Eu e o pedreiro esperto

Oi gente meu nome é cintia sou maluca msm nome verdadeairo.Minha historia é tão longa resumir que é melhor resumir um poko.Bem hj tenho 11 anos. A tres anos tinha uma construão ao lado de minha casa trabalhava tres pessoas mais um deles era sempre o primeiro a chegar e o ultimo a sair.
Eu era muito bobinha e sonsa ficava curiosa com oque minhas amigas contavam.Ah aquele homem falta me comer com os olhos, ah aquele outro diz que eu sou muito gostosnha.Meu tio passou a mão na minha bunda.Algumas delas eram mais velha uns dois ano, mais tinha umas pirralhas como eu que já se orgulhava de ser cobiçada e eu que ainda andava de calcinha pela casa não tinha nada pra contar. E elas debochavam de mim ainda.Um dia eu tava saindo pra escola e vi um sehor no fundo da obra mijando mas como ele tava de costa e tinha um muro entre nos tava todo quebrado mais estava da minha altura mais tinha umas rachaduras.Quando rancaram a arvore alguns galos estragou.
Bem eu fui pra escola frustrada por não ter tido nada pra contar pra minhas amigas. A tarde eu ouvi uns barulhos de madeira e fique espiando, era ele juntando a madeira.Quando ele terminou ele rancou o pinto pra fora e começou mijar. Decepcionei denovo não dava pra ver pela rachadura só quando ele passou balançando maisbem rapdo e poko. Passou unsdois dias e eu não guentava a minha anciedade de uma pica de verdade pra contar pra minhas amigas que me diziasó vc e a izabel que nunca viu uma pica.
Um dia a tarde ele tava lavando umas ferramentas e eu passei pelo lugarmais baixo do muro e fiquei espiando ele, eu suava e tremia de anciedade e curiosidade.Eu pisei numa madeira e quase caí. Ele tomou um susto e virou pra mim com o pinto de fora e balançando perguntou oque que vc ta fazendo ai menina? Eu dei uma desculpa esfarrapada que nem eu acreditei.Quando contei pra minhas amigas elas deram risada dizendo. Eu ja vi até meu pai e meu irmão chacolhando o pinto isso não é nada.
Outra veis acho que ele sabia que eu tava espiando e tirou o pinto pra fora e ficou massageando. O pinto dele foi crecendo mais ele acho com medo de mais alguem ver guardou e foi embora. Eu fiquei com uma raiva e pensei vou provocar mais ele.
Quando contei oque tinha visto pra camila outra amiga minha de treze anos.Ela disse vc ta loka? Se ele ti pega ele ti rasga.Os hoomens eos meninos fazem isso quando ta interessado numa mulher.Isso se chama punheta, eles batem até sair um leite branco que chamam de goza.
Quanto ao que ela falou delemi rasga minha xoxotinha eu com muito medo mais a minha curiosidade almentou. No nosso quintal tinha um pé de goiaba e eu ja brincava ali com minhas amigas e decidi que ia provoca ele di la.Eu so usava camiseta e calcinha eu subia no péde goiaba e ficava com um pe num galho e o outro no outro.Nesse dia ele tava sozinho o dia inteiro.Eu tava usando uma calcinha rosa que ficava entrando na bunda toda hora.
Ele chegou num buraco de uma rachadura no muro, tirou o pinto que ja tava duro ficou punhetando e eu quando vi aquilo quase cai de cima do pé de goiaba. Eu tremia toda e msm que eu quisesse decer eu não consseguia porque minhas pernas ficaram mole. Assisti tudo até ele soltar aquele leite branco que saia igual um tiro dessas pistola de agua.Ai ele guardou e foi embora.
No outro dia eu tava meio envergonhada mais feliz por ter visto oque eu queria.Agora sim eu tinha oque contar pra minhas amiga.Fiz um homem se punheta por mim. Quando eu tava saindo pra escola dei de cara com ele chegando.Eu fiquei de pernas bambas mais ele me falou com um sorriso muito bonito.Bom dia princesinha!Eu mal conssegui responder mas ele disse ta atrasada pra escola hoje? Eu imediatamente disse to.Ele olhou no relogio e disse nem tanto se vc correr da tempo.Quando eu quis sair correndo ele disse.Vem cá vc tava me espiando né?
Aíi minhas pernas bambiou msm! Eu disse não eu tava tirando goiaba pra fazer suco.Ele me olhou com um olhar de compaixão por saber da verdade parece que ele sabia como eu estava me sentindo.E logo me confortou dizendo isso é curiosidade de criança.Aí me perguntou se eu gostava de suco de goiaba e de sorvete de goiaba e disse que gostava tbm.Ele quebrou aquele mal estar que eu sentia e eu segui correndo pra escola feliz da vida.Eu achei que estava realizada por ter seduzido um homem tão simpatico.
A onda das minhas amigas é fazer desafio umas com outras.A crina falou eu desfio vc fazer ele ti da um celular. Quando ouvi isso me deu um frio na barriga porque eu era loka por um celular.E ela ainda disse.Mais num é um bixeirinha não tem que ser digital. Como a gente não gosta de perder um desafio praa outra eu disse.Depois eu ti respondo.
