,

Dando porra no cú e buceta da minha Enteada

19-09-14 111 ★ 5.00

Olá amigos…O que venho a contar para todos vocês é totalmente real e verdadeiramente prazeroso para mim já ha alguns anos…
Me chamo Flávio,tenho 30 anos,moro na zona sul de são paulo,em uma de suas muitas periferias.
Sou um cara que não chama muito atenção mas dou pro gasto. Tenho 1,87 cm de altura e um pouco acima do peso(95 kg),moreno claro olhos castanhos e cabelo curto.antes jogava bola aos fins de semana mas depois que me casei com minha Esposa Cássia eu deixei um pouco de lado o bom habito do esporte.
Bem minha esposa Cássia tem 40 anos,ou seja 10 anos a mais do que eu. Ela tem 1,64cm e 54 kilos,uma falsa magra e baixinha Branca dos cabelos encaracolados uma delícia ,até hoje a dona da maior buceta que eu já ví na minha vida que apesar dos 2 filhos que teve está a todo vapor Peluda e apertadinha aos 40 anos.
Conheci minha safada numa noite chuvosa em agosto de 2004 e estamos juntos até hoje,já são 10 anos de muitas fodas e prazeres que em outra oportunidade terei o maior prazer de narrar.
Mas o grande e principal motivo do conto ser narrado é a minha enteada Rafaela.
Um tesão de menina,por assim dizer. algo que nem em dez vidas de sacanagens eu terei novamente a chance de conviver novamente. Essa menina mexe comigo a cada dia que passa.
Hoje ela está com 22 aninhos. 1,69cm de altura 53 kilos,magrinha,tesuda ,magra mas com uma bundinha muito apetitosa e com seios deliciosamente pequenos.
Quando a vi pela primeira vez no ano de 2004 ela era uma pequena criança de olhos tristes e tinha 11 pra 12 anos. Achei uma menina muito triste,ao perguntar para sua mãe Cássia o motivo ela me disse que a tristeza devia-se pelo fato de que a menina sentia a falta do pai e do irmão 1 ano mais velho que vivia com o dito cujo,que a abandonou ela e a sua mãe quando era mais nova.
Pouco tempo depois de certa convivência a garota foi se apegando mais a mim de uma forma de filha e eu de pai dela,depois de algum tempo o pai dela deu sinal de vida,mas sem se aproximar muito da cássia,apenas levando o filho deles o Rafael irmão da Rafaela para passar um ou outro final de semana com sua mãe Cássia.
isso aconteceu no longínquo ano de 2005.
Neste mesmo ano resolvemos morar juntos porquê já não dava para sair de Jandira onde eu morava até a casa dela todo final de semana. 8 meses após nos conhecermos e várias fodas depois resolvemos morar juntos,aliás eu fui morar na casa dela…Agora eu,Cássia e Rafaela eramos uma família.
passaram-se anos maravilhosos,viajamos muito,as vezes o Rafael,Filho da Cássia ia com a gente,já que ele gostava muito de mim. Eram momentos de muita alegria,Principalmente para a Rafaela que crescia na segurança de um ”Pai” por perto.
O tempo foi passando e meu tesão pela Cássia aumentando…Com 5 anos de casados já no fim de 2009 transávamos 3,4 vezes ao dia ,sempre com muita porra na buceta e no cú da minha coroa safada. Mas um grande e inesperado momento de minha vida acontecia ali ao vivo.
A minha Enteadinha Rafaela já era uma moçinha de 17 anos e me adorava como pessoa e protetor,na qual eu não conseguia mais disfarçar os olhares de mim para ela que sempre fingia não perceber e eu logo ia retirando a cara de tarado e me recompondo como pai exemplo.
Com a minha Rigidez e de sua mãe a nossa Filhinha estava sempre sendo vigiada,tinha horário pra ir e vir e tinhamos certeza de que ainda era virgem…Pois é…Tinhamos.
Uma bela tarde no outono de 2009 estava em casa numa terça feira,de folga(trabalho como segurança num grande shopping) Rafaela havia acabado de sair quando fui a sala ver tv e resolvo entrar na internet para ver algumas notícias e navegar na época no famoso orkut. Pelo movimento da casa constatei que minha bela enteadinha já havia chegado do colégio e devia estar ou em seu quarto descansando ou na casa de alguma amiga de escola.
