,

Precisando de mais pica

29-06-15 28 ★ 5.00

Sou mulher e tenho 23 anos.
O que vou contar para vocês aconteceu dia 27/06/2015. Sou uma mulher que ama sexo, se eu pudesse praticaria 24hs por dia, nós últimos dias ando com uma excitação inexplicável.
No dia 27 eu levantei cedo e fui trabalhar, como esse período no serviço é bem calmo eu passo o meu tempo lendo, jogando e resolvendo umas coisas pequenas. Ao termino do trabalho meu sogro foi me buscar porque o veiculo do meu namorado havia quebrado, até então tudo normal.
Cheguei em casa e fui arrumar algumas coisas enquanto meu namorado jogava Xbox, depois resolvi deitar na minha cama e dormir um pouco, mas como o sono não vinha e imagens obscenas começaram a dançar em minha mente resolvi tirar o meu short e a minha calcinha e me masturbar. Minha vagina é carnuda, testuda na verdade e bem gostosa, eu amo acariciá-la. Então chupei meus dedos da mão direita e comecei passando no clitóris, cada vez mais que apertava e passava os dedos ela se contraia por inteiro, comecei a sentir com o toque uma sensação gostosa e estranha, uma ardência dentro dela como se estivesse pedindo que um pau enorme entrasse nela. Só que como meu namorado ainda estava na sala jogando eu não quis incomodá-lo e me fiz gozar bem gostoso. Mas, sou insaciável, aquela gozadinha não foi o suficiente, então comecei a me tocar outra vez, só que com mais força. Explodi tão mais rápido do que a primeira vez. E depois dessa acabei por fim apagando.
Por volta das 23 horas, meu namorado veio me acordar perguntando se eu queria pizza, respondi que sim e ele foi buscar. Quando ele voltou, eu já estava sentada na sala mexendo no meu notebook. Ele foi buscar os copos e os pratos na cozinha enquanto eu ia abrindo as caixas das pizzas. Depois de comermos, ele resolveu voltar para frente da televisão e resolve ver as fotos e vídeos que eu tenho guardados em um pen drive, para que vocês saibam nesse pen drive 70% é putaria.
Pois bem, me levantei e fui tomar um banho, pois por incrível que pareça eu ainda estava molhada das minhas duas gozadas de duas horas atrás. Enquanto eu tomava meu banho e lavava minha vagina, aquele fogo ardente começou a se manifestar mais uma vez. Terminei meu banho, me sequei no banheiro mesmo, me enrolei na toalha e sai. Meu namorado estava sentado na frente da TV em uma cadeira e eu vi que no sofá tinha um travesseiro, peguei o travesseiro e coloquei na frente dele e me ajoelhei, abaixei um pouco sua bermuda, o suficiente para ver seu pau preto, grosso e dormindo.
Comecei passando a língua bem molhada na cabeça do seu pau e não demorou nem um minuto ele já tava todo ereto esperando mais. Meu namorado começa me xingar de filha da puta,por estar fazendo aquilo, coloquei a cabeça do seu pau grosso na minha boca e comecei a chupá-lo, no começo apenas para instigar, mas depois comecei a chupar mais forte e mais forte, quando percebo que ele não estava mais prestando a atenção para a TV, me levantei, peguei o travesseiro e lhe disse no ouvido (Estou te esperando no quarto).
Quando ele chegou no quarto eu já estava de quatro na beirada da cama, ele veio com aquelas mãos abrindo minha bunda e passando sua língua no meu anus e na minha vagina, intercalando entre os dois, me chupava e me deixando bem molhada ele enfia sua pica bem dura na minha vagina e eu gemo baixinho e bem gostoso, ele me segura pela cintura e começa a bombear bem forte, tão forte que senti seu pau batendo no meu útero, ele larga minha cintura e resolve puxar meus cabelos. Bombeando e Bombeando, e eu gemendo cada vez mais gostoso.
Depois, ele me vira e pede para que eu deite no meio da cama, faço sem reclamar e ele vem, coloca um travesseiro debaixo da minha bunda e fica de joelhos na minha frente e coloca seu pau na minha vagina. Fazendo aquele movimento de vai e vem, ela vai indo cada vez mais forte e eu quase gozando ele resolveu parar, pois ele não queria gozar agora, isso me frustrou, pois como eu também estava quase gozando e ele interrompeu, demoraria um bom tempo para que aquele fogo voltasse à ativa.
Foi onde eu expliquei pra ele, que se ele estivesse quase gozando não era pra parar, pois eu gozaria junto com ele. E ainda na mesma posição de frango assado, ele começou a penetrar seu pau em mim e fazer o movimento de vai e vem. Quando eu menos espero, ele goza e eu não. Ele ficou super baixo-astral pelo ocorrido que tentou de todas as formas me fazer gozar, usando o dedo, a língua, tudo, mas de nada adiantou.
Até que eu decidi que não ia mais gozar e que era pra deixar pra lá. Não sei bem o que anda acontecendo, eu amo sexo como disse no inicio do meu conto, mas com meu namorado eu não estou conseguindo chegar aos finalmente. Será que estou precisando de mais uma pica pra satisfazer ou ao menos tentar satisfazer minha buceta gulosa?
Fim.
#Guew

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)

,

28 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. dumau

    O meu esta a disposição (31) 97612019

  2. #GUEW

    Oii. eu que escrevi o conto, caso queiram novas amizades, chamem no e-mail: [email protected] … eu não passo whatsapp. bjks

  3. Indio safado

    Me chama no zap 6596172215

Ver mais comentarios