# #

Desde criança sou ninfomaniaca

1024 palavras | 32 |3.94

Tem coisas que acontecem na nossa vida que nunca sai da nossa cabeça, por mais que eu tente apagar, não consigo. Tinha somente 7 anos e fui bolinada pela primeira vez de uma série de vezes. Tinha apenas 7 anos, e costumavamos brincar de pega pega no interior, um ficava para procurar e os outros corriam prá esconder. Nessa brincadeira foi a primeira vez que vi um pinto, era o do meu primo, um pintinho de nada, que ele se aproveitando o nosso esconderijo embaixo da cama, subiu em mim e esfregou o pintinho até ouvir a voz da minha mãe: sai os dois dai! Depois desse dia, sempre que tinha chance ele esfregava o pintinho em mim. Aos 10 anos tava viciada em roçar o pintinho dele, como tinhamos a mesma idade, ninguém machucava ninguém, ai ele me pediu prá botar na boca como ele viu escondido no filme que o tio tava assisitndo com atia. Olhei o pintinho com nojo e disse: -eu não! Ai o priminho dise que se eu não chupasse ele ia contar prá a minha irmã que eu roçava no pinto dele toda tarde quando a gente vinha da escola, e de fato, ele não tava mentindo, todos os dias vinha somente nós dois andando da escola até a roça, ai a gente entrava no mato da beira da estrada de barro e ele me comia, quer dizer, nos nossos bobos 10 anos, pensavamos que roçar a rolinha na minha xaninha era “comer”. Bom, não queria que ninguém soubesse desse segredo, então, o jeito foi abaixar e chupar aquele caralhinho magrinho e sem sal. No final daquele ano, o tio arrumou um emprego na cidade e o primo foi embora. Chorei uma semana inteirinha e nos dias que se seguiram sentia falta dele e do pintinho dele no caminho de volta da escola. Levaram meu brinquedinho! A verdade é que eu descobri que estava viciada em fazer ousadia com meu primo escondidinho. Passei a me esfregar no tronco de uma árvore todo dia quando voltava da escola, entrava no mato e me esfregava, me esfregava, beijava a árvore, metia a língua num buraco que eu mesma fiz na árvore até gozar. Me apaixonei pela árvore! Aos 12 anos, não aguentava nais roçar na árvore, queria mais só que não tinha mais nenhum priminho prá passar o pintinho em mim. então continuava me esgregando na árvore. Um dia, estava tão cheia de tesão, roçando em minha árvore, que nem vi aquele homem se aproximando, aliás, nem sei de onde saiu aquele monstro. Ele foi passando uma mão em meus seios durinhos e tapou a minha boca com a outra prá eu não gritar, tirou uma rola enorme de dentro das caças, já estava dura porque ele já tinha tempo me vendo trepar com a árvore. Começou passando a rola pelas minhas pernas, na minha bundinha pequena e enfiava a mão, alisando a minha buceta. Nunca tinha experimentado essas carícias tão gostosas de um homem e verdade. Fui logo abrindo as pernas e falei: – tira a mão da minha boca, não precisa me machucar, o que vc quer, eu também quero, gozar. Ele me puxou e jogou no chão, abriu minha buceta, meteu e sussurrou no meu ouvido: ainda menina e já é puta! Vamos brincar de papai e mamãe agora. Meteu em minha buceta o seu pau grande e duro e mexia, mexia bem gostosinho dentro de mim, puxava e me balançava, eu não senti nenhuma dor por receber um pau de verdade em minha buceta, perdi o meu cabaço sem dor de tanto que eu treinei com o primo. Não conseguia parar, queria mais e mais, e ele bombava, bombava, fazendo um papai e mamãe gosotoso dentro do mato, e eu sussurrava: é assim então que é trepar? Perdi meu cabaço com um homem que nem conhecia, mas que sabia fazer bem mais coisas que o meu primo. Eu me remexia toda embaixo dele, que negócio gostoso e meladinho. Gozamos gostoso, ele pegou papel do meu caderno e me limpou para minha mãe não desconfiar. Passamos a nos encontrar toda tarde na volta da escola, ele me esperava na minha árvore, todos os dias, tava viciado. Um dia ele tava enlouquecido e gritava: quero comer seu cu sua ordinária! Nem sabia o nome dele, mas chamava ele de Zé e sentia na minha carne como ele trepava gostoso. Ele estava louco, agressivo, tirou a minha farda, me chupou todinha, depois meteu a pica em minha buceta e ficou metendo e tirando, metendo e tirando, enfiava e tirava devagar, mexia, mexia, se apoiando no chão com aqueles braços fortex, e como mexia gostoso, eu gemia baixinho e ele urrava até gozar, ele não conseguia parar, queria mais, aos 12 anos jeu á tinha um corpão, os peitos grandes e bundona. Ele me virou de quatro e perguntou: – ainda tem cabaço no cú? Eu respondi que se ele não tirou ainda eu tinha, pois ele foi meu único “homem de verdade” até então. Ele me puxou e disse: – vai perder minha gostosa, quero comer seu rabo todo, e enfiou a pica no meu cu, gritando: quero tirar o cabaço do seu cu, chorei de dor, gemi, mas ele não teve pena, me enrabou, eu fui gostando. Que delicia! Trepamos assim até os meus 14 anos, quando eu fui embora da minha casa na roça prá trabalhar na casa de Dona Tereza, na cidade. Era bom fuder com ele, mas na casa de D. Tereza foi melhor ainda, aprendi muito mais, até a trepar com as meninas também é bom! Aguarde o próximo conto, já sendo empregada de D. Tereza, amante do marido dela e servindo aos filhos e aos amigos dos filhos dela… Só falta comer a filha dela e pelo jeito nem vai demorar, tenho aprendido coisas novas!