Quando fui ver o PC que estava ligado encontro a janela do Msn aberta. Era o Msn da minha enteadinha. Até então sentia pavor de imaginar ver alguma coisa dela que me fizesse sofrer,porque apesar de sentir uma pontada de tesão por ela,nunca me insinuei ou tentei vigia-la no banho ou nua por exemplo. Bem…voltando ao msn…A tela estava cheia de janelas abertas…Muitos garotos da sua idade falavam oi e ficavam no vácuo mas uma conversa me deixou o resto do dia intrigado…Uma conversa com uma amiga dela de escola,a Jéssica. Uma menina feia e sem graça que as vezes vinha aqui em casa pra fofocar e falar mal de tudo e todos.
Na janela que demorou horas para subir até o início havia um dialogo resumido por mim mais ou menos assim…
Rafaela -Oi sua puta como vc está?
Jéssica -tô bem sua vadia,e vc já ta melhor da buceta?kkkkkkk
Rafaela -kkkk to sim vadia,ainda aguento outras depois de ontem.
Jéssica -hai amiga eu tambem to esfolada,a rola do adriano é maior do que eu pensava
Rafaela -eu so estou com um pouco de sangramento no cu,os meninos estavam bebados e não tiveram dó da gente.
Jéssica – vem aqui em casa e pega uma pomada que é otima
Rafaela – tá bom já vou jajá,beijos me espera .
Ao ver aquela conversa meu chão desabou. um mixto de dor de pai,de tristeza e decepção tomou conta de mim. fiquei imóvel na cadeira da sala.
Pensei em ligar pra cássia pra contar tudo o que eu lí e tinha visto mas não conseguia mover nenhum pé da sala,só ódio e ciúmes…sim,ciúmes. Pela primeira vez na vida a minha enteadinha me despertava ciúmes…
Deixei o PC do jeito que estava e fui pro meu quarto refletir sobre o que havia se passado.
Depois de uns 30 minutos imaginando minha enteadinha dando o cú numa suruba talvez com sua colega meu pau começou a estranhamente a ver ela do jeito que a minha razão não deixava. Comecei na cama a punhetar uma leve punheta até que ouví o portão se abrir e ajeitei o pau dentro da cueca quase não entrou porque no máximo da excitação meu pau chega a medir 21 centimetros.
Era a Puta da Rafaela. Quando ela abriu a porta da sala percebi pelo barulho que ela foi correndo para o computador e balbuciou coisas como:-nossa,que merda,deixei ligado…-Não fechei,droga!!
Ao sair do quarto de bermuda meu pau estava duríssimo e ela ao me ver tomou um susto daqueles com minha presença,sem não antes notar o tamanho do meu cacete e me perguntar tremendo se eu havia acordado naquela hora…2:20 da tarde.
Respondi que sim e fechei a cara mas meu pau não baixava,então ela me perguntou o que que eu tinha ,eu prontamente respondi que estava com dor de cabeça…Realmente nas 2 cabeças.
Ela então ficou na sala e eu resolvi sair um pouco e pensar se eu contaria ou não para a sua mãe mais tarde quando a Cássia chegasse. Fui para uma praçinha perto de casa e fiquei por lá até as 6 horas. Quando voltei a Rafaela não estava em casa mas parecia que havia saído ha pouco tempo pois o banheiro ainda tinha vapor de banho recém tomado. Ao entrar no banheiro para dar uma mijada ví em cima da pia a calcinha daquela safada jogada. Ela sempre deixava a calcinha jogada no banheiro,desleixada que é,mas dessa vez foi diferente…Meu instinto masculino acordou pra minha enteada de uma forma que antes era impensável. Peguei a calcinha dela ,que não estava molhada de água de chuveiro ,como muitas meninas de sua idade fazem,mas sim com um caldinho grosso de buceta de mulher que está ovulando…Cheirei a calcinha da Rafaela pela primeira vez na minha vida…O cheiro que senti foi indescritível,entrei em transe por alguns minutos refletindo o que eu havia acabado de sentir. Um cheiro azedo,forte,mas ao mesmo tempo doce e suave…Nunca saberia colocar as palavras certas. Meu pau subiu automaticamente,fiquei ali cheirando e roçando minha pica naquele melzinho que estava na parte do fundo da calcinha dela e imaginando como seria sua buceta,imaginando que horas antes meteram a rola ali,não sei 2,3 talvez 4 caras diferentes tivessem penetrado aquela buceta da Rafaela que talvez fosse parecida com a buceta da Cássia.
