# #

Minha mãe me fez ser uma menina

1479 palavras | 16 |4.10

ola pessoal meu nome é kleber tenho 24 anos mas o que vou contar aconteceu comigo quando eu tinha 9 anos meu pai tinha acabado de falecer e como eramos somente eu e minha mãe e ela precisava trabalhar pra colocar comida na mesa eu vendia trufas para ajudala na renda de casa ela quem fazia as trufas logico minha mãe sendo uma garotona linda de ainda seus 23 anos naquele tempo começou a se vender pra conseguir um dinheiro extra mas mesmo assim o salario não ajudava muito . uma certa vez minha mãe convidou dr. joão pra vir até em casa era um dos programas dela mas como eu estva de ferias pude velo chegar tarde pois sempre dormia tarde nas ferias fiquei encomodado pois seu jpão na tirava os olhos de mim ele na verdade era que cafetinava minha mãe
minha mãe me chamou e disse kleber vem aqui um pouquinho eu fui ver o que ela queria e novamente seu joão me mediu de cima abaixo e minha mãe me disse o seu joão quer lhe conhecer e ela nos apresentou eu quanse não falava nada mas minha mãe me disse seja educado com ele filho eu imediatamente apertei sua mão e falei prazer em conhecelo senhor joão ele imediatamente me disse o prazer é todo meu fui para meu quarto e derenpente ouço minha mãe gemendo alto na casa pensei que ele estivesse a machucando e corri pra ver mas ele estava transando com ela eu cheguei perto pois não sabia o que era aquilo e perguntei a minha mãe .
mãe por que você esta gritando esse senhor esta te machucando ela de imediato disse sai daqui filho você não pode ver isto mas eu permaneci la foi quando seu joão disse a minha mãe sabe elena voce deveria ganhar um dinheiro com esse garoto pois ele tem um geitinho bem afeminado e conheço pessoas que pariam muito por ele . minha mãe respondeu muito quanto . ele de imediato respondeu haaaa a dobro do dobro do que voce ganha minha mãe ficou me olhando e ficou quieta poralguns segundos e eu nem sabia o que tava acontecendo mas só ouvia foi quando minha mãe falou ta bem pode marcar um dia com ele que eu topo na hora fui para meu quarto e nem sabia o que era aquele assunto . foi quando seu joão foi embora e minha mãe veio até meu quarto e me disse filho a gente ta passando por alguns problemas com dinheiro e você vai fazer umas coisinhas pra me ajudar ta bem eu disse na hora tudo bem mamãe e ela soriu e foi pro quarto dela trez dias depois avia alguns garotos de seus treze anos em nossa casa
minha mãe atende e se surpreende com os garotos pois ela achava que era trabalho pra ela mas na verdade era pra mim e eles ja falaram na hora o senhor joão falou que tinha um garoto que fazia uns trabanhos aqui então viemos por conta dele minha mãe mandou eles sentarem e veio até mim e me disse kleber tome um bom banho e lave bem o bumbum principalmente o cu ta bem eu disse tudo bem mamãe mas não entendi nada
quando menos espero ela disse hoje é seu primeiro dia de trabalho ta bem você faça tudo que os meninos te pedirem e minha mãe falou a eles sobre minha inesperiencia um deles não gostou muito do papo pois achava que eu ja era do ramo e disse pra ela eu paguei e vou comelo sem dó num quero nem saber se ele tem experiancia ou não
eles entraram no quarto de hospedes e minha mãe veio até mim com um conjunto cor de rosa que eu odiei e falei pra minha mãe isso aqui é rosa é de menina mãe minha mãe me pegou brava pelo braço vestiu em mim a roupa e foi dizendo a partir de hoje é isso que você é uma menina minha menininha eu descordei um pouco e ela falou brava vai la agora no quarto de hospedes e tudo que eles te pedirem você faz ta bem anda logo vai la . quando cheguei no quarto me disseram até que enfim quase desistimos ja mas o outro disse olha como a frutinha é bonitinha pessoal vamos começar então e todos tiraram pra fora seus paus e me disseram chupa aqui viadinho e anda logo na hora me lembrei do que minha mãe falou sobre obedecelos e fui até eles e comecei a chupalo logo ele gozou na minha boca e me obrigou a engolir nisso o outro manda eu tirar a roupa eu pergunto por que ele ri mas fala outra vez tira roupa logo tirei a roupa e logo eles arrumaram um travesseiro e me colocaram nele de bunda pra cima e em cima desse travesseiro vi que minha bunda ficou mais empeinada na hora um deles veio atras de mim abriu minha bundinha e colou a ponta gelada do seu pau na minha bundinha foi quando eu falei ei perai num faz isso não e ele me respondeu eu paguei pra isso como não vou fazer e então ele colocou a cabeça de seu pau em mim o que doeu demais e quanto mais eu sacudia mais ele empurava foi quando sinto sua coxa encostar na minha bunda tava doendo muito ele tirou e o outro ja colocou sem dó sentia uma liquido em mim que era o gozo deles quando os trez acabram minha mãe me deu outro banho e disse os rapaze gostaram de você num deu meia hora veio um senhor negro até minha casa e falou boa noite seu joão me mandou aqui ela começou a dizer os preços dela quando derenpente ele fala não não num vim por você quero o garoto minha mãe na hora falou não pra você teria de ser muito caro e eu num quero que você faça com ele mas na hora ele disse a é ta bem entà £o vou chamar a policia e dizer o que você faz aqui ela veio até meu quarto e me disse kleber tem mais um ta se prepara daquele mesmo geito la vesti a roupa rosa e fui pra sala e logo depois pro quarto que ele trancou e colocou a chave num lugar alto ele começou a beijar meu pescoço me acariciar enfiou um dedo no meu cu e eu fiquei puto com ele ´por causa da unha mas ele nem deu bola continuou da mesma forma até que ele começou a arrancar minha roupa e a dele tambem e me mandou chupar o pau dele naquela hora quando eu vi o pau dele disse na hora nossa que pinto grandão ele riu e disse chupa ele então é de chocolate voce vai gostar coloquei na boca pois amava chocolate mas o gosto num era nada bom tentei parar mas ele ficou bravo e me disse chupa logo bichinha e eu continuei chupando e tendo muita ansia naquela rola derrepente ele diz ta bom ja agora vira de costas e deita la na cama fiquei com um pouco de medo mas fui e fiquei com a mão não minha bundinha de medo mas nad a adiantou ele segurou minhas mãos com um dele e colocou a cabeça da tora no meu cuzinho gritei na hora e pedia pra que ele tirasse tira senhor por favor tira mas ele ficou quieto e do nada deu mais uma estocada que doiel mais ainda senti meu cu escorendo era um pouco de sangue fiquei com muito medo e ele disse pra mim fica calmo aiq ue tirei de vez sua virgindade bichinha e começou a bonbar cada vez mais forte e mais rapido e não parava de geito nenhum ele gozava e continuava gosava de novo até que la de fora minha mãe gritou ei seu tempo acabou pra mim foi um alivio mas ele continuou a me comer a ter cozar de novo quando gozou saiu e minha mãe veio ver se eu estava bem pois tinha encarado muito cedo um cara daqueles mas eu disse to todo ardido mãe mas poque eu tenho de fazer essas coisas mãe minha mãe respondeu na hora por que você tem que me ajudar a arrumar grana e vai se acostumando pois você vai dar muito essa bunda ainda e foi bem assim mesmo mas as outras exper iencias conto depois

