# #

Vi o meu marido comendo a vizinha

1141 palavras | 5 |3.20

O meu nome é Helena, sou uma mulher jovem de 27 anos tenho olhos castanhos-claros e cabelos longos encaracolados, meço 1,71cm e peso 68 kg, considero-me uma mulher muito quente e masturbo-me todos os dias. Tenho vontade de fazer amor a todo a hora mas o meu marido não era o que eu esperava.
Há uns tempos eu notava que meu marido ficava muito nervoso quando passava uma mulher que levava o filho na paragem do autocarro da escola, ela passava e ele fazia de tudo para ir para casa novamente e dizia que se tinha esquecido da carteira ou qualquer coisa ate que um dia apanhei-o a falar com a mulher. Não me atirei a ela porque não sou de escândalos mas fiquei cheia de raiva, a mulher era mais branca que uma parede, era um pouco alta, cabelos ruivos, e muito seca muito magra mesmo não tinha nada nem atrás nem à frente mas fiquei desconfiada que havia algo entre eles ou que estaria a começar.
Então eu comecei investigar, fingi que ia para casa de minha mãe dormir e na verdade eu ficava dentro do armário que dava uma visão completa da cama e da mesa do pc, tudo e sabia que ele não me ia ver pois a roupa dele estava no armário de fora do quarto no do corredor. Então eu fiz tudo o que devia fazer e coloquei-me lá dentro e fiquei à espera, então para minha surpresa ele chegou e tomou banho, deve ter comido e adormeceu e quando ele adormece nada o desperta, nada mesmo! Quando ouvi os roncos sai em bicos dos pés, comi algo fiz chichi e voltei para lá, a vontade de descobrir algo era tão grande que peguei num lençol e deitei-me a dormir. De manhã o despertador tocou ele levantou-se como sempre tomou banho, não sei nem se tomou café e saiu e para minha surpresa que já tinha pensado que nada se iria passar ouvi a chave na porta e corri novamente para o armário e comecei a ouvir vozes e risos, e o meu coração estava a mil eu achava que não iria aguentar de tanta raiva. Mas ao mesmo tempo gostava pois quando imaginava ficava toda molhadinha e masturbava-me sempre pensando nele com outras mas ao mesmo tempo ficava com um certo ciúme.
Ele entrou no quarto com ela e disse que eu tinha ido para a casa da minha mãe. Pela conversa vi que não tinham tido nada antes e foi ali que começou era apenas uma atracção, ela sentou-se na cadeira do pc e ele de lado na cama conversando com ela, e via que ela estava com um top branco e umas calças largas desportivas, ele sentou-se e ela começou a dizer que não sabia como eu o deixava sozinho!
Era venenosa a cobra grande puta, e vi que a mão do meu marido começou a tocar na perna dela sobre as calcas e puxou-a, ele ficou de pé e ele sentado na cama, começou a beijar-lhe a barriga dela e ela puxava-lhe os cabelos acariciava-o e ele levantou o top dela e começou a apertar os biquinhos com forca e começou a mamar um e a apertar o outro e com a outra mão por cima das calcas esfregando a cona dela que respirava cada vez mais ofegante e nem falavam, depois de algum tempo assim ele levantou-a e tirou-lhe as calcas e sentou-a na mesa do pc e ele sentou-se na cadeira e o fio dental dela que mal lhe tapava a cona deixou-o louco!
Ele abriu-lhe as pernas e colocou-as nos ombros dele e puxou o fio dental para o lado e começou a passar a língua primeiro na virilha e depois começou a lambe-la e ela gritava e ele apertava os biquinhos do peito dela as vezes metia o dedo no cu dela ia pro metia a língua e tocava-lhe no clítoris e ela estava louca de tesão. Ela foi para o colo dele na cama deitou-o ele a colocou-se sentada na cara dele e ele chupava e ela gritava e rebolava na boca do meu marido e eu molhadinha não podia fazer nada para nao me descobrirem, eu estava cheia de tesão e ódio e via que ele a mamava com gosto, depois ela desceu e tirou-lhe as calcas e começou a chupar aquele pau grosso e mamou-o com gula cheia de vontade e lambia e acariciava os ovos e ele começou a falar em espanhol para ela pois ele é espanhol, para que ela chupasse tudo que era ela uma puta que mamava muito bem e que ele estava adorando a boca dela, e ela lambia a cabecinha e batia uma punheta ao mesmo tempo. Ele pediu-lhe ela para por a cona na cara dele e fizeram um 69 ele lambia a cona e enfiava o dedo no cu dela e a puta gemia e gritava e ela chupava-o ate que ela deu um gemido muito forte e ele parou e ele não se veio. Colocou-a ela em cima do pau dele e ela saltava como louca e os peitinhos durinhos nem se mexiam.
Ele mordia os lábios e ela não parava e ele apertava aqueles peitinhos e tocava no clítoris dela, ela mexia-se bem, confesso que ate eu estava com tesão por ela, era boa de cama e tinha uma cona de sonho. Aqueles movimentos loucos pararam e ele colocou-a de 4 e a segurava-a na cintura e a fazia galopar e fez com que aquela puta ficasse toda dorida de tanto levar com o caralho. Depois colocou-a de frente para ele ajoelhou-se na cama segurou e abriu as duas pernas dela bem alto e meteu o pau com muita forca e ela já estava que não se aguentava devia ter-se vindo várias vezes mas ele nada. Ele de repente tirou o pau para fora e só vi leite a voar para a testa dela nos peitos e ela passava a mão e chupava tudo. Depois abraçaram-se sem nada de beijos amorosos ficaram deitados conversando sobre a foda e ele acariciava a cona dela, descansaram ela limpou-se e vestiu-se e teve que ir e ele também pois tinha que trabalhar mas antes tomou um banho e arrumou as coisas para eu não ver e eu ali fiquei na maior seca.
Quando sai do armário masturbei-me e e fiquei a pensar em como faria para dizer que eu vi, o que acham? Comentem e digam o que devo fazer, confesso que morri de tesão.