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 3,94 de 35 votos)

# #

32 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos
  • Responder Mr Dj Assassino de Pedos

    KRL SÓ TEM DOENTE NOS COMENTÁRIOS

  • Responder Silva

    Conto delicioso e uma experiência diferente, essa árvore teve a sorte que muitos nao têm mais adorei e nap consegui encontrar os outros contos que pena.
    Telegram: @silva_silva_silva
    Mulheres e meninas que tem fantasias e desejos vamos conversar so chamar

  • Responder NovinhoGostoso

    mulherada @garryxd22 meu telegram sou simpatico quiserem conversar sou novinho

  • Responder Ebannus

    Por onde vc anda?
    Acabou os contos?

  • Responder Admirador do amor

    Se eu fosse teu pai teria te comido aos 7 anos de idade mesmo.
    Adoraria ter te te feito a puta ninfomaniaca tão novinha.

  • Responder Alexandre

    Super excitante esses contos!Não tenho filha,mas meu sonho é brincar com mãe e filha,ou filhas juntas,se tiver alguma mãezinha e filhinha safadas que queiram realizar meu sonho,irei adorar.Meu e-mail é: [email protected]

  • Responder Adriana

    Eu chupava minha sobrinha de 5 anos, até seus 10 anos. [email protected]íl.com

    • Joeste

      Sério isso? Que delícia! Me conta mais… [email protected]

    • Kaio

      Delicia,eu comía minha priminha de 7
      aninhos

  • Responder lucas

    Mnha amiga de 12 anos me chamou na casa dela eu sempre ia la ajudava a mae dela, tenho 16 eu pensava q minha amiga era virgem fui mostrar um vidios pra ela de porno ela disse q vitinho um primo dela ja tinha comido ela, eu insisti muito ela deixou eu pega na piriquita dela e acabei colando meu pau nela so q era grosso pra ela ela gemia bastante demorei 6 minutos eu Acho pra enfiar td deixei ela acostumar dei 5 estocadas ela chorava gritava de dor e prazer ai acabei gozando rapido ela deitou c a buceta pra cima e as pernas bem aberta bucetinha rosadinha gozada fiz uns carinhos pra parar de doer

  • Responder JulinhaAPutinha

    Quando eu tinha 10 meu padrasto me fodeu e eu lembro de gozar muito
    Depois de um tempo minha mae viu meu padrasto enfiando a mao na minha calcinha e pediu pra ver uma tranza nossa
    Quando ele meteu no meu rabo minha mãe ficou maravilhada do meu cuzinho engolir aquela rola e me perguntou se eu sabia chupar uma boceta
    Nós começamos um trio de sexo que acontece até hoje, me lembro e foder tão gostoso com a mamãe que pensamos até em filmar
    Agora eu tenho 15 anos e tenho um irmão de 4 que fui incarregada de introduzir no sexo
    Ele ja mama nos meus peitos e gosta que eu chupe ele, estamos caminhando bem e logo ele vai estar fodendo a mamãe e a irmãzona dele!
    Amei seu conto, gostaria de conhecer mais pessoas que são criadas no sexo como eu, eu amo nossos programas em familia!

