# # #

A Academia transformou a minha vida “Para melhor”

1338 palavras | 1 |3.57

Ola amigos admiradores dos contos eróticos, primeiro tenho que confessar que não sei o motivo mais eu sentia tesão em ver um homem pelado, sempre pratiquei esportes futebol,corrida, e sempre que ia tomar banho ficava olhando as rolas dos amigos, sempre discretamente, bem porque a minha rola e pequena e eu via umas bem maiores que a minha, e acabava ficando exitado, mais só mesmo uma vez eu tive contato com um cara que era Gay, onde ele me chupou e eu meti nele, sou casado, minha esposa e uma pessoa legal, gosto muito dela, ela costuma chupar meu pau, e passa a linguá no meu cu, que eu adoro, ate o dedo ela coloca, e ela gosta de fazer isso e muito bom.

Mais o que vou contar agora e o que aconteceu, passei a frequentar uma academia de alteres, levantamento de peso, onde conheci o Valter um cara legal, moreno, bem forte, tem uns braços grossos, ficou meu amigo, saímos muito juntos, ele e solteiro, e caseiro numa casa que aluga para festas, com piscina, muito legal, um dia seu aniversario resolveu fazer um churrasco só com os amigos mais chegados, não foi muita gente umas vintes pessoas, bebemos comemos, esta muito boa a brincadeira, lá por volta de uma 19 horas muita gente já havia ido embora, no final acabou ficando só eu e ele, que fiquei para ajuda-lo na limpeza da casa, terminamos ele resolveu tomar um banho de piscina, só que tirou a roupa ficou pelado, ele tem uma rola grossa, 19 cm mais grossa, eu também acabei tirando a sunga, meio envergonhado pois meu pau e pequeno, eu tenho um corpo bonito uma bunda bem redondinha durinha carnuda, pois trabalho bem o bum bum, só mesmo o pinto que e pequeno, ficamos na piscina os dois pelados, teve uma hora que ele se encostou em mim, eu fiquei quieto não reclamei nada, aconteceu de novo, só que desta vez ele passou a mão no meu pau, eu deixei, notei que ele estava de rola dura e que rola acabei ficando também com a rola dura, ele sem eu esperar veio e começou a batendo uma punheta para mim, e não demorou começou a chupar minha rola, me deitou na beira da piscina e chupava meu pau e passou a enfiar a linguá no meu cu, nossa que delicia, acabamos fazendo um 69, eu gozei na boca dele e ele acabou gozando na minha boca, eu cuspi foi a primeira vez que faziam isso comigo, ele tomou meu leitinho, já no vestiário eu tentei passar a mão na bunda dele ele então disse que não curtia penetração só gostava de chupar, mais perguntou se eu gostava eu respondi que não tinha ainda sido penetrado e ele veio com jeitinho me debruçou num banco e passou sabonete e começou a tentar me penetrar, nossa doeu muito ardeu, mas acabei deixando ele colocar tudo, nossa o tesão foi maior que a dor, meteu muito no meu cu, depois deste dia metemos varias vezes, fiquei viciado, só não achava junto eu estar traindo minha esposa com um outro homem, ficava chateado, o Valdir ia em casa a gente saia junto, como eu disse minha esposa e muito gostosa, loira bronzeada, pernas grossas uma bunda carnuda saliente, uma delicia, e que por sinal adora dar a bunda.
Um belo dia eu e o Valdir metendo, ele com a rola todinha na minha bunda, falou a sua esposa também deve ter uma bunda gostosa, ela curti anal, eu respondi que sim, ele então disse já pensou a minha rola todinha na bunda dela, eu disse a ele tu e louco ela me mata se souber o que faço, mais ele perguntou mais você deixaria em meter com ela, eu respondi sei lá cara, e neste dia ele judiou da minha bunda e eu gozei que nem louco, na hora de ir embora ele me disse pensa na quilo, só sei que ficou mesmo na minha cabeça, e ate não achava impossível, se eu poderia porque ela não, mais foi passando.