⏩ O melhor site de desenhos animados pornô do 🇧🇷, HQs eróticas🔥

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,20 de 10 votos)

# #
Comente e avalie para incentivar o autor

5 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Dragon ID:469cw1pe20bq

    De boa, seja, direta e sincera e fazer como a Élida, igualzinho sem cerimônia

  • Responder Élida ID:81ri9kz6iin

    Flagrei meu marido comendo não a vizinha, e sim a filha dela, uma guria de 10a. O que me impressionou, é que ela gemia tão gostoso com ele socando a rola nela, que até desisti de fazer escândalo. A cena me deixou excitada, que saí de onde estava, entrei em casa, e fui tomar um banho pra baixar temperatura. Acabei me masturbando e gozei gistoso. Deixei pra pensar depois, no que ia fazer. Qdo ele subiu, me viu sentada no sofá, parecia que tinha visto um fantasma. Comentou que cheguei mais cedo e tals, e foi tomar banho. Qdo foi pro quarto, fui atrás. Abracei ele, passei a mão na rola dele, segurei, abaixei e comecei a chupa-lo. Não demorou nada pra endurecer, até estranhei. Fomos pra cama, e chupei até ele gozar na minha boca. Sentei sobre ele, e cavalguei gostoso, até gozar e faze-lo gozar novamente. Ele afagou meus cabelos e perguntou o que tinha acontecido, que tesão era aquele. Levantei o rosto, fitanto seus olhos e perguntei.
    – a quanto tempo vc vêm trepando com aquela putinha mirim ?
    Ele saltou da cama assustado, quis falar mas não deixei.
    Daquele dia em diante, a gostosinha passou a fazer parte das nossas trepadas. Foram quase cinco anos de muitas surubas com ela.

  • Responder fotasteiro ID:7z8banrk0jj

    Deicha seu zap pra mim q eu ti falo oq deve fazer
    Gostosa

  • Responder Byra ID:hecya6w8j4

    OI Helena …..
    Então se lhe deu prazer , acho q VC deveria contar sim , e fzr isso junto com ele , e começarem a se prepararem para um menage a trois . mande um e-mai para [email protected], me referindo sobre o seu caso e vamos conversar , mais reservadamente

  • Responder R.winchester ID:8ds77kjoik9

    Tem que trai-lo também me dando a buceta gostosah