Fodida sem querer por meu dog

bem eu sou morena e sei que sou muito bonita, tenho cabelos pretos e longos, seios fartos e bumbum vantajoso, por isso chamo muito a atenção dos homens. vou relatar um acontecimento que nunca imaginei que pudesse acontecer comigo. tenhho um cachorro pastor alemão e nunca pensei que algum dia fosse ser comida por ele até um dia em que estava sozinha em casa e estava terminando meu banho quando o telefone começou a tocar, desliguei o chuveiro, me embrulhei na toalha e corri até o quarto para atender, era uma amiga e eu não quis dizer que estava ocupada então continuei falando com ela ao telefone e sentei na beirada da minha cama e tirei a toalha para enxugar os cabelos, nisso meu cachorro entrou no quarto me olhou e deitou no tapete aos meus pés, percebi que enquanto eu falava ao telefone, ele estava inquieto.
não dei muita atenção e continuei conversando com minha amiga, deitei de costas na cama, estava completamente sem roupa e com as pernas abertas e relaxada. quando de repente senti meu cachorro cheirar minhas coxas e rapidamente começou a cheirar minha bucetinha e mais que depressa começou a lambe-la com sua lingua quente e áspera, fiz um grande esforço para não soltar um grito e já nem sabia mais o que minha amiga falava ao telefone, mas ela continuou falando e falando e eu fui me contorcendo de tanto tesão pois o nego lambia casa ves mais, foi então que coloquei meus pés em cima da cama, arreganhei ainda mais as pernas e levantei um pouco o quadril fazendo com que ele lambesse meu cuzinho. delirei, aquela linguona quente me levou as nuvens até que a minha amiga elevou o tom da voz e me perguntou se estava ouvindo, falei que não e que achava que meu telefone estaria com defeito, pois a voz dela estava sumindo. claro que o que eu queria era me livrar daquele telefonema e curtir o banho de lingua delicioso que estava tendo o privilégio de sentir. desligamos o telefone e eu já louca depois de um fantástico orgasmo, puxei a cabeça do nego e enfiei o focinho dele na minha bucetinha. fiquei louca e o tesão subiu a minha cabeça, voltei a sentar na beirada da cama com as pernas completamente arreganhadas e vi o pau do nego enorme e vermelho para fora. acho que foi a gota que faltava para liberar geral, então comecei a esfregar ninha mão naquela pica e senti que estava dura feito pedra. não aguëntei e puxei o nego pelas patas dianteiras, levantei ele e escorei suas patas ao redor de meu corpo em cima da cama, quase que alcançou minha buceta, então ele começou com aquele movimento frenético, mas ele não conseguiria alcançar a minha bucetinha, então fui escorregando o quadril até que chegou pertinho e ele já batia a ponta fina e quadrada da sua pica em minha buceta, resolvi dar mais uma ajuda, com uma mão abri bem minha buceta que estava encharcada e com a outra guiei aquela pica que me deixara louca. ele continuava com o movimento de vai e vém e acertou em cheio minha bucetinha, senti um prazer enorme, enquanto ele enfiava cada vez mais e mais forte, eu segurava meus seios, esfregando-os com vontade. senti que o nó dele começara a crescer dentro de mim e fui ficando cada vez mais louca, senti que ia me rasgar, estava me arregaçando toda, mas eu estava adorando e comecei a gemer de prazer, senti vários orgasmos ao mesmo tempo, um atrás do outro e ele continuava com suas estocadas em ritmo acelerado até que enfim senti seu gozo escorrendo pelas minhas pernas, logo ele desceu e ficamos engatados por alguns minutos até que ele se desprendeu de mim, nesse momento estava sentada de lado ao lado de nego, ele se levantou e começou a me lamber todo o gozo, aproveitei e abri bem as pernas e ele novamente me deu um banho de lingua maravilhoso que me fez gozar novamente, lambeu tudo e eu abri com minhas mãos minha bucetinha e ele lambeu e lambeu e lambeu e eu me deliciei…

Avalie esse conto:
PéssimoRuimMédioBomExcelente
(Média: 4,33 de 3 votos)
Loading...