Novinha, Casada e Puta

Este conto é verídico e aconteceu comigo a pouco mais de 5 anos, sou policial militar e recentemente para aceitar a Luciana (nome fictício) no meu orkut, aceitei, e vi seu msn e adicionei ela no msn, ela estava online e começas a conversar, ela me disse que tinha 19 anos que era casada e que me conhecia, e que já havia morado perto da minha casa e logo vi que ela queria rola, disse que gostaria de conhecer e ela me passou seu celular, disse que levaria seu filho na escola e que depois estaria liberada, liguei pra ela e marquei de pegar ela assim que deixasse o filho na escola, no horário liguei e disse pra ela ir em uma rua próximo onde estava que era mais tranquilo mesmo pq era de dia, ela foi e logo passei de carro e peguei ela, ela era gostosa, conversamos um pouco e logo fui pra uma estradinha mais tranquilo onde ninguém ia nos ver, lá chegando mal parei o carro e já fui pra cima dela que não ofereceu nenhuma resistência, e comecei a beijar ela, ela estava muito tarada e eu tb, logo tirei meu pau pra fora que estava muito duro e ela não se conteve e caiu de boca, chupava com muito vontade e eu me deliciando com aquela chupeta deliciosa, adoro chupar e ser chupado, em um momento ela parou olhou pra mim e disse, “adoro homem de pau grande”, tenho um pau modestia a parte muito gostoso 19 cm todas que experimentou pediu biz, e parti pra cima dela tirei sua calça e meti o dedo na buceta dela, mal coloquei a mão e ela disse que ia gozar e gozou gemendo gostoso, nossa ela estava a mil por hora, então cai de boca na bucetinha dela, e ela gozou na minha boca, ela já não aguentava mais e queria rola, e também queria meter naquela bucetinha, mete o pau naquela buceta gulosa que engoliu todinho meu cacete, ela gemia muito gostoso, disse que agora ela ia ser a minha putinha e ela gostou, disse que adorava uma putinha, ela gemia gostoso na rola, ai ela pediu pra sentar no meu pau, claro que deixei, ela subia e descia no meu cacete, e assim ela gozou mais uma vez, disse que queria ela de quatro nem acabei de falar ela já ficou de quatro no banco do carro e eu meti gostoso naquela buceta gulosa, ela deitou no banco do carro e fiquei metendo e falando besteiras no seu ouvido, disse que ia meter no seu cuzinho mas ela disse que meu pau era muito grande e ia machucar, apontei o pau pro cuzinho dela e ela disse você não vai fazer isso comigo, ai parei, mas continuei comendo a buceta dela, ela é uma verdadeira putinha, nessa posição não aguentei me segurar mas e gozei gostoso, enchi aquela buceta de porra, ela ficou louca, saímos dali e deixei ela num local ermo, afinal ela era casada e não podíamos ser visto, desde então ela vive mandando mensagem no meu e-mail, depois disso comi ela mais uma vez, fiquei de levar ela no motel e já avisei que quero meter no seu cuzinho, ela disse que se for no motel e vai me dar o cuzinho, ela me disse que quer dar pra mim fardado, coisa de mulher, muitas já me pediu isto, e já atenti não vou deixar de atender um pedido deste, falei que quero comer ela no capô do meu carro, ela ficou louquinha, mas ainda vamos fazer tudo isso, ela disse que quer ser minha putinha e eu vou fuder gostoso porque adoro uma puta na cama, mulheres que gostarem deste meu relato e quiser entrar em contato comigo casadas ou não, meu endereço é jbetomen@hotmail.com, será um prazer atendelas.