Pagaram Pra Me Ver Sendo Fudida

Vou contar uma história q aconteceu comigo a pouquíssimo tempo mais me desculpem se tiver algum erro de português. Me chamo Lucy, tenho 1.63 alt., olhos pretos puxadinhos, seios médios, bumbum durinho, 54k , cabelos negros na altura da cintura ,sou uma mulher de chamar atenção, trabalho em um grande supermercado e lá conheço vários vendedores, clientes sou casada a 1 ano e meio sou feliz apesar da carência mois meu marido trabalha durante o dia e estuda a noite mais vamos ao caso: como disse conheço vários vendedores lá conheci o Edu um cara muito bonito, olhos castanhos porte físico bem definida gente sempre conversava muito mais sempre com respeito pelo menos do meu lado, até q um dia ele me cantou disse q era doido pra me beijar e fazer amor comigo, fiquei brava e sai resmungando mais aquilo ficou me martelando o dia todo ao chegar em casa procurei meu, marido e ele disse q estava cansado deitei e virei do outro lado e fiquei pensando no q o Edu tinha falado aquilo foi me fazendo ficar excitada como ele era vendedor vinha de 15 em 15 dias e no decorrer da semanas fiquei doida pra vê-lo quando o vi me deu um tesão na hora ele estava bem arrumado ele veio me cumprimentou e me pediu desculpas por aquele dia , eu disse q não tinha nada e sorri mais acho q ele percebeu meu sorriso trabalhei aquele dia pensando no Edu , na hora q deu o meu horário sai e fui pro ponto de ônibus q ficava perto do meu trabalho pra minha surpresa apareceu o Edu me oferecendo carona, recusei de momento mais ele disse q era apenas uma carona, aceitei a carona ao chegar numa rua meio parada ele parou eu fiquei assustada disse q precisava ir embora logo q não podia me atrasar por causa do meu marido, mais ele disse q era apenas pra nos conhecer melhor acabei ficando ao decorrer do papo ele me roubou um beijo disse q era pra parar mais ai ele veio e me deu um baita beijo não resisti, ele começou a passar a mão nos meu seio, eu fui tirando disse q não percebi q ele estava de pinto duro aquilo fui ficando excitada ele começou a me bjar de novo e quando dei por mim estava de boca chupando seu pinto quando depreende ouvimos batendo no vidro do carro , eram 3 caras todos fortes e negros eu case tive um treco eles anunciaram o assalto e disseram q só queriam o carro eu disse pro Edu vamos da logo o carro pra eles o edu foi saindo do carro mais como eu estava chupando o pinto do edu ele estava pra fora q com o susto já estava mole quando o edu foi abrindo a porta um dos assaltantes disse tive uma ideia vamos levar os dois com a gente eu e o edu pedimos q não levassem a gente e q levassem o carro mais foi em vão eles , me pegaram colocaram no banco de trás e dois deles foram comigo enquanto o edu dirigia o outro no passageiro com uma arma apontada pro edu aquilo eu já estava morta de medo eles mandaram o edu parar em frente de uma construção ao descer do carro já foram me vendando tapando meu olhos e eu escutava o edu gritando q não fiquei com muito medo quando senti uma coisa na minha boca era um pinto de um dos caras , o cara fedia suor ele foi me ordenando pra chapa-lo se não matava eu e o edu fiquei com medo e assim eu fiz, me colocaram de pé e rasgaram toda a minha roupa me deixando nua, como eu estava vendada não via nada só chorava até q um deles me mandou ficar de quatro eu relutei mais não teve jeito ele me emburrou e cai ai um deles disse vadia, filha da puta vc merece o q vai levar agora fica de quatro ai logo fiz o q me pediu quando senti uma coisa grande grossa entrando na minha buceta entrou de uma vez , deu um grito de dor pois do meu marido não era muito grosso e nem grande nisso ele começou num vai e vem frenético e sempre me ameaçando enquanto um me fodia os outros dois me mandaram chupa-los mais aquele medo foi se transformando em tesão
fui ficando excitada com aquilo tudo aquele cheiro forte de suor foi se misturando ao cheiro de sexo até q me mandaram sentar num deles nisso eu fiz, sentei e como meu tesão já estava alto comecei a rebolar como uma doida nisso senti algo molhado no meu cuzinho q ainda era virgem era cuspe , pedi pra não colocar mais ele não me ouvia enquanto eu estava sendo fudida na buceta o outro foi tentando colocar o pinto no meu cu quando ele conseguiu dei um grito de dor pedi pelo amor de deus pra tirar mais ele não me ouvia ele foi fudendo sem do ate q a dor foi diminuindo e consegui sentir tesão naquilo o cara q tinha sobrado me mandou chupar o pau dele e eu comecei a ficar preocupada com o edu pois não ouvia nada até q comecei a ouvir um gemidos abafados chamei pelo edu mais o cara me deu um tapa na cara e disse cala a boca e chupa sua vadia , confesso q estava gostando aquele cheiro forte de homem me excitava ainda mais até q um deles saiu de cima de mim e veio pra minha boca e me mandou chupar e o outro foi na minha bunda, o pinto do outro era maior q do outro mais ele sem do colocou de uma vez mais como estava excitada dei um gemido de tesão e ele me disse ta gostando e puta ? Respondi com a cabeça e até q senti o cara q eu estava chupando gozar na minha boca e disse q era pra mim não deixar cair uma só gota senão eu ia me arrepender fiz sem pestanejar até q o outro saiu de trás de mim e veio fazer a mesma coisa, e o outro senti quando ele gozou em mim, logo depois escutei pronto acabamos agora q vc já viu o q queria passa a grana comecei a chorar com medo de eles fazerem alguma coisa com o edu e comigo eu continuava vendada só senti quando alguém se aproximou e disse : nossa vc e uma puta mesmo hem mesmo casada sabe da q e uma beleza da próxima eu não pago pra ver eu participo.
Se gostou envie comentário com o e-mail q entro em contato

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...