Pensei em gozar na calcinha dela e deixar lá para ela saber que meu pau estava pronto para ela ,mas pensei na hora e ví que estava proxima da Cássia chegar do trabalho.
Meu pau estava estourando e com a porra a ponto de espirrar naquela calcinha branquinha e vermelha bem pequena e azeda,sujinha. Coloquei a razão é frente do meu tesão e parei a punheta,coloquei a calcinha de volta na pia e sai do banheiro.
Quando fui pro quarto fiquei pensando o que fazer para meu pau baixar e senti o cheiro da buceta da Rafaela na minha pica. Estava bem notável e minha pica com veias grossas quase rasgava o calção.
10 minutos depois minha esposa Cássia chegou com uma cara de super cansado,(Cássia trabalha numa empresa como supervisora que presta serviços de limpeza em escritórios). Imaginei logo como iria explicar se cássia resolvesse chupar meu pau alí e sentisse o cheiro da buceta de sua filha no meu cacete,então eu com medo perdi um pouco da ereção…
Beijei ela bem safadamente e perguntei como foi o dia dela e fomos tomar um banho juntos bem gostoso no mesmo banheiro que estava a calcinha da minha querida enteada.
O clima foi esquentado,eu ensaboando ela e olhando pra calcinha que minutos antes estava no meu pau…Não deu outra,Virei a Cássia de costas e meti em sua Buceta que já estava toda ensaboada. Fiquei com uma deliciosa visão de minha esposinha de costas molhadas e a calcinha de sua filha na frente dela…Bombei forte sua buceta por alguns 15 minutos e despejei muita porra dentro da buceta da Cássia que gozou intensamente juntinha comigo.
Minha pica saiu dura de dentro dela que me beijou e terminou seu banho e eu alí olhando pra calcinha da Rafaela…
Por volta das 22:00 horas a Rafaela chegou e fui logo perguntando onde ela estava,que já estava tarde e ficamos preocupados,ela deu uma resposta vazia e sem nexo de que tinha ido buscar uma prima da amiga no trabalho dela…Devia estar fodendo com os caras qua haviam comido ela no dia anterior isso sim.
Fui dormir com vontade de voltar ao banheiro pra ver se sua calcinha ainda estava lámas Cássia iria acordar então fui dormir com a pica como pedra.
Na manhã seguinte quando eu estava me preparando para ir ao trabalho meu chefe me ligou e pediu para eu folgar de novo pois eu estava com muitos banco de horas e precisava zerar urgentemente…Eu não gostei nadinha(irônico).
Minha esposa Cássia estava se arrumando para ir ao trabalho dela (Trabalhava como supervisora de um colégio),Avisei que ia dormir mais um pouco e deitei na cama,Cássia se despediu e saiueram por volta das 7 da manhã.
Minha enteadinha já tinha ido estudar mas eu não conseguia cochilar. Quando foi umas 9:00 horas levantei da cama fui pra padaria comprar pão e algumas coisas para acompanhar meu café que planejava fazer.
Quando estava voltando antes de chegar em casa ví da esquina de minha casa a Rafaela e a amiga que ela conversava no msn entrando em casa e achei muito estranho pois geralmente Rafaela chegava em casa 1:00 da tarde.
Esperei uns 20 minutos do lado de fora na oficina do meu amigo Carlos Magrelo e puxando um papo de futebol prestava atenção na casa e imaginava o que aquelas 2 estavam fazendo em casa uma hora daquelas…
Rafaela não imaginava que eu estava de folga e resolvi matar minha curiosidade.
Me despedí do meu amigo Carlos e bem devagar subí as escadas de casa(moro no andar de cima).
Abri a porta devagar e a sala estava vazia e o silencio tomava conta da casa…Deixei o pão sobre a mesa da cozinha e me dirigí ao quarto de Rafaela e elas não estavam lá. Fui no banheiro e batata…Com as portas fechadas percebi que as duas safadas estavam com o chuveiro ligado tomando banho!!!!!
Minha pica subiu na hora. Não sabia o que fazer,ouvia gemidos e barulhos e estalos de beijos no meio da agua que caia forte no chão do banheiro…Que putas,alem de vadias eram Lésbicas.
