Garoto do Onibus 2 (Continuação)

Bom, gente, aqui é o Ryze outra vez, essa é a parte 2 de Garoto no Onibus, que enviei há um tempo atras, dão uma olhada na primeira parte, que aconteceu de verdade, e essa aconteceu tambem.

Depois de uma semana, apos o ocorrido, em certo dia, eu estava voltando para a casa de ônibus mais uma vez, mas dessa vez, o onibus que eu estava pegando, e esse onibus que eu pegava, demorava em

torno de uma hora para chegar em casa, e estava no lado da janela, esperando até chegar em casa, e até ai, ja havia passado uns 30 minutos, e dormi um pouco, mas quando acordei, eu tomei um susto

com um sonho que eu tive, mas não lembrava, e o garoto estava do meu lado, e tomei um susto ainda maior, nós conversamos um pouco, eu ainda estava timido, mas não parava de olhar para o pau dele,

não parecia que estava duro, mas mesmo com a roupa que ele usava.. Era tão visível, parecia que ia rasgar a roupa dele.

Em dado momento, ele começou a passar a mão na minha perna, massageando lentamente, e ele veio falar ao meu ouvido:

– Eu sei que você quer, você está muito excitado, eu sei disso.. E ta todo mundo na frente, por que não empina essa bunda grande para eu foder ela?

Nesse momento, me deu muito tesão, mas no momento eu quis quebrar o gelo, e me levantei para jogar um lixinho fora, mas quando voltei, ele acabou ficando no meu lado da janela, não sei porque ele

havia feito isso, mas descobri isso logo depois.

Quando me sentei, ele precisava esconder um pouco, mas ele olhou pra mim, com um sorriso seduzente, tirou o pau dele pra fora, e começou a se masturbar lentamente, e minha nossa.. Ele tinha um pau

muito grande, cerca de 20 cm ou mais, não dava pra saber, e eu estava paralisado de medo, de que alguem fosse ver, meu coração apertava muito forte, então, ele pegou no meu pulso e fez com que eu

só tocasse nele.

A sensação foi tão intensa, algo bem diferente, foi uma sensação parecida quando uma garota já me masturbou, mas era eu que tocava no pau dele, e então, comecei a punhetar ele, fiquei batendo bem

devagar, sentindo seu pau ficando ainda mais duro e pulsando em minha mão, enquanto ele fazia aquela expressão com os olhos quase virando, mordendo a boca, cheio de tesão.
Então, aquele liquido transparente, saiu no pau dele, e ele estava se molhando cada vez mais, e minha mão ficou muito molhada do liquido dele, então para atiçar eu falei:

– Você não acha melhor limpar? Você está tão molhado, e ainda nem gozou.

– Tem razão. Eu vou limpar – Disse o garoto.

– Não.. Deixa que eu faço isso.

Não sei se foi a maior loucura da minha vida, mas como ninguem estava vendo, eu me agachei, fiquei bem perto daquele pau gigante na minha frente, a unica coisa que seria.. Era chupar sem parar, e

então, eu comecei a lamber a cabecinha do pau dele, e o fez encher de muito tesão, e eu só fiz isso durante uns 2 minutos, lambia a cabeça, embaixo do pau dele, nas bolas até a cabeça de novo, até

que então comecei a chupar definitivamente, era a primeira vez havia feito isso, então tive preocupação em morder, mas era tão grande, não tinha como não morder rsrsrsrs

Mas ele estava adorando, mas eu ainda não olhei para ele, e quando olhei para os olhos dele, ele começou a ficar com tanto tesão, que segurou na minha cabeça com força e fez com que eu enfiasse o

pau dele bem fundo até a minha garganta, e estava quase ficando sufocado, mas depois segurei as mãos dele, coloquei no banco, e eu mesmo fiquei chupando até o fundo do pau dele, olhando para os

olhos dele, o enchendo de tesão.

Se caso quiserem saber como fiquei naquela situação, vejam as fotos que tem da Crystina Rossi:
http://20107.uselessjunk.com/swagster/20107/images/amateur-Crystina-The-Booty-Queen.png
http://cdn4.images.motherlessmedia.com/images/9D4158C.jpg?fs=opencloud

E então passou 10 minutos apos ter feito um boquete no garoto, e senti o pau dele pulsando, pronto para gozar, então coloquei minha lingua para fora, queria sentir todo o leitinho dele em mim,

então ele finalmente gozou, dois jatinhos havia caido na minha lingua, mas quando vi, parecia que ia sair mais porra dentro dele, então cobri a ponta do pau dele com a minha boca, e todo aquele

esperma caiu dentro da minha boca, e não perdi a oportunidade, eu engoli todo o leitinho que ele deu para mim.

Logo após tudo isso, o meu ponto ja havia passado, então tive que descer rapido, e então passei meu numero para ele e então fui descer, mas quando cheguei bem na porta.. Eu não acreditei, a minha

amiga, Cris, estava em pé, olhando para mim, com uma cara de surpresa, e não percebi que ela estava lá..

Quando saimos, nós conversamos:

– Então.. Você viu alguma coisa? – Perguntei.

– Sim, talvez o garoto não tenha notado. Mas eu sentei uns bancos a frente, do outro lado, e deu para ver você.. Chupando.. O pau ele.. Eu não sabia que você era gay, por que não me contou?

– Não.. – Respondi na hora, e pensava numa resposta – Vamos dizer que.. Eu sou bi, eu gosto de mulheres também, mas ele me chamou a atenção também.

– Ta bom, eu tenho que admitir, ele tem um pau muito grande.

Eu falei que ela era muito liberal kkkk:

– Mas tambem, quem iria resistir a você, talvez sua bunda tenha chamado a atenção dele primeiro. – Disse a Cris.

– Ainda acha que é minha bunda? Tenho certeza que ela iria te querer pelos seus peitos.

– Não é tão grande assim.

– Claro que é, eu faria uma espanhola em você. – Disse da boca pra fora.

Naquele momento ela ficou com uma cara safada pra mim, mas ela teve que ir para a casa, então pegamos nossos rumos, ela não contou a ninguém sobre o que aconteceu, mas tambem depois de um tempo, acabei ficando com ela, e quem sabe isso possa ser um novo conto, não é pessoal?

Mas espero que tenham gostado do conto, não espero que acreditem, mas aconteceu exatamente assim, fico grato a todos que leram.

– Ryze.