Eu parecia que no fundo eu sabia que ele me daria o celular.Fui penssativa pra casa e tive o maior susto de minha vida quando cheguei e ví ele e meus pais na varanda de casa no maior papo.Eu paralizei dum jeito que mal pude cumprimentar ele.Mais minha mãe disse.
Que educação que é essa filha? Cumprimenta o moço.Eu tava tão assustada que tropecei na bolça e caí no colo dele.Eu disse oi e ele me deu um beijo na testa e disse.Não me importo criança é assim msm.
Me deu uma raiva de ouvir isso não sei porque e levantei pensando.Criança é? Vc vai ver a criança.
Bem ele ficou muito intimo dos meus pais e passou a frequehta nossa casa todo dia. Até combinaram de reformar o muro nos fim di semana e fazia churrasco todo domingo que meu pai tava em casa.Bem ele me ouviu pedindo um celular pra minha mãe e minha mãe dizendo.Do jeito que vc é descuidada pra vc perder?Quando vc for mais responsavel eu dou.
Eu não acreditei quando ele sem falar nada me trouxe um celular lindo e disse pra minha mãe que tinha achado a alguns dias.Que ia vender mais que não valia apena porque os outros só queriam di graça.E como ele me ouviu pedir.Resolveu me da de presente. A miha mãe falou. Vai mimando essa menina zé vc não conhece a peça.
Eu fiquei nas nuvens di felicidade quando minha mãe concordou de aceitar.Ganhei o cellular e o desafio da minha amiga.
O carinho dele por mim era tanto que eu gostava dele cada veiz mais.Eu sentava no colo dele a gente brincava o tempo todo. Um dia ele e meu pai chegaram do futebol e eles tava usando um calção de jogador.Eles tava tomando cerveja e eu no colo dele.Eu senti o pinto dele ficando duro e começou me da um calorão minha bucetinha coçava uma coçeira gostosa e ficava piscando. Eu comecei a me mexer pra frente e pra trais sentindo aquelee pinto duro na minha bunda encaichado no meu reguinho.Eu levantava e sentava so pra sentir aquelas cutucadas no meu cuzinho como eu tava só de calcinha meu foi na geladeira buscar cerveja e quando ele levantou ele tava tão de pinto duro que colocou a mão encima pra disfarçar.Minha mãe chamou ele e ele foi no banheiro pra disfarçar.Meu pai tava acitado de me ver se esfregando no colo de outro homem.Meu pai demorou voltar eo ze aproveitou.Baixou minha calcinha e esfregava aquele pinto duro e quente no meu cuzinho e na minha bucetinha.Minha buceta e meu cuzinho piscando e quanto mais ele passava o pinto mais aquela coceirinha na minha bucetinha almentava.Acho que meu pai pegou a gente no fraga mais disfarçou.Eu disfarcei que ia buscar cerveja pra eles e tomar agua. Eu sai meia tonta cambaliando minha perninhas mole.Dei um tempinho e voltei com a cerveja.Quando sentei no colo do meu pai ele ja estava de pau duro dinovo.Antes de sentar eu coloquei a mão bem encima do pinto dele que entortou pra um lado de tão duro que tava doeu que ele deu um berro.
Aaaiii nossa filha como vc é desastrada meu amorzinho assim vc mata o papai. O zé riu meio sem graça porque sabia que ele estava tão ecitado porque tava gostando do que ele deve ter visto.O zé então disse vem cá princezinha não fica chateada com esse seu pai chato não.
Eu pra disfarçar disse.Não zé meu pai não é chato vou ficar com ele um poko agora.Quando falei isso senti o pinto dele endurecendo dinovo.E fiquei sentindo aquele pinto duro latejando no meu reguinho. Meu pai tava tão ecitado que tropessva nas palavras.A minha xoxota coçava e piscava tanto que minha vontade era de rancar aquela pica e enfiar nela de uma só veiz.Meu pai falou zé tem cerveja no freezer eu vou tomar um banho e volto.Filha sua mãe tomou um remedio pra dor de cabeça não incomoda ela não.O zé falou eu vou na obra enquanto vc toma banho e levantou e saíu eu tava tão eletrica que fui atras.Chegou la ele disse eu sabia que vc vinha atras de mim vem cá que não aguento mais.Eu estremeci ele me colocou encima de umas tabuas largas rancou toda minha calcinha e minha camiseta, lambia chupava e mordia meu corpinho todo enfiando um dedo no meu cuzinho e com o dedo polega ele massageava meu grilinho e forçava no buraquinho da minha xoxota.Quase ele ranca meus dois cabacinho com os dedos de uma so veis eu dei um grito sufocado pela lingua dele la na minha garganta ele tem uma lingua enorme quando ele forçava a lingua no buraquinho da minha bucetinha eu soltava gemido de dor e praser. Eu tremia e minhas pernas estavam bambas quando meu pai foi chegando a sorte que ele chamou antes e eu me escondi num dos quartos até sarar um poko e o zé foi ao encontro dele.
Ele perguntou.K d a cintia?O zé disse tava converssando com umas coleguinhas la na frente. Ele disse onde foi essa menina a mãe dela ta chamando ela.Se quiserem saber mais entre no meu gmail.
Cintiaguttembergguttemberg@gmail.Com