Quando foi um dia eu transando com minha esposa ela me chupando, eu acabei falando a ela que o Valdir tinha uma rola grossa, ela disse e mesmo, e como você sabe disso, eu respondi a gente toma banho junto na academia, ela então começou a massagear o meu cuzinho e me perguntou e você nunca deixou o sabonete cair não, e enfiou o dedo, nossa, eu então respondi ainda não, você e que e um cara de sorte, eu perguntei porque sorte, pode ver de perto uma rola grande, dura, e disse mais eu não tenho esta sorte, eu então perguntei porque você gostaria de ver outra rola, ela disse porque não, então eu respondi você acha que o cara vai só mostrar a rola para você ele vai querer e comer sua boceta e seu cu também, ela riu e me respondeu assim seria ate melhor, eu brincando disse e sua puta quer dar esta boceta para outro foder né, se você deixar quem sabe eu ate aceito dar para seu amigo Valdir, nossa aquilo me deu um tesão tão grande que comecei bombando forte, ela então começou isso fode sua putinha fode seu corno, nossa acabamos gozando que nem loucos.

No dia seguinte na hora do almoço em conversa ela perguntou então aquela conversa de ontem vai acontecer, ou é só fantasia mesmo, eu perguntei você vai querer mesmo, olha que o Valdir tem a rola grossa e grande, e adora um cu, vai te arrombar todinha, ela me respondeu eu topo, assim eu acabei marcando em ir na casa do Valdir, não avisei nada que iria levar minha esposa, quando cheguei lá ele se assustou, ela vestida bem provocante, entramos, eu apresentei ele a ela, e ficamos conversando, eu levei umas bebidas minha esposa adora uma bebidinha forte com Coca cola, o Valdir deu uma saidinha eu comecei a beijar minha esposa e acabei perguntando vai querer mesmo, ela respondeu que sim então comecei tirando a roupa dela, deixei ela de calcinha, quando o Valdir viu veio junto, eu me abaixei e comecei a chupar a rola dele, eu então mandei minha esposa chupar também, ai começou o Valdir chupando a boceta dela, uma loucura, quando ele começou a penetrar colocar na boceta dela, nossa ela gemia muito se arreganhou todinha para receber aquela rola lá dentro, nossa foi ate o saco, ficaram um bom tempo metendo, ate que ele gozou encheu a boceta dela de porra, nossa quando ele tirou de dentro a rola toda melada eu chupei gostoso a rola e a boceta também foi a primeira vez que acabei tomando o leitinho dele, descansamos um pouco trocamos umas ideias, mais o que o Valdir queria mesmo era comer o cu dela, pegou um lubrificante e bem devagarinho foi introduzindo aquela rola todinha na bunda dela nossa ela rebolava, gritava, gemia, ate chorar de dor e de prazer, nossa meteu muito mesmo, ela chegou ate desfalecer de tanto prazer, foi uma noite maravilhosa, uma delicia, no caminho de casa ela me agradeceu pelo prazer oferecido e disse que na próxima vez iria querer ver ele metendo na minha bunda, nossa isso foi maravilhoso, o Valdir metia em mim e nela , coisa de louco , ficamos amantes metíamos quasse todas as semanas, um dia o patrão dele nos pegou no flagra, metendo, os três, o patrão dele um senhor de uns 55 anos mais muito simpático bonitão, que depois ficamos conversando e acabamos metendo com ele também mais isto eu conto numa próxima vez, como tudo aconteceu, e convencer minha esposa aceitar. espero que tenham gostado.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,57 de 7 votos)

# # #
Comente e avalie para incentivar o autor

1 comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder passivo discreto de Recife ID:3vi1xba6v9k2

    eu gostaria de mamar a pica do Valdir e do patrão dele e dar o cu para os dois [email protected]