    • vava

      quero sim Julinha pode entrar em contato comigo [email protected] skype [email protected]

    • ze leilao

      quero sim Julinha pode entrar em contato comigo [email protected] skype [email protected]

    • Kiritokirir

      Que delicia adoraria saber mais conte para mim 7u7
      [email protected]

    • Sabrina

      Minha história é quase como a sua… Mas aqui em casa foi meu pai mesmo q me iniciou eu não lembro mais ele e mamãe fala q desde dois aninhos papai ja me dava banho, com 5 eu ja chupava ele mas tudo com a minha mãe junto ele me penetrou eu tinha 7 anos. Tbém ganhei um irmão quando estava com 10 anos agora ele tem 5 e eu 15 ja chupo ele ele ne chupa . Somos felizes eu estudo bastante ja passei no Enem no primeiro ano do ensino médio nada interfere e não tenho q ficar com desconhecido.

    • Andressa

      Eu fui criada assim, tenho 17 anos

    • Adelio

      Oi Andressa, me escreva:
      [email protected]

  • Responder Anônimo

    dlcia d conto

  • Responder [LSD]

    A partir de hoje não vou mais me masturbar, entendi que a busca jovial por prazer é o que atrapalha na minha cognição, esse mesmo tempo em que eu passo batendo punheta eu poderia estar criando novas sinapses, ficando mais ativo. A adolescência é uma pedra brilhante que não deve ser manchada, para no futuro, quando for lapidada, esteja mais brilhante e transparente. Buscar o amor, nas ações habituais, num livro, numa equação ou até no puro existir. A essência do prazer é o vício, o vício por si só não vicia, o que faz o vício é a falta de amor, serei puro. Amarás a Deus sobre todas as coisas. Deus é amor, então : amarás o amor/Deus sobre todas as coisas. Ao praticar a masturbação, eu estou diminuindo o amor, tirando o sentido dele, mas quando eu amo… Quando eu amo de verdade, eu tenho tudo, eu abro os olhos que nem existiam. Algo que deveria definir o humano, amor. Ao buscar o prazer venério, você deixa de ser humano, pois passa a deixar de amar, realmente amar. Seja humano.

    • Vitória Stephanie

      Eu amo me masturbar, então não tem problema.

  • Responder Pauzudo

    Gosrei do conto…so coroa e so viciado em sexo..quero come cu de casada..solteira enovinha..sou pauzudo..me chama no zap..41-9730 1324….

    • renata

      gostoso

  • Responder Anônimo

    Gostaria de receber algumas fotos de novinhas pra bater umas p unhetas. Qualquer contribuição é bem vinda.
    [email protected]

  • Responder Lobo

    ??

  • Responder Wow

    kkk ri muito no início kkkkk show de piranha você hein sua vadia do caralho
    beijo

  • Responder claudiosorocabasp

    Moro em sorocaba, sou educado, cheiroso, culto, excelente nível, com corpo musculoso pele clara cabelos pretos lisos olhos castahos claros, rosto bonito, com local discreto e seguros em sorocaba mas posso viajar durante a semana

    Adoro beijos demorados longas preliminares demoradas penetrações para vc sentir prazer e gozar comigo.
    Procuro mulher fogosa ou casal liberal cujo marido sinta prazer vendo a esposa com outro macho, para encontros sigilosos e quem sabe frequentes, com sigilo, segurança e higiene, visando somente a intensos momentos de prazer sexualMoro em sorocaba, sou educado, cheiroso, culto, excelente nível, com corpo musculoso pele clara cabelos pretos lisos olhos castahos claros, rosto bonito, com local discreto e seguros em sorocaba mas posso viajar durante a semana.

    Meu e mail é [email protected]

    Adoro beijos demorados longas preliminares demoradas penetrações para vc sentir prazer e gozar comigo.
    Procuro mulher fogosa ou casal liberal cujo marido sinta prazer vendo a esposa com outro macho, para encontros sigilosos e quem sabe frequentes, com sigilo, segurança e higiene, visando somente a intensos momentos de prazer sexual

  • Responder pedro folia

    Troco fotos e vídeos de meninas e minhas filhas
    Não aos curiosos
    Deixem seus zapzaps com o nome do meu perfil pra identificação aqui
    Eu retortoda todos

  • Responder Anonimo safado

    Vem de whats safada 6793309947

  • Responder vivith

    Amei o seu conto! Com 5 anos eu e o meu primo já rossavamos.
    fico com tezao só de lembrar.

    • alexandre

      Me ado no whats 9941-1578

    • 1

      Eita

  • Responder Anônimo

    nossa adorei seu conto sera que poderia me enviar por [email protected] beijos e obrigado