, , ,

Líder de Torcida Fazendo um Time Campeão II

19-02-15 0 ★ 0.00

Parte I… Demoraria uma semana para o jogo, eu ficava com aquilo na cabeça, cada vez que pensava, me corria uma onda de tesão. Loucura pensava eu. Até que chegou o dia, acordei com um furor de tesão enorme, o dia parecia que não corria. A noitinha chega a Kombi na minha casa pra me pegar os meninos já estavam todos dentro dela. Quando entrei todos sorriam pra mim, mas eu disse, primeiro tem de ganhar o jogo. Eles disseram isso já está resolvido. Fomos para o ginásio municipal e lá rolou o jogo, realmente eles ganharam por 4 x1, eu estava torcendo demais por isso, mas não queria dar bandeira, precisa me fazer de chateada por aquilo. Eles foram pro vestiário e voltaram de banho tomado e com suas bolsas de material, dizendo a toalhinha está aqui. Eu sorri, entrei na Kombi no último banco, lá fiquei sozinha e fomos andando, dentro de pouco Arilson o motorista entrou numa estradinha de terra lateral e encostou a Kombi no meio de uma matinha, apagou os faróis, disse que estava com medo do escuro, ele então acendeu aquelas luzes internas do carro, que apesar de iluminarem eram bem fracas, mas dava pra ver o que se passava, nisso eles queriam sortear quem era ao primeiro, disse que não, eu escolhia a ordem: primeiro chamei o Arilson mais velho de todos, ele sentou-se no banco ao meu lado, abaixou seu moletom até as canelas junto com a cueca e já se via seu pau duro, devia ter uns 18 cm, mais ou menos, achei lindo, colocou sua toalha no colo abaixo do pinto, e ali os outros todos olhando, ai mandei todos irem dar uma volta, eles imploraram que queriam assistir, acabei concordando, quando ele me beija, abraça e eu já pego seu mastro e começo a bater enquanto ele me beija, logo percebo as mãos dele sobre meu top me alisando os seios, ia reclamar, mas aquilo me aliviava o tesão, deixei, os outros olhando num profundo silêncio, dura uns 5 minutos e ele goza bastante, lambuza minha mão, pego a toalha e me limpo, ele também se seca e levanta levantando seu moletom, confesso que ficar ali me exibindo me dava uma sensação de muito tesão e satisfação. Chegava a hora do segundo menino, o Jonas mais novo se insinua, eu logo cortei a dele, era o menino que mãos tesão me dava dos quatro, resolvi deixar ele pro final, caso me cansasse ele seria meu estímulo, lógico que não pensei na hora, já tinha imaginado isso tudo durante a semana. Então chamei o Wagner menino que mais falava do grupo, ele veio da mesma forma sentou-se abaixando seu moletom e cueca até ao joelho caindo pelas pernas, também com pinto duro, semelhante ao do Arilson em tamanho um pouco mais grosso, logo também foi me beijando e eu segurando seu pinto e masturbando, ele já veio alisando minhas coxas que devido a microssaia do uniforme de líder da torcida estavam todas de fora, deixei, mas ele abusado foi subindo até minha xaninha, tirei minha mão do pinto dele e afastei das minhas coxas, daí voltei a bater pra ele, que então foi alisar meus seios, logo a seguir sinto ele gozar, jorrou longe fora da toalha o primeiro jato sujando o banco da frente do carro, logo a seguir um jato mais brando que lambuza minhas mão, segui o mesmo ritual do anterior e ele se levantou. Chegando a vez do terceiro, antes de qualquer manifestação chamei o Bigu para vir deixando Jonas para o final conforme planejado, tudo transcorreu do mesmo jeito, exceto pelo fato dele gozar em cerca de um minuto, e seu pinto ser o menor com cerca de 15 cm, nem tempo de alisar meus seios ele teve, fiquei com pena dele, mas ele logo meio envergonhado se levanta e veste sua roupa, enquanto eu limpo minha mão na toalha dele, ninguém falou nada da sua velocidade, penso que nenhum estava mais tão interessado na demora. Então devolvo a toalha ao Bigu e chamo Jonas meu tesaozinho, ele se senta no banco abaixa seu moletom sem cueca, levanta a camisa, me beija e eu seguro seu pinto de uns 17 cm talvez, me deu novo ânimo aquele menino ali, aliso com calma, sinto ele totalmente duro, ele alisa minha coxa sem subir demais, tira as mãos da coxa começa a alisar os seios, eu adorando aquilo, batendo bem gostoso pra ele, sinto seu dedinho entrando por dentro do meu