, ,

Minha Esposa na Construção

Há 5 anos 3 ★ 0.00

que vou contar aqui esteve guardado por muito tempo entre eu e minha esposa. Ate que li um conto nesse site e conversei com ela, sendo autorizado a contar pra vocês o que aconteceu. Bem, o quem ocorreu foi que minha esposa me flagrou com uma filha do nosso vizinho dentro do meu carro. A menina era muito galinha, apesar de novinha. Minha esposa ameaçou a menina de contar para o pai dela e ela contou tudo, contou que uma vez por semana eu pegava ela no colégio e levava ela para um quartinho que eu tinha alugado, contou tudo o que fazia comigo….Um belo dia minha esposa me chamou para uma conversa e disse tudo que sabia…….me pediu separação e ameaçou contar tudo para o pai dela. Fiquei arrasado, meu medo era de ela contar para o pai da menina , o cara morava ao lado da minha casa. Pedi a ela que não fizesse isso. Implorei , cheguei a dizer que faria qualquer coisa para ela ficar comigo e esquecer o caso. Ela me ouviu , chorou muito e calou…….passados alguns dia ela me chamou e disse assim “ vamos acertar
aquela dívida ? “. Gelei dos pés ate a cabeça, pois sei como ela é vingativa, perguntei como eu poderia reverter a situação…ela me pediu para leva-la ate onde eu tinha alugado o quartinho….pegamos o carro fomos ate o local. Chegando lá uma surpresa ( não sei se boa ou ruim) o local tinha sido demolido e havia no lugar uma construção de um prédio. Manobrei o carro pra ir embora mas ela não deixou, me pediu pra parar e desceu do carro. Pelo buraco da cerca de madeira ela viu alguns trabalhadores e na maior cara de pau ela me disse que tinha assistido um filme em que uma mulher tomava banho numa obra com os peões trabalhando e que queria fazer igual . Mais uma vez gelei, disse que não faria isso pois era perigoso e ela me disse “ mais perigoso do que o pai da menina de procurando ? “. Fiquei calado por alguns minutos e aceitei pois pensei que a coisa seria rápida pois seria apenas um banho rápido e logo iríamos pra casa. Bolei uma desculpa para poder entrar na obra, para isso contei com a ajuda dela. Sujamos os braços dela com um pouco de óleo de motor Parei no portão e logo o vigia veio me atender, muito simpático o velhinho…..Contei pra ele que estávamos indo para um casamento que o carro tinha dado um defeito e ela se sujou tentando me ajudar, perguntei se ele poderia deixar ela utilizar o banheiro pra se lavar, ocara me alertou que lá dentro haviam vários caras trabalhando, mas que todos eram muito bonzinhos ( senti maldade nas palavras dele). Olhei pra ela e notei que ela já estava num grau elevado de excitação ( conheço a desgraçada) . Ela abriu a porta do corro e foi logo entrando, o cara sorriu e pediu pra eu estacionar do outro lado da calçada…fiz isso e demorei um pouco ate trancar o carro…entrei na obra..meu coração batia forte, como eu não conhecia o local demorei para localizar o tal banheiro…. notei uma movimentação estranha….fiquei parado atrás de uma tábuas espiando…..ela estava dento do tal banheiro, só que banheiro de obra e feito de tábuas cheias de buracos, a porta do devia ter um metro no máximo, ou seja, era baixa e não ia ate o chão. Vi o vestido e a calçinha dela jogado sobre a porta. Contei pelo menos 3 caras olhando pelos buracos…e se masturbando , isso me excitou, meu pau estava muito duro. De repente ela aparece na porta e pede uma tolha emprestada pois precisava ir buscar a roupa limpa no carro….foi uma correria danada, um dos desgraçados emprestou uma toalha que mais parecia um lenço de tão pequena que era…..para meu espanto ela saiu do banheiro, como a toalha era muito pequena ela não conseguiu se enrolar, colocando apenas a toalha na frente do corpo, tapando apenas os seios e a bucetinha raspadinha, deixando a mostra as coxas grossas que ela tem, Ela estava transformada, naquela momento era uma outra mulher ( que eu nunca tinha visto) desfilou entre os trabalhadores que por causa dela já tinham abandonado as tarefas. Eram uns 5 ou 6, sem contar com o velhinho do portão que também abandonou o posto. Os mais exaltados já estavam com o pau pra fora se punhetando e falando gracinhas pra ela, mas ela parou perto de um baixinho com jeito de Paraibano e perguntou se era ele que estava olhando pelo buraco do banheiro, ele afirmou que sim e que só fez aquilo por que nunca tinha visto uma mulher pelada na frente dele, Nesse momento todos começaram a rir do baixinho , zombando dele …Ela foi perto dele e perguntou se ele queria tocar o corpo dela, ele aceitou rapidinho….Ela na maior cara de pau deixou a toalha cair e ficou ali, nua na frente daqueles homens esfomeados de prazer. Não agüentei e comecei a me masturbar……Aquilo me deixava louco, ver a minha loirinha no meio de homens estranhos. Tentei me aproximas sem chamar atenção…quando cheguei mais perto ela já estava abaixada chupando o pau do baixinho e punhetando mais dois caras, todos estavam pelados menos o velhinho do portão….Um a um todos foram chupados por ela, então ela começou a cavalgar os homens, ela adora ficar por cima. Ate que eles se comportaram muito bem, sempre atendendo as ordens dela, e ela experimentou todas posições e todos os cacetes, inclusive dando o cuzinho, ela adora, sempre fazemos sexo anal e por isso ela já tem o cuzinho bastante dilatado não causando problemas para eles, O que me deixou mais puto da vida foi ver a desgraçada engolindo a porra deles, engolia como se fosse sorvete, Ela se levantou e disse que já estava indo embora que voltaria mais vezes pra visita-los…eles adoraram…ela vinha saindo quando o velhinho do portão disse “ e eu , não mereço ? ela perguntou o que ele queria fazer e ele disse que como não tinha mais ereção só queria lamber cuzinho dela , e ela prontamente se apoiou em cima de sacos de cimentos ficando com bunda arrebitada pra cima, ele lambeu ela todinha, dos pés ate a nuca …ela gritava de prazer pedindo pra ela fazer logo o que tinha pedido, e ele fez….e ela gozou muito, esfregando a bunda na cara dele……Para minha surpresa ela pediu pra ele deitar no chão e abaixou colocando a buceta na cara dele ele lambeu novamente….em dado momento ela começou a urinar em cima dele, acho que ele tinha pedido isso pra ela…..Ela então teve que se apressar em sair pois os cara já estavam ficando de pau duro outra vez. Enquanto ela foi se vestir eu corri na frente e sai da obra antes dela, fiquei no carro como se nada tivesse visto. Ela ainda demorou um pouco fiquei curioso mas ela veio e entrou no carro acenou para os amiguinhos e novamente ela me surpreendeu ao me beijar com a boca cheia de porra do tal baixinho, ela tinha voltado lá só para recolher a porra cara e me fazer sentir o gosto. Perguntei a ela o que ela tinha feito lá dentro e ela não me escondeu nada, contou tudo com detalhes , inclusive que sabia que estava vendo tudo , pois o velhinho tinha me visto atrase das tábuas e contou pra ela. Naquele dia quando chegamos em casa trepamos como loucos, fiz questão de repetir tudo que os caras fizeram. A partir daquele dia estava nascendo uma nova mulher, Tivemos outras aventuras, sempre atendendo as idéias dela……Contarei numa outra ocasião

