,

Meu Marido mão de vaca, pão duro

18-08-15 9 ★ 3.67

Bem o que vou contar e uma passagem na minha vida, sou uma mulher casada, me considero bem casada, sou morena, 1.65, 73 quilos, umas pernas linda, uma bunda carnuda, saliente, muito chamativa, desperta desejos nos homens, sou muito fogosa adoro sexo, faço de tudo, não sou novinha não não tenho 46 anos mais muito bem conservada, meu marido, e muito bom, a gente se entende, mais e muito mão de vaca, pão duro, venho pedindo a ele para irmos um dia em um motel, fazer coisas diferentes, mais ele acha bobagem gastar dinheiro em motel, se temos a nossa casa.
Um dia conversando com uma amiga, que o marido dela também é amigo do meu marido andam sempre juntos os dois, ela em conversa acabou confidenciando que havia ido a um motel com o Flavio seu marido e que passaram a noite vendo filme pornô e metendo, e conversa vai conversa vem ela dizia que ele tem uma rola grande e grossa, e que ela fica toda dolorida, e que ele adora foder um cu, nossa aquilo me deu um tesão enorme, pois eu adoro também fazer sexo anal, aquele dia foquei louca de tesão.
A noite na cama transando com meu marido voltei a tocar no assunto de irmos a um motel, ele retrucava dizendo que não que em casa era mais gostoso, nisso acabei deixando escapar e falei pois o teu amigo Flavio leva a mulher a motel, e ele adora, falei umas duas vezes, ele ficou nervoso, e disse então vai com ele a um motel, nossa aquilo foi que nem um tapa na minha cara, acabei respondendo eu iria mesmo se ele me convidasse, e respondi mais, segundo a esposa dele ele e bem avantajado, e adora um cu, eu iria me dar muito bem, meu marido sabe que eu adoro sexo anal, bem porque ele também tem a rola pequena não doei muito, mais na hora da raiva em falei mesmo, meu marido então voltou a dizer então vai com ele, olha que eu vou mesmo, depois não vai dizer que estou te traindo, você e que esta mandando.
Aquilo ficou na minha cabeça, e depois deste dia passei a olhar para o Flavio com outros olhos, olhava para ele me dava um tesão, ficava imaginando eu com ele no motel, nossa me melava todinha, passaram-se alguns dias não sei se meu marido fez de proposito ou não o Flavio aparece lá em casa, eu estava com um shortinho bem curtinho com a poupa da bunda aparente, um blusinha curtinha sem nada por baixo com a barriguinha de fora, bem a vontade, pois estava sozinha em casa e não estava esperando ninguém, o Flavio perguntou pelo meu marido eu disse que não estava, logo subiu um calor, pelo meu corpo, minha boceta ficou molhadinha, o Flavio falou que meu marido pediu para ele dar um pulo em casa que ele precisava falar com ele, pelo horário eu sabia que ele iria demorar, mais não sei nem porque acabei mandando ele entrar, e disse se quiser esperar, eu sei que ele e chegado em um conhaque, ofereci um café, ou um conhaque, ele preferiu e logico o conhaque, eu fiquei ali conversa ndo notei que ele não tirava os olhos da minhas pernas, ofereci outro conhaque, ele disse só se você me acompanhar, eu acabei bebendo também, nossa eu já estava toda melada, tremula, servi outro conhaque, e bebi outro também, a coisa já estava saindo do controle, notei o volume na calça dele, nossa fiquei mais nervosa ainda, pedi licença que iria tomar um banho rapidinho, do meu banheiro para o quarto teria que passar pela sala, passei só enrolada na toalha, a porta ficou entre aberta, de repente o Flavio me aparece na porta do quarto eu estava peladinha, ele veio e disse nossa que deusa, eu fiquei sem ação, ele disse eu vou embora, depois eu falo com ele, eu do jeito que eu estava fiquei pelada na frente dele, disse você não quer esperar mais um pouco, ele respondeu eu não estou aguentando mais, e me abraçou e me deu um beijo, nossa foi a gota, ele tirou a rola para fora eu queria desistir não aguentei mais comecei a chupar a rola dele nossa e que rola, mais ele ne rvoso, não demorou muito não e meteu aquela rola todinha na minha boceta, que já estava toda lubrificada nossa que loucura, meteu tudo que rola grossa, grande nossa gozamos gostoso, mais ele com medo e eu também pois meu marido poderia chegar ele se arrumou e foi embora, eu fiquei toda dolorida.
Quando meu marido chegou eu disse a ele que o Flavio havia estado ali procurando ´por ele, ele respondeu porque ele não me esperou, eu disse ele não quis, a noite na cama ele me procurou e transando ele falou então convidou o Flavio para ir ao motel, eu então falei olha você fica com estas brincadeiras depois não reclama, parece ate que esta querendo ser corno, ele respondeu quero ver você feliz, só isto, realizada, você deixaria mesmo eu sair com ele, se você quiser, mas na hora fiquei sem coragem de contar o que havia acontecido, mais na semana o Flavio me ligou e eu acabei marcando com ele uma saída para o motel, mais depois eu conto para vocês como foi a coisa.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,67 de 3 votos)

,

9 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Tony Ba

    Tezão de conto. Eu gostaria de ver minha mulher se acabando na rôla grossa de outro e deixasse a bucetinha dela inchada e cheia de leite para eu chupar. [email protected]

