O Meu Patrão na Fazenda

Este caso aconteceu quando eu, Joana, tinha 17 anos e meu marido Milton tinha 22 anos, nós moravamos na roça no interior de minas gerais casamos no mes de setembro e fomos morar na fazenda do seu Carlos ele ia ser vaqueiro e eu tomar conta da casa a familia do seu carlos morava na cidade e ele ficava na fazenda durante a semana e no fim ia pra cidade.depois de uma semana trabalhando lá seu carlos começou a insinuar pra mim , me elogiando pedindo abraço , beijo e eu fugindo como podia tentei dar uma dura nele ameaçando contar pro meu marido ele disse que se eu fizesse isso nós perderiamos o emprego e não arranjaria outro naquela região onde todos os fazendeiros eram amigos dele.eu sabia que era verdade e o assedio continuou ai ela ja passava a mão em mim, começou a me mostrar o pau quando meu marido saia ele tomava banho com a porta aberta e o banheiro era junto com a cozinha,sem querer eu vi que ele tinha uma vara enorme mais ou menos uns 18 cm um dia nós estava jantando os tres sentado a mesa ele pegou minha mão e botou no seu pau que tava fora da calça tentei tirar mais ele segurou com força tive que sugeitar pro meu marido não perceber depois botou a mão no meio da minhas pernas tentei fechalas mais não consegui ele era forte começou a doer tive que abri-las só que a calcinha atrabpalhou ele e ele não conseguiu me botar o dedo. no outro dia ele mandou eu ir pra cozinha sem calcinha eu estava começando a sentir tesão com aquilo fui ele me botou o dedinho e eu senti meu primeiro orgasmo ja pensou na frente do meu marido eu não podia demonstrar nada ai virou vicio toda noite era mesma coisa mais ou menos uns dez dias depois, meu marido levantava de madrugada todo dia pra ir pra lida um dia assim que meu marido saiu ele entrou pelado e deitou comigo quase morri de susto e medo mais fazer o que, ele rasgou minha camisola e começou mamar minha boca foi descendo para os peitos e eu quase desmaiando desceu a língua até minha bocetinha nesta hora comecei a gozar na boca dele quando ele viu que eu tava gozando montou em mim e meteu a vara na minha bucetinha acho que gozou 2 vezes mais ele era inssaciavel tirou a vara me virou e meteu aquele pau melado no meu cuzinho quase me matou de dor. isto virou rotina me ensinou a chupar ele, e nós sempre comessava com um sessenta e nove depois ele botava na minha buceta e depois no cuzinho. um dia meu marido voltou no quarto não sei pra que e eu tava de quatro e ele me enrrabando, meu marido ficou pasmo, ja pensou, nós só faziamos sexo tradicional e eu levando na bunda daquele jeito: me deu nele uns sopapos jogou ele no chão e deu nele uns chutes. Eu tentei explicar e ele me olhou com tanto desprezo queria dizer que não tive culpa que fui seduzida ele apanhou as coisas dele e foi embora, passou na minha casa contou tudo pros meus pais e foi embora. Meu pai não me aceitou em casa e minha mãe me mandou pra Belo horizonte ,morar com minha tia . Elame ajudou, era piranha e eu cai na vida mais fui bem experta e consegui ficar bem de vida 2 meses depois eu descobri que estava grávida, e não sabia se do milton ou do carlos só quando nasceu descobri que era do meu marido era a cara dele. Meu marido teve outros relacionamento que não deu certo e depois de 10 anos voltou pra mim e pro filho, só que eu tive uns clientes que me ajudou muito e ficamos amigos esses eu não deixei e de vez enquanto tenho que dar uma metidinha com eles.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 1 votos)
Loading...