Abusada por Pirralhos Amigos do Meu Irmão

Olá, Sou leitora dos contos eroticos ja a algum tempo e gostaria de relatar um fato que aocnteceu comigo no inicio do ano. Primeiramente vou me descrever : Meu nome é gabriela. tenho um corpo bonito, 25 anos, sou loira, 1:71, olhos castanhos claros, cabelos pretos encaracolados até os ombros, pele branquinha, BB médios e seios pequenos. O que vou relatar aconteceu no inicio do ano no sítio dos meus pais. Era verão e todos os finais de semana acabava indo para o sitio da minha familia no interior de SP. O meu irmão ( tem 18 anos e se chama Rodrigo ) passava quase o mes inteiro de janeiro no sitio e sempre levava alhuns colegas. Neste final de semana meus pais não foram para o sítio pois tiveram um outro compromisso e eu fiquei encarregada de tomar conta do meu irmao e seus amigos. Isso para mim não era nada demais pois ja havia feito isso varias vezes, mas desta vez foi diferente. Fui para o sitio no sabado de manhã e quando cheguei ( num dia de sol ) meu irmão estava no sitio com mais 2 amigos ( Pedro, um menino meio gordinho de cabelos pretos e Mauricio , franzinhinho de cabelos loiros ). Cheguei no sitio, fui ao meu quarto e coloquei um biquini até que bem comportado e depois fui a piscina tomar sol. Chegando lá, notei que os meninos estavam do outro lado da piscina e nem me importei com o que estavam fazendo. Deitei na espriguiçadeira e fui tomar sol. Como havia acordado cedo naquele dia, acho que acabei pegando no sono e quando acordei estava com o corpo ardendo de sol. Como ainda estava de dia, nem me importei pois achei que estava queimando e ia ficar bronzeada e continuei na piscina. passei assim o dia inteiro e os meninos sempre brincando e de vez em quando jogando agua em mim, quando eu pedia. No final e tarde Meu irmao e Pedro foram jogar bola num sitio vizinho e mauricio ficou no sitio comigo. Eu ainda estava na piscina e ele chegou perto e disse que eu estava ficando bonita bronzeada. Agradeci o elogio mas quando fui m virar notei que tinha passado do ponto e dei um gritinho . Ele ficou meio assustado e eu disse que tinha me queimado demais e que ia para dentro ver o estrago. Nesse momento ele me segurou e disse que podia me ajudar e que era só eu mostrar para ele meu corpo que ele me diria onde estava queimado. Fiquei surpresa e brava com a ousadia do menino e disse que mesmo que eu mostrasse a ele , ele não faria nada pois não passava de um moleque. Nesse momento tentei sair mas ele me apertou novamente , mas agora no ombro fazendocom que eu abaixasse de dor. Não é que o menino foi ousado e tentou me beijar. Conseguiu um selinho e só. Briguei com ele e ele me surpreendeu mais uma vez dizendo que ja tinha crescido e que eu é que estava com medo de me mostrar. Olha que abuso, eu Linda e absoluta com medo de um pivete de 16 anos. Falei que nao estava com medo e ele apostou que eu não teria coragem de mostrar os meus seios para ele . Não topei a aposta e ele me apertou novamente me fazendo ver estrelas. Nessa hora vi que não teria como sair dali sem mostrar sem ficar mais dolorida e resolvi conceder, mas disse que se mostrasse ele teria que me deixar ir. Ele topou e assim eu o fiz. Pedi para ele soltar o laço do biquini pois não consegui alcançar de dor e ele o tirou. Me virei para ele e mostrei um pedcinho dos seios. Ele não ficou contente e puxou o biquini de uma vez me deixando com os seios de fora. Cobri os mesmos rapidamente e ele logo em seguida puxou o lacinho da calcinha do meu biquini me deixando pelada na frente dele. Como ja estava nua tentei correr atras dele mas o menino me derrubou no chao , prendeu minhas mãos e me deu um beijo. Tentei resistir mas o menino segurava com força e eu acabei nao m debatendo devido a dor das queimaduras de sol. Ele entao começou a chupara meus seios e colocar a mão no meio das minhsa cochsa. Nesta hora eu ja estava ficando em transe com o que estava contecendo e não resistindo mais. Ele entao abaixou ainda mais e tentou me chupar . Neste momento me levantei e sai correndo me trancando no banheiro. Só sai quando meu irmao e o Pedro chegaram. A noite foi tranquila pois ele nao tinha coragem de fazer