Tentei ouvir mais o barulho que vinha do lado de dentro mas o barulho do meu peito não deixava,Por alguns momentos parecia que eu iria desmaiar de surpresa e descrença…O barulho dentro do banheiro diminuiu pois o chuveiro foi desligado e só ouvi a voz da Rafaela falando :
-Mete o dedo no meu cú sua safada da porra,haaaa ,haaaaaa.
Não aguentei e saquei o pau pra fora e comecei uma punheta imaginando a cena que estava acontecendo alí dentro.
Foi quando ouvi a Rafaela gemer alto e gozar nos dedos ou na boca da jéssica…
-Ai aiiii aiiiii. mete vai,chupa,haaaaaaa,filha da puta,haaaa…
Nossa meu coração gelou…Não terminei a punheta,Pressentia que comeria as duas alí,Mas quando o chuveiro ligou saquei que não teria coragem de me mostrar alí e dizer que ví tudo.
Terminaram o banho e ouvi Jéssica falando que tinha que sair dali o mais rápido possível pois estava com medo de alguem chegar.
Fui devagarzinho para o meu quarto ,apaguei as luzes para manter o disfarce de que eu não estava alí,e continuei a ouvir a movimentação na casa.
Cerca de 5 minutos depois ouví Jéssica e Rafaela saírem. Eu saí do meu quarto e verifiquei pela janela que Rafaela estava na rua falando ao celular e decidí fazer algo que me veio á cabeça na hora: Esperar a safada em seu quarto e colocar medo nela e apavora-la.
Rafaela subiu,abriu a porta da casa e entrou em seu quarto. O susto que ela tomou ao me ver só de cueca em sua caminha de solteiro sentado e extremamente excitado foi tamanho que jurava que ela iria desmaiar…
Rafaela -O..O,que você faz aqui…??Você estava em casa?
Eu- Claro,ouvi tudo,tudo Rafaela,juro que não esperava isso de você nem da sua amiga…
Rafaela chorando disse -Desculpa,não vai se repetir foi só essa vez,nunca tinha acontecido antes,não conta para a minha mãe por favor Flávio ela vai ficar muito brava comigo…
Eu me levantando e indo em sua direção até a porta de seu quarto disse – Rafaela calma ,eu te entendo ta?
Dei um abraço bem forte nela ,que me retribuiu com lagrimas nos olhos e cabelos molhados do banho que tinha acabado de tomar com sua amiga vadia.
Rafaela-Eu pensei que você iria odiar isso que você viu,porque você me conhece desde pequena e me tem como filha…
Mesmo ela sentindo meu pau durissimo em sua coxa ela ainda teve a coragem de dizer isso…
Eu com muito tesão a abracei ainda mais e enxuguei suas lágrimas e lhe disse:
-Você não é mais criança,sabe exatamente o que faz com seu corpo e o que faz principalmente comigo nesses ultimos tempos.
Rafaela então pediu pedrão e se desculpou por ter me deixado visivelmente excitado.
Tomei coragem e tirei meu pau pra fora com a cabeça inchada de tesão e comecei a me masturbar na frente dela.
Vendo minha pica ela ficou surpresa mas falou com certa naturalidade.
-Eu sempre imaginei como devia ser…Principalmente quando ouço você e minha mãe…
Eu-Pode falar Rafaela…Eu e sua mãe o que? Fodendo??(e continuei minha punheta).
As vezes ela mesmo parada na minha frente evitava olhar mas eu dizia,-Olha,olha safada…
Rafaela -Fazendo desse jeito na minha frente você vai me fazer pensar besteiras…
Eu- Então pensa rápido porque eu acho que vou gozar…
Rafaela então me surpreendeu e me beijou a boca como uma mulher experiente beija um menino mais novo…exatamente como sua mãe me beijou a primeira vez…
Rafaela-Isso que aconteceu hoje vai ficar em segredo só nosso tá?
Eu- Sim minha enteadinha,o que aconteceu e o que vai acontecer…
Rafaela arfava e eu repentinamente no meio do nosso pequeno diálogo enfiei minha mão em sua buceta que estava quente,molhada e babando grosso. Ela gemeu alto e me olhou com os olhos revirados de tesão…
Nunca havia visto ou imaginado aquele feição em seu rosto juvenil e moreno.
Peguei em seus seios pequenos e mamei sem pena,a peguei em meus braços,eu nu e ela ainda de roupa mas com a calça desabotoada e a levei para meu quarto,meu e de sua mãe,pois a cama dela era de solteiro,não iria aguentar o que estava por vir…
Ela não parava de me beijar e dizer que aquilo era o nosso segredinho.