top, acabei deixando, sinto ele encostar meu mamilo que tesão maravilhoso, acho que cheguei a gozar nessa hora, a sensação foi mágica, me sentia leve e eletrizada, logo o menino goza me lambuzando um pouco a mão, sem nem me dar conta faço como se estivesse com Maurício e lambo o pouco que melou na minha mão, noto os meninos de olhos arregalados e Maurício com cara de tesão, Jonas levanta-se vestindo a roupa e Maurício quer vir para o meu lado, chega a hora de dar uma lição nele, digo a ele que não que aquilo era só para incentivar os meninos que estavam precisando para o jogo, que ele não precisava, reclamou um pouco, mas fui dura, hoje você não tem vez aqui, cansei e ainda disse que como todos gostaram muitos me alisar os seios, caso ganhassem o próximo jogo ia ficar sem top e eles poderiam mamar nos peitinhos. Lembre-se que foi você que disse isso tudo, que era só um estímulo aos meninos, ele concordou, eu me recompus e fomos embora. Quando passamos na rua da minha casa pedi para me deixarem ali, e mandei Maurício pra casa dele. No dia seguinte soube que os meninos zoaram ele bastante, mas nem me importei.
Mais uma semana rolando até ao próximo jogo, minha cabeça sempre imaginando eu ali dona de 5 meninos e ainda por cima sendo observada por eles, me deixava a mil de tesão cada vez que imaginava aquilo tudo. Chega o novo jogo, já havia brincado bastante com Maurício nessa semana, ele entendeu ficar de fora da brincadeira com os meninos do time, além de ter falado o tempo todo do tesão que tinha em me ver brincando com os meninos. Novamente eles e pegam em casa, eu já uniformizada e com uma excitação de cadela no cio. Na hora que a Kombi para, os meninos soltam eu chamo eles e dou um selinho em cada um apertando o pinto deles, inclusive em Maurício. E lá vou eu pra torcida toda putinha e eles para o vestiário e logo no jogo. Começa o jogo com o outro time jogando com muita vontade, logo o adversário faz um gol, eles olham pra mim e eu mando beijinhos pra eles, voltam pro jogo com muita vontade ainda no primeiro tempo eles empatam e viram o tempo empatados, no intervalo eu vou no vestiário e falo pra eles se empenharem, eles dizem que o jogo está ganho, eu apenas sorrio e volto para o meu posto na torcida. Eles voltam a mil para a segunda metade do jogo, mas o jogo é bem difícil e só conseguem um gol pra cofirmar a vitoria no finalzinho, eu era a mais entusiasmada com o gol, ainda faltavam alguns minutos bastantes difíceis mas seguraram o resultado. Aguardo ele tomarem banho e lá vem eles com suas bolsinhas e cabelos molhados. Entro primeiro no carro, vou para o último banco fico lá sozinha, até que Arilson entra na rua e para o carro e acende a luz interna. Falo pra eles na mesma ordem da última vez, tiro meu top e deixo os seios a mostra e lá vem o Arilson todo animado, mesmo ritual abaixa o moletom, senta a minha esquerda e começa a alisar meus peitinhos e cai de boca logo, eu tento pegar o pinto dele, mas com ele me mamando os seios fica difícil, deixo ele se saciar e ai logo ele se levanta e passo a bater pra ele, alguns minutos ele goza, limpo minha mão na toalhinha e a seguir vem o Wagner, meio desajeitado ao mamar nos seios, mas acontece ele me beija muito eu bato pra ele e desta vez ele que goza bem rápido, a seguir vem o Bigu que mama demoradamente os peitinhos e a seguir me beija e eu bato pra ele, embora goze ainda rápido, porém, mais demorado que da vez anterior, e ao final meu tesaozinho Jonas vem me beija primeiro, já pego no pinto dele, me mama demoradamente e volta ao beijo com eu o masturbando até que ele goza, desta vez tomei cuidado pra não lamber o gozo dele da na minha mão, embora tenha me dado muita vontade. Terminada a maratona falo que no próximo jogo eu vou dar uma chupadinha no pinto deles, mas não poderão gozar na boca, a não ser que eu queira, se forem gozar tem que avisar com tempo de eu tirar da boca se eu quiser. Eles batem palmas pra mim. Recoloco meu top e vamos embora, mais uma vez sem Maurício brincar. rsrs.

Líder de Torcida Fazendo um Time Campeão III

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(0 Votos)

, , ,

Nenhum comentário

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos