Brincando com meninas! tirei o cabaço da minha filha – parte I

BRINCANDO COM MENINAS – TIRANDO A VIRGINDADE DE ALINE PARTE 1
Ola! a todos. Acessando a internet me deparei com estes sites de contos, por curiosidade comecei a ler alguns relatos de pessoas que contam suas experiencias e segredos, relatam coisas que elas não tem coragem de falar abertamente com outras pessoas, talvez por medo das criticas ou algo mais. ao ler um conto que se trata de incesto me deparei com uma realidade que aconteceu comigo a alguns anos atras.
vou lhes contar um fato que aconteceu na minha vida no ano de 1998.”tive um relacionamento que durou 10 anos, e desse resultou em 2 filhos: um menino ja com 11 anos e uma menina de 9 anos este relacionamento não deu certo e acabamos nos separando”.
meu filho veio morar comigo e a menina ficou com a mãe, a nossa convivencia era muito boa e minha filha vinha sempre na minha casa e nas ferias da escola. Passou-se 2 anos e eu havia arrumado uma namorada e minha filha não aceitava que eu tivesse outra mulher e foi nessa epoca que aconteceu este fato.
Era epoca de ferias escolares, como de costume minha filha veio passar uns dias comigo, ja tinha completado 11 aninhos. minha mâe e meu filho marcaram uma viagen e a Aline, não quiz ir com eles queria ficar comigo, apos deixar eles na rodoviaria eu e Aline fomos passeiar e nos divetir, pois era ferias; nos divertimos bastante e logo resolvemos ir embora pra casa.
passando por uma locadora, aluguei uns filmas pra nos assistirmos, depois de ver alguns filmes e fui tomar banho e descansar um pouco no meu quarto, e Aline ficou na sala, como de costume durmo sem roupas,pelado mesmo. Direpente Aline entra no quarto me pedindo pra se deitar comigo para ficarmos conversando, ai notei que ela havia tomado banho e estava enrolada so de toalha completamente nua. Ela era muito bonita, seu corpo em formação pequeninos seios,bundinha durinha.
_ Ela se deitou e me falou!
_Papai! você pretente mesmo se casar novamente?
_Eu respondi que no momento não. nesse instante ela tira o lençol que me cobria e pulou sobre mim e dizendo que iria fazer o que ela tinha desejo e que era pra eu fica quieto e não me mexer e deixar acontecer.
_Eu indaguei! e ela com tom de voz aspero disse: fica quieto e calado.
_ Logo ela começou a me alisar e beijar meu rosto e foi descendo ate chegar no meu pau e foi chupando devagar e aquela imagem que eu estava vendo foi me fazendo ficar excitado, vendo aquela menininha me chupando e eu ja estava com muito tesão, meu cacete duro que quase não cabia em sua boquinha. nesse momento ate esqueci que ela era minha filha e pedi pra se virar com a bundinha coladinha no meu rosto.
Comecei a chupa-la tambem olhando aquela bocetinha pequena na minha boca, não aguentei e a chupei bastante, degustando o sabor de sua xoxotinha rasadinha, lisinha sem pelos, estava me deliciando com todo aquilo, passei a lingua nela inteirinha e chupando gostoso aquele cuzinho e sua xoxotinha virgem.
_ah! que delicia, eu tava delirando com aquela situação.
Continuamos por alguns minutos aquela chupação, direpente ela se levanta e me pergunta!
_Será que eu aguento essa rola grande e grossa todinha dentro de mim!
_Eu disse: se for com jeitinho caberia!
Puxei ela pelo braço e deitei ela na cama, abri sua pernas e fiquei chupando sua bocetinha, ela ja estava bastante excitada, gemendo e se contorcendo e eu não aguentava mais de vontade enfiar minha rola naquela delicia de xoxotinha. nesse momento ela começou a falar e gemer ao mesmo tempo me pedindo; entera sua rola nessa grutinha, ela ta louca pra ser arrombado por esse pauzão! vai! enfia! enfia tudo, eu aguento..