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,10 de 30 votos)

# #
Comente e avalie para incentivar o autor

16 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Neto ID:g62zeou8k

    Em determinada fase da minha vida, aluguei um quarto na casa de uma senhora que morava com um neto de 11a. Logo de cara, já notei que o menino era diferente dos outros meninos. Ele era meio afeminadinho, mas à avó, coitada, dizia que ele era assim por ser educado. Realmente era muito educado, sempre solícito, e ele adorava conversar comigo, tanto que nos finais de semana, passava mais tempo no meu quarto assistindo tv, do que na rua com a molecada. Um dia qdo cheguei, ele estava na sala, folheando uns catálogos. Ele estava vidrado com aquilo. Sentei ao seu lado, e perguntei o que tanto ele suspirava olhando aquilo. Ele mostrou. Era um catálogo de roupas íntimas, pijamas femininos, calcinhas, sutiãs, babydolls…etc…
    Passei a mão em seus cabelos, e perguntei se ele gostava desse tipo de roupa, ele confirmou, emendei perguntando se imaginava as amiguinhas com aquelas roupas…ou…se tinha vontade de usar alguma. O sorriso, e o jeito de me olhar, responderam minha pergunta. Sussurrei em seu ouvido perguntando se ele queria mesmo usar aquelas roupas, ele confirmou de imediato. Lembro que era uma sexta-feira, e falei que sábado, o levaria para comprar algumas peças pra ele, mas tinha uma condição. Disse-lhe que ia ter que vestir pra eu ver como ele ficaria usando-as, coisa que ele topou na hora. Saímos cedo, com autorização da avó é claro, e fomos direto para o Center Norte. Passeamos por todos os lados, olhando vitrines, e anotando td que ele queria. Combinei com ele no carro, que íamos comprar presentes para as gêmeas, suas irmãs que iam completar 17a. Ele olhou pra mim e falou que não tinha irmãs, expliquei que era só um “disfarce” na hr de falar com as vendedoras, ele entendeu e ficou bem alegrinho. Fomos na C&A, onde compramos várias langeries, e até minissaias e vestido de alcinhas. Depois fomos na PakaLolo, e outras lojas mais. Enfim, gastei uma nota com ele, até maquiagens e acessórios eu comprei, mas isso não foi um problema, pq eu tinha um ótimo salário.

