# # #

Minha Enteada Fez Xixi Na Cama 2

492 palavras | 6 |4.10

Conto 1 – No outro dia depois do almoço, assim que mãe dela saiu para a casa de uma vizinha ela veio conversar comigo:
– Deixa eu te perguntar uma coisa: que horas eu cheguei ontem?
– Era bem mais de 2 da manhã.
– Nossa não me lembro de quase nada, nem me lembro de ter trocado de roupa.
– Na verdade… eu tive que trocar sua roupa, pois você desmaiou na cama e se sua mãe visse você de vestido de festa mataria nos dois né?
– Ai que vergonha de saber que fiquei só de calcinha na sua frente.
– Bem… “infelizmente” eu tive que tirar sua roupa toda, pois quando você dormiu você acabou fazendo xixi na cama.
– QUE HORROR. Não acredito nisso.
– É verdade, ou eu fazia isso ou sua mãe descobria que você foi à festa.
– Verdade. Mas… assim… a luz estava apagada quando você tirou minha roupa né?
– Claro que não, como eu iria ver o que estava fazendo no escuro?
– Que vergonha.
– Vergonha de que? Foi por uma boa causa e você é super linda menina.
– A para né? Linda onde? Não tenho peitos, nem bunda, uso aparelho e ainda sou super tímida. o que tem de lindo nisso?
– Olha não é só porque eu sou seu padrasto que vou dizer isso. Mas você é a garota mais linda que eu conheço.
– Não precisa menti, eu sei que não sou.
– Menina você deve ser cega. Eu já te achava linda, mas depois de te ver ontem, te acho fantástica.
– Exagerado. O que você viu de mais ontem?
– Vi uma menina com um rosto angelical, uma boca deliciosa, dois seios lindos, uma barriguinha sexy, duas coxas maravilhosas. Sem falar em certas partes né?
– Partes? Que partes?
– Você tem um bumbum redondinho do tamanho que todo homem gosta de apertar e sua xaninha é uma delicia, tem um pouquinho de pelos, é bem fechadinha e com a testinha bem estufadinha.
– Vo-vo-voce acha isso tudo de mim mesmo?
– Claro e muito mais.
– Gostei de saber que alguém me admira. Alias gostei de ter essa conversa com você.
– Eu também.
– Vamos continuar essa conversa depois, pois a mamãe deve voltar daqui a pouco, enquanto isso vou tomar um banho. To sentindo um “calor” danado.
– Claro meu amor, antes me da um beijo aqui.
Ela beijou meu rosto enquanto eu deslizava minha mão pela sua cintura ate seu bumbum. Dei uma apertadinha e disse:
– Não esquece de lavar a pintinha que você tem no bumbum, vi ela ontem e achei linda.
Ela olhou pra mim, com um olhar de surpresa, afinal a pinta dela fica bem pertinho do cuzinho dela.
– Pode deixar vou lavar sim. rsrs
Ela foi se lavar. Alguns minutos depois a mãe dela chegou. Arrastei ela para o quarto pra poder descarregar aquele tesão imenso que a filhinha dela tinha provocado.
Continua…
Embora seja fictício, espero que tenham gostado.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,10 de 30 votos)

# # #

6 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder barbosinha

    Muito bom pra? ??

  • Responder pal de mel

    Gostei do conto. Muito excitante.

    Quem quizer chamar no zap 993400392 chamem ai. .. quem tiver grupo de sacanagem pode colocar tbm

  • Responder tbm curto

    qm quiser compartilhar, conversar ou trocar material desse tipo de assunto me add ai no meu skiep: [email protected]
    vc nao se arrempendera e nao aos curiosos!!!

  • Responder pequena

    Pf moço pt 3

  • Responder reinaldo

    cd a parte 3

  • Responder Nunu

    Gostei, conta a parte 3 logo….