Peguei a mãe do meu amigo

Sou Ricardo, e vou contar para vocês a experiência que tive com a mãe de um amigo meu do serviço.
Dona Debora é uma quarentona divorciada, mãe de três filhos, porem ela tem um corpo muito gostoso e sempre sentia atração por ela todas as vezes que ia em sua casa e ela era bem safada e ja tinha percebido o volume em minha calça e parecia que ela me provocava de proposito.
Minha obsessão era de comer aquela xoxotinha que a muito tempo não era arrombada mas a oportunidade nunca surgia eu ja frequentava a casa dela com muita freqüência e nada.
Até que um belo dia, os filhos resolvem fazer uma surpresa de dia das mães e fariam uma homenagem na casa de uma irmã de dona Debora, e combinaram comigo de eu subir e supostamente dar uma manutenção  no computador da família para segurar a dona Debora durante duas horas e assim fiz.
Quando cheguei la, dona Debora estava com uma camisola preta, e se abriu dizendo que seus filhos a haviam deixado em pleno diia das mães sozinha. Eu disse a ela para não ligar e que eu gostava dela como uma mãe, so que meu cacete ja estava quase pulando para fora da calça, neste momento ela agradeceu o carinho e se prontificou a da ser um café  para nos.
Esta hora estava muito afim de pega ela de jeito, mas tinha medo da reação dela.
Quando ela voltou com café ainda de camisola, começamos a conversar e eu viajava em seus seios, quando ela percebeu e perguntou o que foi? E eu disse, que achei a camisola dela muito bonita e els agradeceu, e então ela colocou a xicara na mesa e sentou ao meu lado sorrindo e eu senti que ela ja esperava algo de minha parte; desta vez não  deixei a corvadia tomar conta abracei ela desejei feliz dia das mães e ja deslizei minhas mãos para seus seios e fui acariciando, e ela foi logo dizendo que era o melhor presente que ela podia ganhar e ai ela desceu minha calça e ja engoliu meu ai ja   cacete e ficou ali xupando bem feliz e eu ja fui deitando ela e comi ela ali durante um tempo, depois do acontecido o filho dela me ligou informando que a surpresa estava pronta e que eu a convencesse dona Debora a subir para casa de sua irmã, ela aceitou, trocou de roupa colocou um vestido azul maravilhoso e quando descemos as escadas que dava para garagem onde estava meu carro disse para ela que tinha uma tara por mulheres de vestido, e ela ficou sorrindo e ai novamente não resisti e ali mesmo na garagem coloquei ela sobre o capo e dei aquele trato nela, e ela me agradeceu muito e falou que gostaria de fazer isto outras vezes, depois disto fomos embora, os filhos fizeram a surpresa e tudo correu bem. Passado o tempo continuei, comendo a dona Debora mas os conto outro dia.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 2,00 de 1 votos)
Loading...