nada na frente do meu irmao. Coloquei um vestidinho para aliviar as queimaduras e fiquei assim por toda a noite. Num determinado momento meu irmao e os amigos inventaram de beber. Nao gostei nada da história e briguei com ele mas de nada adiantou e eles começaram a beber. Como não concordava com aquilo fui deitar. La pela 1 da manhã, ouço a porta do meu quarto abrindo bem devagarinho. Como estava deitada de costas, nao me virei achando que podia ser o vento mas logo senti uma mão em meus cabelos. Fiz que estava dormindo e ouvi vozes. Era o Mauricio e o Pedro que estavam no meu quarto. Continuei imovel e ouvi o Mauricio falara para o Pedro. Olha Pedro, hoje a tarde eu chupei essa menina inteirinha. Olha que delicia. Aquilo me deixou irritada e me virei para ralhar com os meninos quando o Pedro falou. Olha só, a putinha acordou… Perguntei o que estava acontecendo ali e disse que ia chamar o meu irmao. Neste momento o Mauricio. Ai o Pedro disse que meu irmao estava de porre e que nao ia me ouvir chamar tao cedo. Tentei levantar mas o Pedro me segurou e disse. Olha, se vc não fizer comigo o que fez com o Mauricio eu conto tudo pro seu irmao e para os seus pais. Disse que nao havia feito nada e ele me chamou de mentirosa e que o Mauricio tinha dito que eu tinha feito uma chupeda para ele e deixado ele me comer. Disse que não e ele novamente me ameaçou. Em virtude do que poderia acontecer resolvi fazer uma proposta. Que eu apenas chuparia ele e o mauricio. Ele disse que eu deveria chupar e ser chupada . Acabei concordando. O mauricio entao me deu um beijo na boca que eu retribui. Enquanto isso o Pedro tirava o meu vestidinho me deixando apenas de calcinha. Um olhava pro outro e dizia. Olha que delicia esta mina meu.. Ve se pode ?? Nessa hora o Mauricio tirou seu pinto para fora e pediu para eu chupar. O pnto do menino nao era grande e eu comecei a chupalo enquanto o Pedro passava a mao no meu corpo. Comecei a chupar o Mauricio mas so a cabecinha, tentando fazer com que o menino ficasse logo satisfeito mas ele perceber e apertou minha cabeça contra o seu pinto . Neste instante o Pedro ja tinha tirado a minha calcinha e me chupava devagarinho. Como aquilo estava me dando tesao e estava no combinado permiti o que ele fazia. Comecei entao a chupar o Mauricio com mais força afim de fazer com que ele gosasse mais rapido e acabasse logo com isso mas o pinto do menino não crescia de forma alguma. Acho que ele estava tao ansioso que deve ter tido algum bloqueio e nao fazia com que ele crescesse. levei entao o mauricio para a borda da cama e coloquei ele sentado para facilitar as coisas. Nessa hora ele segurou a minha cabeça e apertando os meus ombros que ainda estavam doloridos disse : ” Vai putinha, vc nao esta fazendo direito. Faz snão vou começar a gritar para acordar o seu irmao.” Fiquei em panico com isso e comecei uma mistura de punheta com boquete e começou a surtir efeito. O pintinho começou a dar sinal de vida. Nessa hora sinto algo me penetrando. Achei que eram os dedos do Pedro, mas quando olho o menino estava colocando o seu penis em mim. Tentei me levantar para tirar de dentro de mim quando tomei um tapa no rosto de Mauricio dizendo que eu estava fugindo e que por nao ter feito o pinto dele ficar duro rapido aquele era o meu castigo. Nesta hora, como ja estava ficando assustada e confesso que com tesao deixei rolar e em pouco tempo o Pedro ja tinha gozado em mim. O Mauricio ainda nao tinha e disse que agora era hora de trocar de posição pois se eu não conseguia fazer ele gozar ele ia se virar de outro jeito. Nessa hora o Pedro me deu seu pinto para eu chupar e o Mauricio começou a me comer . Não é que em pouco tempo o Mauricio gozou em mim e ainda por cima me disse que eu era inesperiente naquilo e que teria muito que aprender com ele. Abusado o moleque. O pedro tbem gosou em meu rosto e acabou indo embora. Após gozarem me disseram que agora que eu tinha dado a primeira vez teria que dar sempre. Achei aquilo um abuso mas nada pude dizer.. Tomei um banho e deitei alem de dolorida, envergonhada por ter cedido a chantagem que os pivetes me fizeram. Beijos, Gabriela
E-mail= gabizuke@hotmail.com