    • Neto ID:g62zeou8k

      E havia ganhado uma bolada recentemente no jogo do bicho(seria como uns 40mil hj), e o investimento valia a pena. Afinal de contas, um gatinho novinho, lindinho e gostosinho como ele, valia a pena mesmo, sem contar que era “virgem” tbm né…rsrsr…
      Já em casa, fomos direto para o meu quarto que ficava no corredor de entrada, bem ao lado da garagem. Enfim, logo que entramos, tranquei td, dei uma toalha de banho pra ele, e mandei que fosse tomar banho para experimentar as roupas. O banho foi rápido, e qdo saiu do banheiro, já veio peladinho, e me assustei com o tamanho do brinquedo dele, e ainda brinquei que ia ser difícil esconde-lo. Ele riu, falou que só deixar mole, que era mais fácil. Confesso que deu uma vontade danada de agarra-lo, e torar suas preguinhas na hora, mas me contive, pois tinha certeza que aquele cusinho seria meu, e não ia demorar muito. Eu ia escolhendo as peças, ele vestia, e desfilava pra mim. Foi difícil segurar a onda, mas depois de provar td, abracei ele, e perguntei se gostou. Ele me abraçou forte dizendo que amou, que eu era seu melhor amigo, que me adorava…e tals. Puxei-o pra cama comigo, ele ainda vestido de menininha, e ele se deixou levar. Ele estava deitado sobre mim, arrisquei um selinho, ele retribuiu, e então beijei pra valer, o que ele correspondeu tbm. Minutos depois, ambos já estávamos nus, num rala e rola gostoso. Perguntei se ele já tinha feito algo como aquilo antes, ele negou, dizendo que apesar da vontade, não confiava em ninguém, porém comigo era diferente, além de confiar, ele gostava de mim tbm. Depois de brincar bastante, dele ter até me chupado, que a princípio me “machucou”, devido sua inexperiência, que aliás fez com que o tesão fosse maior, tanto que gozei rápido, enchendo a boquinha dele de gala, engolindo parte dela e cuspindo um pouco tbm. Enfim chegou o grande momento, preparei ele, fazendo ficar quase de quatro, peguei o tubo de gel, que comprei no dia tbm, e fui pra cima.

    • Neto ID:g62zeou8k

      Ouvindo-o gemer de dor, e ao mesmo tempo tentando abafar os gritinhos, enterrando o rosto no travesseiro, era demais, e o tesão dobrava a cada investida minha pra dentro dele. Podem me julgar, xingar, condenar ou seja que porra quiserem, só quem já pegou um menininho assim, sabe o que estou dizendo. Eles choram, começam a espernear, mas no fundo, não querem que paremos, querem mais e dar seu cusinho guloso para o macho que estiver com ele naquele momento. Só parei qdo senti minha pelves tocando na bundinha dele, aliás que bela bunda tinha aquele menino. Redondinha, durinha, e pra ajudar, ele tinha até cintura, o que deixava sua bunda mais vistosa ainda. Enfim, ele chorou, gemeu, deu seus gritinhos, mas foi valente, aguentou minha rola inteira, até o talo em seu cusinho guloso. Sentir o cusinho dele piscando, mordendo minha rola daquele jeito, foi demais de bom, e só parei de socar qdo gozei novamente, enchendo seu cusinho de gala. Foi demais da conta, uma sensação indescritível. Tirar as preguinhas de menino novo, é mais que bom, mais que delicioso, e só quem já teve esse privilégio sabe o que o que estou dizendo. Enfim, tirei a rola de dentro dele, bem devagar, peguei a toalha que estava na cama, limpei minha rola, e depois limpei bem o cusinho dele. Enrolei bem a toalha, coloquei numa das sacolas que haviam no chão e joguei num canto, pq estava bem suja. Deitei ao lado dele, acariciei-o, e perguntei como ele estava. Ele olhou pra mim, ainda com os olhos marejados e falou bem assim.
      – doeu muito…não achei que doesse tanto assim…
      Falei que é assim só na primeira vez, e que não ia doer mais. Ele me abraçou, e falou que era bom mesmo não doer, senão ele não ia mais querer fazer aquilo. Trouxe-o pra cima de mim, e notei que a rola dele estava meladinha, perguntei o que era, ele riu e falou que gozou logo que “enfiei” a rola nele. Perguntei se havia gostado de gozar assim, ele sorriu, me beijou e falou que amou.