Comecei a brincar com o cacete na sua xana pra baixo e pra cima, eu tava com tanto tesão fiu empurando de vagarinho, forçando a entrada e logo ela segura na minha bunda e força para entrar o pau nela, ai eu soquei com vontada e escutando seus gritos e gemidos e dizendo.
_ Vai paizinho! vai! me rasca toda, quero sentir tudo dentro, quero te dar muito, quero ser sua putinha! vai rebenta tudo! esse cabaçinha é todinho seu, me come, me fode gostoso. ouvindo ela gritando,gemendo fui ficando com mais tesão ainda, bombava…bombava cada vez mas rapido e sentindo aquela bocetinha se contrair com as bombadas, logo percebi que ela se erguia,se contorcia e gemia cada vez mais alto, quando ela se erguel novamente e deu um grito forte e me abraçando apertado e falando. _ gozei! gozeeeeei! gozei no seu cacete papai…._não aguentei aquela sensação, não resisti e gozei tudi dentro daquela bocetinho lambuzada de sangue e de porra, _mas!!! que delicia nunca tinha gozado daquele jeito foi intenso e maravilhoso.
ficamos deitados por alguns intantes e ela me dizia: _que delicia papai, foi maravilhoso dar minha pererequinha pra você. _ agora quero que você mete toda essa rola no meu rabinho,pois tenho vontada e desejo e sonho com você me enrabando, vai! paizinho mete a pica no meu cuzinho, eu ja pensativo com o que tinha acontecido, ouvi ela mais uma vez pedindo pra eu pega-la por tras. pensei ja que tinha acontecido!! dana-se o resto…
Peguei uma pomada, ela ficou de quatro comecei a fazer movimentoscirculares em volta do seu cuzinho.
_Ha que lindo cuzinho! massagiei bem para facilitar a penetração, ela se agarrou na cabeceira da cama e disse! vai logo, enterra tudo. Coloquei o pau no seu rabinho e fui forçando, ja tinha entrado a cabeça e ela gritando que tava doendo, pedi pra ela segurar mais firme e se empinasse para aliviar a dor, quando ela se ajeitou eu segurei firma em sua cintura e enterrei tudo de uma vez e ela gritando alto, gemendo muito.
Soquei tudo no rabinho dela, bombando rapido, meu pau parecia esta inchado la dentro, mas uma vez escuto sua voz tremula e dizendo. _ entrou tudo! você arrebentou meu rabinho, ta doendo muito, mas não para! bombeia mais so mais um pouquinho, soca tudo! tudo! soca mais…goza no meu rabinho,enche ele com seu leitinho quente, eu ja estava quase gozando, ela novamente se ergue e grita dizendo! gozeeeei denovo! gozeeeei.
Bombei mas alguns segundos e so senti um jato de porra saindo e paracia que meu pau tinha inchado e não queria sair de dentro. O gozo foi tão forte que eu segurei meu pau dentro do seu cuzinho, deitei em cima dela e adormeci e ela tambem.
Ao acordarmos, parecia que tudo foi um sonho,um sonho maluco,mas quando olho para o ldo veja minha filha peladinha daquela jeito, me bateu uma angustia, um remorso pelo que aconteceu. ela acorda e me ve pensativo!
_ta pensando no que! no que aconteceu.
_disse! que sim.
_ela! não fique assim, foi eu quem quiz fazer tudo isso,não tem porque se preocupar, por que ninguém vai ficar sabendo é um segredo meu e seu ok!.
_ De agora em diante, quero fazer amor com você sempre! adorei perder meu cabaço com você papai!
_Ela se levantou e foi pro banho…
Depois desse dia tivemos varias transas, uma melhor que outra, foi a parti deste acontecido que eu passei e ter mais tesão por meninas.
Acabou se as ferias e ela foi embora, mas me falou! papai qualquer dia eu volto e vou trazer mais uma surpresa pra você, certo! concordei! realmente alguns dias depois ela me presenteou com uma bela surpresa. Mas essa historia fica para uma proxima oportunidade.

Essa foi minha historia, espero que gostem, pois daquela epoca ate hoje aconteceu varios fatos comigo e outras meninas, futuramente vou contar tudo a vocês.
Edinho45goiania@hotmail.com