha sendo chupada por outra puta……

Rose olhou pra ela e disse:

-Puta bem safada, toda pra vcs dois

Não aguentei e leventei fui pra perto de Nel, ela seguro meu pau, me puxou e começou a chupar todo, gemendo, sendo chupada pela puta safada. Rose se levantou e encaichou a buceta na da Nel e começarama a roçar, esfregando toda, as duas putas safadas, gemendo muito. Tirei o pau da boca da minha putinha e cai de boca nas duas bucetas, metendo a lingua no meio delas, sentindo as duas bucetas.
Coloquei Rose de 4 e comecei a chupar sua buceta por tras, uma buceta deliciosa, um grelo não muito grande, mas delicioso, e ela chupando a buceta de Nel. Então mandei Nel ficar de 4 e disse:

-Rose, chupa o cuzinho dela, ela adora……

Rose meteu a lingua no cuzinho da minha putinha, ela gemia, subia e descia a lingua, na buceta e no cuzinho. Me coloquei por tras de Rose, esfreguei meu pau na sua buceta, encaixei e soquei todo de uma vez, fazendo ela soltar um grito, comecei a socar com força, metendo todo na buceta dela, ela chupando o cuzinho da minha putinha que gemia muito. Rose começou a gemer mais alto, tremer, percebi que estava para gozar, então mandei Nel entrar p9r baixo e chupar a buceta de Rose, ela deitou e meteu a linuga na buceta deliciosa dela, lambendo meu pau toda vez que eu tirava, Rose chupando a buceta da minha putinha, começou a gozar, segurei ela com força e meti tudo na buceta dela, socando fundo, sentindo ela gozar, ela gritava, gemia, xingava:

-Vai, soca tudoooo…..aiii que deliciaaaaaa…………isso putinha chupa meu greloooo……..ahhhhh.deliciaaaaaaaaaa

Ela caiu e deitou, Nel se virou e começou a chupar meu pau, engolindo todo, lambia, engolia, chupava as bolas. Mandei que parasse pois queria meter na buceta dela. Peguei a bolsa, e tirei um consolo que Nel havia trazido, Rose olhando peguntou:

– Hummm…..pra quem é isso?……rssss

-É pra vc socar na buceta da minha putinha, respondi, pois vamos fazer ela gozar muito gostoso. Coloquei Nele 4e pedi que Rose, ficasse por baixo, ela deitou e começou a chupar a buceta da minha putinha gostosa, que me olhou e disse:

-Vai meu macho gostoso, mete, mete com força na sua putinha, mete meu macho

Esfreguei meu pau na sua buceta e meti todo de uma vez, fazendo ela gritar, e xingar, mandei que ela chupasse a buceta de Rose, ela meteu a lingua no grelo, metendo os dedos na buceta de Rose que gemia. Tirei meu pau da buceta e mandei que Rose metesse o consolo nela, Rose chupou e começou a meter na buceta da minha putinha, que gemia, chupando a buceta da amiga.
Segurei minha putinha pela cintura, esfreguei meu pau no seu cuzinho e comecei a forçar, até entrar a cabeça, Ela tentou sair, mas segurei com força e empurrei meu pau no cuzinho dela, sentindo ele engolir todo. Ela gemia, gritava, xingava:

-Vai cachorro, mete na sua putinha, vai soca putooooooo…..mete tudooooooooo

Segurando ela com força meti todo meu pau no cuzinho, socando sem dó, tirando e metendo meu pau todo no, e Rose socando o consolo na sua buceta, chupando seu grelão. Nel começou a gozar, gritando muito pedindo:

-Mete, mete tudo, vai..meteeeeeeee……….deliciaaaaaaaaaaaaaaa

Nel gozou, e caiu na cama, puxei Rose e soquei meu pau na sua boca, segurando sua cabeça com força e metendo todo na boca, Nel olhava e mandava:

-Vai me macho goza na boca desse puta safada, enche a boca dela de porra…..

Meti e tirei da boca de Rose, socando fundo, gozei, enchendo sua boca de porra, ela engolindo, deixando escorrer pelo canto da boca, sugando meu pau, deixando todo limpo. Caimos os tres na cama e adormecemos.
Na manhã seguinte, acodei, que as duas não estavam na cama, sai para procurá-las, e vi as duas na piscina, tomando sol peladas, pois a casa era bem isolada. Juntei-me à elas e começamos nova rodade de sacanagens, mas isso conto em outra oportunidade.
Espero que tenham gostado.

cinquentaocareca@hotmail.com