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(0 Votos)
Loading...

, ,

3 Comentários

Talvez precise aguardar o comentario ser aprovado
Proibido numeros de celular, ofensas e textos repetitivos

  1. carlos

    Tenho 47 anos, mas pareço muiot menos… sou do rio de janeiro

    Gostaria de conhecer mulher liberal ou liberada pelo marido…

    o meu é Carlos mesmo… Sou casado e nunca fiz ménage ou tive amante… tenho vontade de fazer/ter… mas tenho imensos medos… o principal é questão de dst/aids…. gostaria de um parceira/casal saudável sem estas doenças e mesmo assim …tudo com camisinha (até saber se a saude da parceira/casal tá legal)…. gostaria de ter essa experiência;… e manter quem sabe essa parceria sexual com a gata/casal…sem comprometer nossas vidas pessoais… Mande fotos email: [email protected] ( se identifica)

  2. Paulo

    Ser corno é a melhor coisa que existe, principalmente chupar uma buceta esporrada. Mas eu tenho um problema :minha mulher não quer mais. Quempuder ajudar me escreva: [email protected]

  3. Fernando

    Olá, adorei o relato e comentários, se algum casal vier a santa catarina, vou adorar brincar com sua esposinha, tudo no sigilo e descrição, sou claro, 1,83, 88 quilos, extrovertido porém discreto, mandem email para [email protected] ; já tive algumas belas experiencias