Fudi minha patroa ruiva

Ola me chamo marcos sou branco alto e de pele branca, gosto de praticar esportes não sou atleta mais todo dia pego minha bike e vou pedalar e tambem gosto de jogar futsal, tenho um cacete de 17cm bem grosso rosado cheio de veias, trabalho com informática e dou manutenções em a domicílio também, sempre quis ter um emprego fixo e um dia consegui trabalho em uma loja especializada na minha área, uma loja não muito grande onde trabalhava meu patrão e também sua esposa que ficava na parte administrativa, Solange era seu nome uma legítima ruiva, espetacular com pele clara e olhos verdes, seios pequenos magra com bunda mediana, sempre muito cheirosa e atenciosa atendia os clientes com muita educação, no primeiro dia quando cheguei em casa bati uma pronha pra ela, mais sabia que eu não tinha chance pois era minha patroa, os meses foram passando e fiquei amigo de todos ali na loja, seu Raul um dia me convida a ir passar o fim de semana com eles no sítio, fiquei meio sem jeito m ais aceitei pois sempre me diziam que lá e muito bom, sexta atarde depois do expediente fomos para lá, chegando lá pude notar tudo muito bom como eles já tinham dito, com piscina e um belo jardim com arvores e muita sombra, a noite bebemos bastante e seu Raul foi dormir já bem animado Solange não bebia e só reclamava pois seu marido tava bebendo muito segundo ela, eu fiquei na rede e eles foram dormir , passaram algum tempo pensei que estava tudo tranquilo comecei me masturbar na rede tirei meu cacete pra fora e comecei uma punheta bem lenta e gostosa eu tava com tesão pensando em Solange pois ela era muito gostosa e me atraia muito, tava muito empolgado e de repente escuto nossa parece que ta gostoso , eu olho e Solange me observando eu quase morro de vergonha , falo nossa desculpe , ela responde que isso não pare eu sempre quiz ver um homem se masturbar , eu falei serio? Ela sim , eu disse VC quer me ajudar ? Ela , sim como? Estou batendo pra VC, ela responde eu sei, vejo como VC me come com os olhos safadinho, nisso ela olha meu pênis bem duro ela fala e bem grosso e se aproxima com sua camisolinha de dormir e diz… Quanto tempo não sei o que e pau duro, ela pega e minha rola eu quase nem acredito, nisso beija a minha boca me punhetando bem de leve e fala vamo pra casa do caseiro lá não tem ninguém, me levanto beijo ela novamente sinto seu perfume levo minha mao ao seus seios e toco de leve ela fala VC quer mamar ne gatinho, hoje sou sua aproveita, fomos para a outra casa e comecei a beija ela bem gostoso enquanto minhas mais passiava por suas pernas subindo sua camisola sento na cama só de cueca ela senta em meu colo, coloco minhas duas maos em sua bunda que delícia de rabo macio gostoso , falo em seus ouvidos VC e gostosa patroa cheirosa ela solta um gemido enquando eu tiro sua camisola , sem sutiã seus seios me chamam e sem perder tempo começo a mamar e ela esfregando sua xaninha em meu pau por cima da cueca, começo a descer em su a barriga branquinha gostosa ela deita na cama desco mais passando meu rosto em sua pele , logo vejo aquele pacotinho partidinho comendo a calcinha passo meu nariz por cima da calcinha sentindo seu cheiro dou alguns beijinhos ainda por cima da calcinha logo não aguento e tiro sua calcinha e com meu lábios começo a beijar aquela xaninha com pelinhos ruivos fazendo um cavanhaque ela geme e fala faz assim não , eu vou querer mais depois , preciso de um homem assim ai que gostoso, ela começa a rebolar em meus lábios e gemer bem alto, segura minha cabeca com forca e fala que ela era minha eu pergunto VC e minha e minha? Ela diz sim sou toda sua , eu falo então fica d4 pra mim patroa quero te possuir bem gostoso, ela se vira e fica d4 percorro com minha rola em sua grutinha coloco a cabeca vou empurrando devagar e ela gemendo bem gostoso vou metendo mais forte mais e mais uma delícia de xana apertadinha gulosa querendo rola. Ela fala come , come minha bocetinha o corno do Raul sà ³ sabe beber nunca me comeu direito, ai ai delicia que pau gostoso VC tem ela falava gemendo , eu muito excitado seguro em seu pescoço e vou bombando bem forte sem parar puxo sua cabeça e vou falando ao pe de seu ouvido enquanto a rola entrava e saia de sua xoxotinha, VC e muito gostosa te quero pra mim quero que seja minha ooooo ai que delcia, ela começa a tremer e a chorar de tesão em minha rola tenta sair do pica eu a seguro e falo hoje VC tem um homem que sente tesão em VC e vai te dar rola na hora que VC quiser seu corno VC não vai largar ele não ele vai te dar casa e dinheiro conforto eu vou te dar o que eu posso dar muita rola em sua xoxota gostosa mel em sua boca, não aguento e vou falando bombando e gozando bem gostoso, ela chorando de tesão fica gemendo baixinho meu pau ainda dentro de sua xaninha fico de ladinho e dou umas inficadas bem segura forte mais bem compassada enquanto acaricio seu seios aquele gemido chorado deixou meu puro de novo, sem tirar de dentro fico de ladinho segurando e apertando seu seios e bombando penetrando sua gruta enquanto ela fala, por favor para isso e injustiça tem muito tempo que não dou a xaninha e VC ta me comendo assim faz isso não gatinho , bombi ate gozar de novo , Solange me abraçou e disse VC e uma delícia meu funcionário gostoso!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,00 de 1 votos)
Loading...