A joguei na minha cama e a despí. Rafaela estava cheirosa e com a buceta toda melada com seu gozo que era abundante. Sua buceta era inchada e tinha o mesmo cheiro doce da calcinha do dia anterior…Senão se parecia com a buceta de sua mãe,pois era mais jovem e tinha uma cor um pouco mais escura que a xota de Cássia,o que eu sempre me perguntei como seria…
Começei a chupa-la violentamente quase machucando seus lábios carnudos mas tão frágeis.
Rafaela urrava e pedia segredo o tempo todo o que estava começando a cortar o clima. Meti um dedo em seu cú moreno e ví que estava bem dilatado por conta das picas que entraram dias antes e dos dedos de Jéssica que havia aberto o cú de minha enteada vadia.
Soquei 1,2,3 dedos e Rafaela pedia mais e mais e ainda vinha com papo de que aquilo era segredo e tudo mais.
Tirei violentamente meus dedos de seu cú,o que fez com que ela gritasse de dor. Me levantei ,prostei-me ao seu lado em pé e soquei minha pica dura em sua boca e disse:quero ver você pedir segredo agora sua vadia.
Parecia que a safada da Rafaela já conhecia a minha pica de tão gostoso que chupava,com movimentos quentes fortes e na medida. A ponto de gozar em sua boca a safada ficou de quatro em minha cama e o qua ví foi o que sempre quis ver mas tinha medo de imaginar .
Aquela bucetona raspada de mulher num corpo de menina me esperando toda molhada.
Não hesitei e meti sem camisinha mesmo em sua xota apertada e molhada.
Rafaela urrou de prazer de quatro na ponta da cama minha e de sua mãe. Bombei vigorosamente vendo e percebendo a incrível semelhante entre a Rafaela e a Cássia vadia,Suas costas tem um contorno sensual e magro,típicas safadas que quando fodem soam as costas no ritmo das bombadas.
Curtia cada segundo sentindo meu pau entrando dentro de Rafaela,cada estocada que eu dava sentia mais e mais seu liquido espesso molhando minha piroca que menos de 16 horas atrás tocava em sua calcinha e entrava na buceta de sua mãe.
Sentindo que eu ia gozar pedi para que ela cavalgasse minha pica,o que a safada fez numa velocidade alucinante,parecia que meu pau era a ultima tora do mundo,tamanha a fúria que Rafaela minha enteadinha cavalgava…
Rafaela avisou com a voz embargada e cansada que iria gozar e pediu para eu continuar por baixo .
-Hahhhaa,haaaaa,caralho,filho da puta,arromba sua enteadinha vai,arromba a minha buceta caralho,haaaaaaa vou gozaaar,goz… gozarrrr,haaaaaaaaaaaaaaaaaaa.
Berrou num som que me fez admirado.
Saiu de cima de mim totalmente escaldada com seu liquido e com a boceta fervendo e tremendo de tesão.
Totalmente mole pelo recente orgasmo ,a deitei de costas para baixo,no famoso papai-mamãe e molhei minha pica em sua buceta quente e cheirosa.
Bombei mais alguns minutos e a virei de lado.
Disse que queria comer seu cú da mesma maneira que comia o cú de sua mãe.
-Como você come o cu da minha mãe? Perguntou Rafaela…
-Assim,nesta posição Rafa…Disse eu.
Virei de ladinho e mirei a cabeçorra em seu rabo e nem forcei tanto e meu membro já deslizou para dentro do seu cú,quente arrombado e fedido.
Totalmente nus e suados me sentí no paraiso no momento que percebi meu esperma inundando o cu da minha enteada.
Não satisfeita a vagabunda saiu da posição e subiu novamente em minha pica suja de seu rabo,e cavalgou com a buceta novamente…Não acreditei no quanto a safada era profissional pois enquanto cavalgava saia e chupava meu pau e voltava pra posição que estava.
Mais uns 20 minutos e avisei que gozaria novamente em sua buceta…Gozamos juntinhos ,num orgasmo sujo,proibido,quente,suado e sem adjetivos nem conotação…Quando olhei pro lado já eram 11:37. Nos beijamos e ficamos alí naquele cheiro absurdo de suor,sexo e sujeira…
até 12:30 ficamos juntos colados no quarto sem falar uma só palavra.
Até que Rafaela me disse algo que nem me importei: -Nosso segredo tá?
Obrigado pela leitura,este conto é 100% Real e espero que tenham gostado.