  2. Marcelo

    Me chama no zap 098 99971 0025

  3. viúva

    Bem fiquei viúva muita nova me aos dezoito anos mais desde dos 14 eu ja vivia junta com ele. .logo depois de viúva vinheram. As cantadas minha vizinha me fez um convite para i a igreja evangélica senhora já de idade. ….Já com alguns meses eu já era amiga de várias jovens de diversas idades sempre antes de começar as reuniões no pátio fora da igreja nos ficarmos sentada trocando conversa frescurinha feminina as vezes aquele agarra garra eu morava sozinha um dia uma das jovens foi me visitar um final de semana. ….chegou pela manhã eu fazia limpeza na casa ela se ofereceu para me ajudar como ela vei disprivinida troxe só uma calcinha levei ela para o quarto dei a ela uma roupa para ela escolher uma saia a altura do seus joelhos e demos continuidade na limpeza da casa. ..Bem na quela fulia nós duas brincava jogano água uma na outra eu parecia uma pré adolescente ..Agua molhava a blusa e ficava transparente na quela brincadeira os mamilos dela cheio de tesao resolvemos para terminando fui esquenta o almoço ela foi banha ja tudo no fogo ela vei tomou de conta do fogão eu fui banhar Quando eu terminei minei eu fui logo para cozinha eu so de camiseta ela só de toalha sentamos no chão com as almofada almoçava ali com trocando conversa ela puxou apenas deixou aponta da toalha cobrindo mal sua buceta via a sensualidade q me fazia as vezes ela mexendo eu via uma bela buceta enxadinha terminando o almoço fomos para o quarto vestiu sua calcinha com um fundinho pequeno tbm fiz o mesmo liguei a TV ela deitou na cama eu peguei um creme hidratante e passava nas minhas pernas eu olhava para sua bundinha arrebitadina toda fora era um tesao só. …eu sentada à beira da cama com um pé no chão e outro em cima da cama ela afixou os olhares para o meu fundo da minha calcinha. .fiquei cheia de tesao sem perdi permissão eu derramei o creme sobre a costa dela e fiz uma bela massagem por bom tempo descendo as minhas mãos fui indo para trás dela começei a fazer massagens com o creme levantando os seu pé beijava e lambia e em menos de cinco minutos ela celou sua bundinha arrupiadinha para cima saie beijando ela toda fiquei de joelho por trás dela beijava o fundo da sua calcinha por cima do seu cuzinho rosinho quase uma hora de carinho virei ela de frente tirei sua calcinha sua buceta virgem toda encharcada minha língua longo e fina me permitia eu lamber sua grutinha tinha horas q ela acolchava seu cabacinho desci as pernas dela e dei uma bela mamadas no seu grelo sugando no vai e vem o meu dedão fudia o seu cu a cachorrinha hip taradinha seugurava minha cabeça com sua duas mãos e sua duas pernas dava gravata por cima de mim começou a gritar gozando tentava tampa sua boca com a outra mão………foi um tesao imenso a buceta dela jorrava leite condensado de moça fora na minha cara cachorrinha era gozadeira

  4. Eu sempre fui

    Boa esposa nunca tinha traído o meu marido. ….Mais nos momentos da minhas caminhada de uma hora e meia q faço todas as tardes. …. Um cão viralata entou no meu caminho de BATONZAO TODO ARREGACADO …..A minha buceta coçava enchava piscava mordia o fundo da minha calcinha ao ponto de quase GOZAR. … eu já vi muitos cachorros de pica grande de raça. …..mais um viralata foi a primeira vez. ..Apesar de ser uma mulher tarada mais sempre mantive o respeito pelo o meu casamento. ..O meu marido é homem comum o máximo chega ums três cm….mais o viralata tinha ums 20 cm ou mais sempre eu seduzida ele o meu marido para fuder o meu cu ele nunca quis. .. as vezes nas minhas caminhada quando eu um homem de volume na frente o meu cu entra em pânico. ….Bem vi o cão Tratei de fazer amizade com ele. ….segui o cão até sua casa .. ( EU REDUZIR A HISTÓRIA ) Bem depois já tudo feito levei o cão para minha casa brincando com ele eu deito ele e fui massageando seu batonzao descascando fora bem arregaçada deu 2 pica e meia ele muito sensível logo gozou …na minha m. ..liq alvinho nunca tinha feito um boquete numa pica grande só fiz enfiar minha boca segurando o vômito su portei o imenso batonzao travessando minha gaganta toda ums 26 cm ou mais. …o meu cu faminto explorava ela peguei uma calcinha amarrei acapa peniana do cachorro deixava seu batonzao maior o cachorro tarado o meu cu virgem bem lubricado mesmo assim rasgou um pouquinho sentia o imenso batonzao lá no fundo deu uma gozada dano bombadas violenta saiu um imenso nor e travou sua pica dura no meu cu me vi aperiada e comedo mais logo me acostumei valeu a pena sentir uma pica de verdade no meu cu tratrei de criar o meu cão por de pica dura no meu cu hoje já faz 2 anos o meu marido nada sabe pela manhã fico contando os minutos para ele sair para o seu serviço uma maravilha só

  5. Andri

    adorei seu conto

  6. Anônimo

    Tenho 43 anos e também adoro um cu. Meu pau e de tamanho normal mas ate hoje ninguém reclamou. Me chama no zap 11 95464 8431

  7. Anônimo

    Tenho 43 anos e tambem adoro um cu. Temho pau de tamanho normal mas ate hoje ninguem reclamou. Me.xama no zap gata 11 95464 8431

  8. Anônimo

    Oi gata bate uma lendo seu conto tenho uma pica de 18cm ser vc quiser mim
    Chama no zap 7996768409

  9. CarlosEduardoTEG

    Meninas, se quiser um coroa (54 anos) para uma massem relaxante e uma transa gostosa, me escreva! (são Paulo SP) [email protected]