    • Neto ID:g62zeou8k

      Resumindo, durante os dois anos e pouco que morei naquele quarto, saíamos todos os finais de semana, porém ele saía todo produzido. Ele descia, entrava no meu quarto, tomava banho, escolhia qual roupa ia usar, e naquela época, ele já tinha muito mais roupas, acessórios, maquiagens, e tdo mais que uma garota gosta de ter. Do quarto até o meu carro, era só uns passos, ele entrava no banco de trás, mesmo tendo insulfilm, era melhor assim. Depois eu parava numa avenida perto de casa, e ele vinha pro banco da frente. Íamos para vários lugares. Shoppings, teatros, cinema, até na praia nos fomos, e vê-lo de biquíni, era demais da conta. Saber que qdo chegássemos em casa, eu ia me fartar de meter naquela bundinha, era o que me fazia feliz. Bem, infelizmente precisei mudar de cidade pq fui transferido de setor, e fui morar no PR. Ele ficou super triste, mas eu o incentivei a arrumar um namorado, mas a preocupação dele, eram as roupas, como ia fazer para guarda-las e onde. Incentivei tbm que abrisse o jogo com à avó. Foi difícil pra ele, mas com uma ajudinha, e fiz questão de ajuda-lo, dei o primeiro passo, e ele terminou a conversa. E para a surpresa de ambos, dona Eulália no alto de seus 70a, olhou bem pra gente e perguntou.
      – achavam mesmo que iam me enganar até qdo ?
      Pois é, ela não tinha idéia de qdo td começou, mas já sabia à algum tempo, que tinha uma Fabiana em casa, e não um Fabiano.
      Enfim, ficou td bem, e fui embora de lá, e nunca mais voltei pra SP. Isso aconteceu a mais de trinta anos. Se estou com 60a hoje, “ela” deve estar perto de completar 42, 43 talvez. E pelo que sei, a “menina” cresceu, se tornou mais bela do que era naquela época. É sério, com 13a, a criança se produzia de tal maneira, que era difícil alguém dizer que se tratava de um menino.
      Saudades dos beijos “dela”, e de gozar naquele cusinho apertadinho, que inaugurei com gosto e muito tesão.

  • Responder Osvado ID:8d5q00sfia

    Pachecão vem foder meu cu.

  • Responder Pachecao ID:40vocx80b0j

    Te foderia todinho… Vou tocar uma Punheta me imaginando estar fudendo o seu gostoso cuzinho

  • Responder Mateus ID:xe2uk5az

    Como eu queria ter alguém pra me fazer isso igual a mãe desse rapaz

  • Responder Bruno ID:81rq0188ra

    Queria ter uma mae dessas??

  • Responder Efteros viado rabudo ID:469co681b0i

    Sortudo

  • Responder Anonimo7 ID:8ojk5lenm4

    Entao você virou gay ?

  • Responder harris oliveira ID:e9q2i8d9d

    adoraria arrumar machos p/mim em sp.zl lizinho totalmente 1.70alt.70kls.89peito 98quadril adoro usar roupas femininas salto alto cabelos abaixo dos ombros prontinha p/ser feminilizada [email protected] att.

    • José Carlos ID:w72k70zj

      deliciosa gostaria de te fuder…

  • Responder WANDERLEI DONIZETE DA SIL ID:e9q2i8d9d

    eu tenhos 39 anos eu homens mais eu nuncas sentir atracao por mulher eu gosto de usar vestidos mini saias e chortinhos se tiver algums homens carinhoso ai me adicionar no face [email protected]

  • Responder oiniciador ID:2xbuy5nnv99

    Gosto de iniciar meninos acredito que ja foram uns 10 e inicio sexualmente meu filho desde pequeno, atualmente ele tem 14, comecei com ele quando tinha 8 aninhos, ele adora e faz tudo, gostaria de trocar experiencias e fotos: [email protected]

    • Anônimo ID:e9q2i8d9d

      Iniciador, você está sendo procurado pela polícia!!! Você não sairá impune de fazer isso com crianças inocentes. Seu desalmado, cretino, você vai para a cadeia ser a puta dos presidiários.

  • Responder [email protected] ID:5unpwbbbm3

    Uauuu…tua mae sabe o q é bom, pena eu nao ter tido uma igual oferecendo minha bunda pros machos… hj sou coroa e só na vontade de ser fodido como vc. Me mande mais contos seus. bjs.