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 5,00 de 7 votos)

,

111 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. Taradinha

    Quero meu Cuzinho cheio de porra,minha buceta bem arrombada!!!😋

  2. Show, muito bem escrito, carregado de erotismo e tesão…. valeu

  3. Renatinha

    amo no cuzinho
    sentir a porra bem quente no meu cuzinho, dlç

  4. Menina de órfã

    ProcurO uma mamae para me ensinar a chupá lá melada de Porto do meu papai

  5. Débora

    Tenho 15anos e fiquei muito molhadinha sou virgem e sou afim que meu padastro faça isso comigo

    • Braulho

      Será mesmo quê você linda.

    • Braulho

      Será mesmo quê você linda.
      Tudo bom debora

    • Anônimo

      Deixa eu faze com vc delica

    • Anônimo

      Além de ter só 15 anos e bem safadinha

    • ninfomaniacoo

      E eu sou doido pra fazer isso com minha enteada , podiamos nos encontrar em lindona 😛

  6. Raul

    Alguma putinha afim de gozar zap 11986637658

    • ow n

      To KL ll

  7. Priscila

    11985489807

    • Danilo

      Gostosa posso te chamar

  8. nego safadinho

    Me chama se cc kiser ver um pau grosso62981964931

  9. Macelo

    Um que delicia adorei minha pica ficou muito dura gosto muito de come um cu adoro quem tive afim meu pau tem 20 cm louco para come um cu sap 11 962700961

  10. Adm

    Construindo um grupo de incesto quem quiser chama lá 11941729200 ,. Tem que ter material …

  11. Anônimo

    Esse conto me deixo louca tenho 15 anos e toda molhada aqui queria gozar pelo o whats se pré me mastubo

    • Luís fernando

      Opaaa vamos conversar gostosinha meu nro (47)97229651..

    • Antonio luiz

      Olá adorei saber disso gata passa seu número

  12. Fred

    Voce lé con os depois vais me diser que ès cristao

  13. Sou puta com orgulho

    Quero me divertir e fazê um sexo bem selvagem . Zap pra contato 99984274703
    Tem que bom de cama

    • aj

      chama no zap ai 038998444104

    • Anônimo

      Oi gata

  14. Ademílson

    Me chamem no Wpp 11953752366

Ver mais comentarios